collapse

* Posts Recentes

Rede de comboios elétricos totalmente autónomos 10 ton em Rust em realtime. por blabla
[18 de Setembro de 2022, 18:44]


NiMH por 18650 por almamater
[18 de Setembro de 2022, 17:21]


How We Get Down to 0.2nm CPUs and GPUs - TechTechPotato por blabla
[18 de Setembro de 2022, 15:38]


Nova secção de Raspberry Pi Bare Metal em C e em Rust e Systems Programming por blabla
[04 de Setembro de 2022, 08:55]


The code for AGI will be simple - John Carmack and Lex Fridman por blabla
[29 de Agosto de 2022, 07:36]


Wavelets: a mathematical microscope por blabla
[28 de Agosto de 2022, 20:50]


Bom livro - Dive Into Systems por blabla
[28 de Agosto de 2022, 12:19]


graus negativos inclinação por josecarlos
[28 de Agosto de 2022, 11:31]


Super obsolescência super programada? por SerraCabo
[06 de Agosto de 2022, 11:36]


Motor de aspirador por dropes
[02 de Agosto de 2022, 22:18]

Autor Tópico: PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929  (Lida 867 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 996
    • Serra Cabo
PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929
« em: 10 de Julho de 2022, 07:36 »


« Última modificação: 10 de Julho de 2022, 07:45 por SerraCabo »

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.463
Re: PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929
« Responder #1 em: 10 de Julho de 2022, 11:31 »
Radios: Incompreensível a situação !
Quem podia comprar estas coisas nessa altura? Ao que se pode comparar nos dia de hoje? Nos dias de hoje, há automóveis feitos ainda muito manualmente e à medida (algumas marcas italianas) , a custar milhões.
Aí nesse caso imagino que a mão de obra da altura fosse mais barata



Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.865
  • NERD!
Re: PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929
« Responder #2 em: 10 de Julho de 2022, 11:45 »
A julgas pelas condições de "Higiene e Segurança no Trabalho", acho que não é preciso muita imaginação para chegar a esse conclusão  (mão de obra barata) :P

É um vídeo muito interessante, castiço ver o tamanho dos ferros de soldar (e a fumarada da solda), e sempre tive fascínio pelas máquinas a trabalhar num único veio de potência ligadas por correia..
É incrível também ver  quanto evoluímos, dos rádios em móveis de sala, para a transistorização e plásticos de injeção, e por fim uma função acessória que alguns telemóveis incluem no chip que trata do RF.

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 996
    • Serra Cabo
Re: PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929
« Responder #3 em: 10 de Julho de 2022, 16:48 »
Naquela altura as telefonias eram bastante caras, não era coisa que a generalidade da mata pudesse comprar. Estamos mesmo nos primórdios da comercialização de válvulas, poucos anos após o fim da 1ª grande guerra. A malta que trabalha ali trabalha simplesmente numa linha de montagem semelhante a tantas outras e com as condições de trabalho da época (trabalho bastante limpo em termos comparativos). Quanto a perigos, perigoso era a construção civil pesada, as siderurgias, as minas, etc. Condições de trabalho era, digamos, uma coisa por inventar. Naquela altura morria-se 'naturalmente' cedo.

SC

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 996
    • Serra Cabo
Re: PHILCO Radio Manufacturing Factory Automation 1929
« Responder #4 em: 10 de Julho de 2022, 18:22 »
No 2º vídeo refere-se que uma telefonia transistorizada para carro custava em 1956, 150$.

Ajustando à inflacção custaria hoje 1612$

Para ter em casa uma coisa parecida haveria que se somar o transformador, a rectificação, etc.

(https://www.usinflationcalculator.com/)