collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Perfis V-Slot vs C-Beam vs Bosch vs 8020 por LVirtual
[Hoje às 14:56]


Ajuda Projecto IR / RF por Njay
[20 de Outubro de 2017, 13:24]


Medir Agua que está no Poço por edeweld
[18 de Outubro de 2017, 09:15]


Equipar laboratorio por LVirtual
[13 de Outubro de 2017, 08:34]


Arranjo de Berbequim por jm_araujo
[13 de Outubro de 2017, 08:34]


Escolher ligações por dropes
[08 de Outubro de 2017, 23:26]


Ideias para construir um quadrúpede simples por Njay
[07 de Outubro de 2017, 22:12]


Meu projecto - Arm Robot com arduino por Diogo Bento
[05 de Outubro de 2017, 20:54]


Alimentar arduino nano com 12V por helderjsd
[05 de Outubro de 2017, 16:26]


Compra Colectiva RS-Amidata por Hugu
[02 de Outubro de 2017, 20:20]

Autor Tópico: Equipar laboratorio  (Lida 2092 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline dropes

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.921
Re: Equipar laboratorio
« Responder #30 em: 07 de Abril de 2017, 10:25 »
Cabos é importante... cabos de alimentação e cabos com pontas de gancho finas (não as "garras crocodilo", ou "jacaré" no Brasil). Já comprei dessas garras de gancho no DX para fazer mais cabos, mas enviaram-me uma treta de garras, têm o fio a sair por trás o que as torna basicamente inúteis. As garras crocodilo também não são todas iguais... umas que tb comprei no DX são inutilizáveis, a garra metálica desliza dentro da manga de plástico como se tivesse sido oleado e são mto difíceis de usar (ao apertar, roda pó lado e "salta").
A 1ª coisa que faço depois de comprar os crocodilos com os respectivos "cabos", é trocar estes fios por uns de maior diâmetro e soldar tudo.
Já me aconteceu por diversas vezes derreter-me o cabo e maus contactos por todo o lado.

Sei que os crocodilos não são muito fiáveis e por vezes se escapam, se bem que dão muito jeito para testes mais arcaicos.

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 546
    • Serra Cabo
Re: Equipar laboratorio
« Responder #31 em: 07 de Abril de 2017, 11:07 »
Tenho um 'lavatório' de ultrassons, muito pequeno, com talvez 1dl de capacidade, que usava para limpar as canetas da ploter de canetas

Trazia uma embalagem de detergente que se diluía em água destilada. O detergente cheirava como o limpa-vidros e eu passei a comprar limpa-vidros cujo resultado era tão bem quanto o do detergente original. Atenção que há hoje limpa-vidros com perfumes e outras pestilências que só fazem estragos. Convém  ser limpa-vidros puro e duro que, suponho, tem um forte componente de amoníaco (nada que mate).

SC
serra-cabo.blogspot.com

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 546
    • Serra Cabo
Re: Equipar laboratorio
« Responder #32 em: 16 de Abril de 2017, 16:06 »
Hoje, no Leroy, o álcool isopropílico estava a costar 7€.
serra-cabo.blogspot.com

Offline vasco

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 59
Re: Equipar laboratorio
« Responder #33 em: 11 de Outubro de 2017, 22:52 »
Hoje, no Leroy, o álcool isopropílico estava a costar 7€.

No ecomarché está a 11 e tal uma garrafa de 2 litros, mas não consegui descobrir nenhuma indicação da % de agua.
Só não comprei porque me assusta um bocado ter uma quantidade tão grande de liquido inflamável no sótão. Eu sei que é paranoia mas só de pensar nisso acabei por comprar um extintor de 2 Kg que encontrei no Aldi...

E já testei limpar o fluxo com álcool etílico e uma escova de dentes e aparentemente funcionou bem. Há alguma coisa especial no isopropilico que o torne preferível ao etílico ou é só mesmo a quantidade de água?

Offline almamater

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.509
    • GrcByte - Projectos
Re: Equipar laboratorio
« Responder #34 em: 11 de Outubro de 2017, 23:05 »
:) eu por acaso tenho uma garrafa que cmprei no Merlin de 1Lt e sim pela descrição parece ser muito inflamável.

