collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Printer 3D barata por andre_f_carvalho
[Hoje às 14:37]


Procuro resistências 220 Ohm de 1% por brunus
[Ontem às 15:50]


Package de cond 10uF 35V smd? por KammutierSpule
[Ontem às 11:19]


Videos hipnoticos de mecanica industrial por TigPT
[Ontem às 00:07]


FPV Drone Racing? por brunus
[Ontem às 00:00]


Decodificar cabo por Hugu
[01 de Dezembro de 2016, 23:11]


Ajuda para replicar e reparar um Dimmer por brunus
[30 de Novembro de 2016, 23:23]


Adaptar impressora 3D a Drill Maschine por Hugu
[30 de Novembro de 2016, 23:20]


Módulo gsm por dio123
[30 de Novembro de 2016, 13:39]


RAM SO-DIMM 256 MB por Hugu
[29 de Novembro de 2016, 22:52]

Autor Tópico: Dava jeito não estragar tudo antes de começar.  (Lida 1299 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline GUNNER

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2
Dava jeito não estragar tudo antes de começar.
« em: 29 de Junho de 2012, 12:12 »
Olá pessoal,

Aqui há tempos descobri o arduino e fiquei imediatamente interessado no assunto, embora não perceba nada de electronica e quase nada de programação.

Basicamente descobri o arduino após ter visto um projecto de balões de grande altitude (HAB's) tipo isto: http://blog.spacebits.eu/ . O spacebits não foi o primeiro projecto que eu descobri, mas cheguei até ele após ter visto outros projectos (usando i-phones e afins) e ter pesquisado um pouco sobre o assunto ... e cheguei então ao arduino.

Quando vi aquilo fiquei tipo "uau". Quando era puto tinha uma panca de usar um balão daqueles da feira onde acoplaria uma máquina fotográfica a partir da qual poderia arranjar um esquema de tirar fotos de la de cima cá para baixo ... e quando vi estes HAB's fiquei mesmo naquela "epah isto afinal sempre é possivel para os comuns mortais."

Entretanto continuei a investigar sobre o assunto ... cheguei à conclusão que aquele projecto era capaz de sair um bocado caro para mim e ainda para mais, sendo eu um ignorante na materia era um bocado arriscado começar a dispender recursos para chegar a lado nenhum.

Assim coloquei um bocado o arduino de lado, mas sempre com a cena na ideia.

Entretanto, recentemente, adquiri uma planta tropical e pensei que precisava de uma estufa com o ambiente controlado e lá fui eu pesquisar sobre o assunto. Encontrei vários projectos, recorrendo a PICs e afins e pensei ... "epah, se calhar eu conseguia fazer isto", mas após investigar mais cheguei á conclusão que se calhar aquilo envolvia electronica a mais para mim ... e pensei que podia recorrer ao arduino, uma vez que uma boa parte do trabalho de electrónica já vem feito de origem :P.

A estufa pareceu-me algo relativamente mais simples que o HAB e também mais barato, pelo que se calhar era uma boa forma de me introduzir ao arduino, para mais tarde poder tentar enverdar por projectos mais complexos.

Lá continuei eu a pesquisar sbre o assunto. Uma vez que sou ignorante na matéria, por mais que possa ler pensei que eu tinha era que comprar algum material para experimentar a coisa com as minhas mãos, porque isto só a ler eu não ia a lado nenhum.

E lá chegou o momento de decidir que materia comprar. Queria algo que me servisse para a estufa, mas ao mesmo tempo algo que me permitisse fazer cenas mais complexas e ao mesmo tempo não queria gastar muito dinheiro, pq podia chegar á conclusão que nao conseguia fazer nada disto.

Inicialmente pensei em adquirir um Arduino Mega c/ Atmega pq era o utilizado no projecto dos HAB, mas como era um pouco caro e pelos motivos que mencionei no paragrafo anterior, optei pelo mais economico e comum Arduino Uno R3.

E pronto, lá encomendei a placa e mais alguns acessórios que me permitissem testar inputs e outputs. Basicamente o material que adquiri foi este:

1 x Arduino Uno Rev. 3 (UNO-REV3)
1 x Breadboard Mini Self-Adhesive
1 x Power Supply 9VDC 1.0A - EU
1 x One Wire Digital Temperature Sensor - DS18B20
1 x Basic LED - 5mm Green (5pcs)
1 x Basic LED - 5mm Red (5pcs)

E ainda recebi de oferta:

1 x Basic Led Red, Green, Yellow
1 x Potentiometer 10K
1 x Push-button switch
1 x Light sensor (mini photocell)
5 x 330 resistor, 2 x 10K resistor

Gastei em tudo cerca de 40€

Se me perguntarem porque é que comprei aqueles acessórios e não outros ... se calhar não sei responder muito bem. Dirão que fui impulsivo, inconsequente, noob ... pah não sei, procurei ter algumas coisas simples e baratas que me permitissem fazer alguns testes ... adquiri o sensor de temperatura pq é algo que me vai fazer falta na estufa, mas provavelmente no futuro irei adquiri outro componente que leia a humidade. Se me perguntarem porque é que escolhi aquele sensor e não outro, também não sei. Aquele é digital e outros não eram ... enfim, não faço ideia da diferença.