Vi agora no Aldi que vão ter um extintor de 6Kg, sinceramente é das coisas que gostava de ter em casa.. o problema é que têm de ter manutenção\recarga de ano\ano não é?
« Última modificação: 11 de Outubro de 2017, 23:09 por almamater »

Offline vasco

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 59
Re: Equipar laboratorio
« Responder #35 em: 12 de Outubro de 2017, 00:12 »
Acho que vou comprar a garrafa de 2 litros, e um borrifador de perfume no chinês, a garrafa fica no quintal e encho o borrifador quando necessário.

Qualquer dos álcoois são inflamáveis dentro de uma garrafa grande ainda é pior porque podem explodir.

Depois de escrever a msg anterior fui investigar na net, e não encontrei ninguém a dizer que o isopropilico é por si só, melhor ou pior que o etílico para limpar os pcb. Em Portugal será de evitar o álcool desnaturado (metanol) por causa dos aditivos que iriam deixar resíduos no pcb. Aparentemente noutros países o álcool desnaturado é etanol, mas a ideia dos aditivos é a mesma, evitar que possa ser bebido, no caso do metanol a razão é porque é venenoso, no caso do etanol devem ser razões de preço/impostos.

Sim, é suposto os extintores terem uma verificação anual e uma carga de x em x anos, normalmente vem indicado no extintor.

O que eu comprei, segundo o meu enteado que é bombeiro, mesmo que seja possível, o que não é certo porque o mecanismo de disparo cobre completamente o topo do extintor, nem vale a pena. Por 14€ mais vale comprar outro. Irrita-me um bocado não poder testar para ter a garantia que funciona quando é preciso.

Adicionalmente, ter extintores em casa reduz o prémio do seguro, mas não deve ser muito significativo.

Online jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.142
  • NERD!
Re: Equipar laboratorio
« Responder #36 em: 12 de Outubro de 2017, 12:31 »
O álcool é inflamável mas não é preciso cair no exagero. Para arder, como todos os combustíveis, precisa de comburente, normalmente o oxigénio do ar (manter a garrafa fechada!) e fonte de ignição (manter longe do fogão, lareira, e não fumar quando se está a usar).
Todos temos carradas de substâncias inflamáveis em casa e não é por isso que os incêndios são comuns. Por exemplo os sprays desde que os CFCs foram banidos usam isobutano como propelente (há exceções tipo NOx para fins alimentares, mas é menos comum). Também nunca vi ninguém a stressar com a acetona para tirar verniz das unhas (que para arder também é tramado).

Mantenham-no na embalagem original (que é feita de material não solúvel) e longe de fontes de ignição ou locais propensos a acidentes (metam-no num armário, por exemplo junto a produtos de limpeza) e estão mais que seguros.

Acho que vou comprar a garrafa de 2 litros, e um borrifador de perfume no chinês, a garrafa fica no quintal e encho o borrifador quando necessário.
Isso é MUITO MÁ IDEIA. Líquidos inflamáveis quando atomizados (borrifador) são muito mais perigosos. Quando a densidade está perto da estequiometrica (quantidade de oxigénio exata para a quantidade de combustível) arde de forma violenta que pode em alguns casos ser considerado uma explosão. Pensa em mistura ar/combustível nos motores. Ou então algo tão "inofensivo" como natas em pó:

Usa o álcool diretamente da garrafa ou num conta gotas ou dispensador do género. Nada de borrifadores ou sprays!!!


Quanto à diferença para para álcool etílico, a minha experiência é que o etílico deixa sempre algum rasto, mesmo com o de 96% de farmácia. Para limpar lentes por exemplo nunca consegui resultados satisfatórios, ao evaporar lá fica um filme "colorido". Já com o isopropílico sempre 5* (tanto que é o que costuma vir nos kits de limpeza de lentes).

Faltam os extintores: deixem de gastar dinheiro à toa nos de "brincar" das promoções de supermercado. Se forem a uma loja de artigos de segurança não são muito mais caros (primeiro que saiu no google: http://www.extintor.pt/40-extintores-abc ), são ajudados por quem percebe do assunto, e na mesma loja garantem assistência.
E não são obrigados a fazer a assistência todos os anos. É mais uma questão de certificação para quem é obrigado a tê-los (e mais uma "renda"). Sendo de qualidade e se o manómetro de pressão não mexeu (que os de loja tem), façam quando se lembrarem e vos pesar na consciência (que agora que me lembraram tenho de fazer aos meus que estão quase com 10 anos...).
Eu tenho um de 2kg na cozinha (é tudo elétrico, mas é para caso aconteça um fogo de gordura ou acidente no forno), e outro de 6kg na garagem/oficina (gasolina, tintas, solventes), ambos de pó ABC.


Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 546
    • Serra Cabo
Re: Equipar laboratorio
« Responder #37 em: 12 de Outubro de 2017, 13:05 »
O álcool habitual, de farmácia, é altamente perigoso porque é capaz de arder sem produzir chama visível.

O álcool isopropílico arde, mas arde mal, produzindo uma chama 'mole' e fumarenta.
serra-cabo.blogspot.com

Offline vasco

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 59
Re: Equipar laboratorio
« Responder #38 em: 12 de Outubro de 2017, 23:42 »
O álcool é inflamável mas não é preciso cair no exagero. Para arder, como todos os combustíveis, precisa de comburente, normalmente o oxigénio do ar (manter a garrafa fechada!) e fonte de ignição (manter longe do fogão, lareira, e não fumar quando se está a usar).

O que me assusta é a quantidade, não tenho problema nenhum com um frasco de 250ml, 2 litros parece-me excessivo.


Citar
Isso é MUITO MÁ IDEIA. Líquidos inflamáveis quando atomizados (borrifador) são muito mais perigosos. Quando a densidade está perto da estequiometrica (quantidade de oxigénio exata para a quantidade de combustível) arde de forma violenta que pode em alguns casos ser considerado uma explosão. Pensa em mistura ar/combustível nos motores. Ou então algo tão "inofensivo" como natas em pó.

Pois, é verdade, não tinha pensado nisso, e até a probabilidade de haver um ferro de soldar quente (ou mesmo ligado) nas proximidades na altura da utilização é bastante grande.

Citar
Quanto à diferença para para álcool etílico, a minha experiência é que o etílico deixa sempre algum rasto, mesmo com o de 96% de farmácia. Para limpar lentes por exemplo nunca consegui resultados satisfatórios, ao evaporar lá fica um filme "colorido". Já com o isopropílico sempre 5* (tanto que é o que costuma vir nos kits de limpeza de lentes).

É verdade, mas não sei porquê, um filme "colorido" sugere um deposito oleoso.
É suposto o álcool usado nas lentes ser "absoluto", ou seja, não ter água nenhuma, é claro que assim que se abre o frasco entra logo qq coisa. Será que 4% de agua fazem tanta diferença ?

Citar
Faltam os extintores: deixem de gastar dinheiro à toa nos de "brincar" das promoções de supermercado. Se forem a uma loja de artigos de segurança não são muito mais caros (primeiro que saiu no google: http://www.extintor.pt/40-extintores-abc ), são ajudados por quem percebe do assunto, e na mesma loja garantem assistência.

Muito obrigado pelo link. Pena ser no Porto, quanto será de portes de correio ?
Próximo do Leroy Merlin de Sintra está a Tecniquitel e têm extintores de pó quimico de 1 e 2 Kg, mas o site não tem preços.

Extintores de CO2 devem ser carregados a cada 10 anos, julgo que o de pó químico é de 5 em 5.
« Última modificação: 12 de Outubro de 2017, 23:46 por vasco »

Online LVirtual

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 358
Re: Equipar laboratorio
« Responder #39 em: 13 de Outubro de 2017, 08:34 »
Vasco tens aqui perto de ti uma loja de material de incendio.
Fica ali em cima na rotunda de matarraque onde esta aquela estatueta metalica a simbolizar um casal.
Se fores pela madorna para lá, viras a esquerda na rotunda. é logo uns 20 metros a seguir, no passeio da esquerda.

;)
"O defeito mais grave dos humanos, aquele que coloca mais obstáculos à sua evolução, é a crença profundamente arreigada na infalibilidade dos seus raciocínios e dos seus pontos de vista."