De qualquer forma fiquei com a nitida sensação que me faltam coisas para conseguir fazer algum teste, como fios condutores, resistências e sei lá mais o que. Em relação aos fio, acho que tenho fios lá para casa, em relação ás resistências não me ia por a comprar resistências ao calhas (mas e já falo sobre as resistências mais adiante)

Entretanto continuei a ler sobre o assunto ... e descobri algures ai no forum um tópico sobre como destruir um arduino em 10 lições ... embora aquilo esteja numa linguagem um bocado tecnica deu para perceber que não é dificil estragar a placa :x

Eu acho que o equipamento chega hoje e devo ir levanta-lo ao correio ao fim do dia ... e basicamente não queria fazer asneira queimando aquilo logo á primeira :/

E é por causa disso que criei este tópico. Queria algum esclarecimento sobre este assunto.

Pelo que percebi o que pode estragar os componentes é sujeita-los a uma tensão superior aquela que eles podem suportar, right?

Tipo, a corrente que tenho em casa é de 220V. Como comprei o transformador, à entrada do arduino vai ser de 9V. Mas por exemplo, se eu ligo ao arduino um sensor de temperatura  cujo limite é de 5,5V, vou precisar de uma resistência entre o arduino e o sensor para "transformar" os 9v em 5,5V (no máximo), correcto? Ou tou a dizer uma asneira muito grande?

O que pretendo saber é como é que eu descubro qual é a resitência adequada aquela (ou a outra) "transformação".

Se eu percebesse qual é o principio da coisa ia ajudar-me bastante para poder extrapolar para os restantes equipamentos que irei ligar ao arduino.

Mas agora estou a escrever isto e está a surgir-me outra duvida. Ao fazer aquilo no fundo estou a proteger "os perifericos" ... mas como é que eu protejo o arduino propriamente dito? :x

Peço desculpa se disse muitas asneiras ... não sei se deu para perceber quais sao as minhas duvidas, mas quaisquer esclarecimentos agradecem-se.

Obrigado :)


EDIT: dá para passar o tópico para aqui (?):

http://lusorobotica.com/index.php?board=29.0

Obrigado.






« Última modificação: 29 de Junho de 2012, 12:36 por GUNNER »

Offline rsoares

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 64
Re: Dava jeito não estragar tudo antes de começar.
« Responder #1 em: 29 de Junho de 2012, 12:50 »
Os pinos (0-13?14?) do arduino são 5v, depois tens os pinos VOUT/VIN que fornece\recebe a alimentação máxima usada para alimentar o arduino (5v/9v/12v/ max 20v).

 outros dois pinos um 3.3v e outro 5v com voltagem regulada.


 para calcular o valor da resistência que precisas usas a lei de ohm, pesquisa pela net sobre a mesma pois convem perceberes ao maximo como se aplica a mesma ^^

 qualquer duvida é só dizer.

Offline zordlyon

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.668
Re: Dava jeito não estragar tudo antes de começar.
« Responder #2 em: 29 de Junho de 2012, 12:53 »
Primeiro bem vindo...

Ora portanto, se queres alimentar o arduino externamente o aconcelhavel é entre 7 a 12 volts...

Ou sejas arranjas um transformador com saida de 7 a 12 e ligas ao arduino e não tens problemas...

Se queres ligar um sensor ao arduino e ele só suporta 5v, não há problema nenhum, podes ligar ao pino 5v, que tens no proprio arduino. O unico pino que te dá mais de 5v no arduino é o Vin, o que lhe meteres para alimentar é o que sai nesse Vin...

O arduino só queima realmente se tiveres tensões altas nos pinos, mas isso normalmente acontece quando ligas muitas coisas ao mesmo pino ou se colocares a alimentação de um motor apartir desse pino...


O aconcelhavel quando montas um circuito é alimentares o arduino através ou de pilhas ou transformador, e depois arranjar outras pilhas ou transformador e alimentar o resto do circuito com alimentações diferentes devido aos ruidos...

Procura aqui no fórum que tens bons tutoriais, e se procurares por estufas também tens aqui algumas coisas...

Outra coisa vai ao site arduino.cc tens lá tudo o que precisas saber...

Offline GUNNER

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2
Re: Dava jeito não estragar tudo antes de começar.
« Responder #3 em: 29 de Junho de 2012, 14:25 »
Obrigado pelas dicas.

Já tenho o postal para ir levantar o meu brinquedo novo  :P