collapse

* Posts Recentes

Emulador NES em ESP32 por dropes
[Hoje às 11:55]


Arame de Estendal por almamater
[18 de Abril de 2024, 16:16]


O que é isto ? por SerraCabo
[12 de Abril de 2024, 14:20]


Amplificador - Rockboard HA 1 In-Ear por almamater
[11 de Abril de 2024, 20:46]


Meu novo robô por josecarlos
[29 de Março de 2024, 18:30]


Bateria - Portátil por almamater
[25 de Março de 2024, 22:14]


Escolher Osciloscópio por jm_araujo
[06 de Fevereiro de 2024, 23:07]


TP4056 - Dúvida por dropes
[31 de Janeiro de 2024, 14:13]


Leitura de dados por Porta Serie por jm_araujo
[22 de Janeiro de 2024, 14:00]


Distancia Cabo por jm_araujo
[08 de Janeiro de 2024, 16:30]

Autor Tópico: Salamandra a pellets - homemade  (Lida 34320 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline tgferreira

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 148
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #15 em: 23 de Outubro de 2012, 09:52 »
ando a trocar msgs com um chinoca duma empresa que faz os tais fusos/parafusos sem-fim e acabei por encontrar outra imagem duma salamandra de pellets e desta forma o fuso mm em contacto com a chama, co as pellets armazenadas caem pro fuso e o fuso n tem ligaçao com as pellets de armazenamento, acho k n ha probe em haver combustao das pellets do deposito:


Boas Hugu,

Se esse chinoca tiver sem fim para venda e estiver disposto a envia-los para cá, diz. Estou interessado num!
Neste momento tenho dois: um deles é uma barra de ferro com cerca de meio centímetro de diâmetro e que foi enrolada à volta de um tubo de ferro, que ficou com a forma de um sem fim mas com um defeito: como é uma barra de ferro, fica "oco" no meio, logo não resulta muito bem...
O outro foi um amigo do meu pai que lhe arranjou: desta vez é um sem fim a sério, feito numa fábrica mas que é uma chapazinha de ferro com cerca de 1cm de largura. Na mesma, é oco no meio e não funciona bem. Isto já para não falar que depois ao ligar estes sem-fim ao motor, como não têm um eixo feito em condições fica sempre torto, o que vai causar um excesso de força ao motor e consequentemente que não funcione muito bem. Quanto a essa última imagem, não acho muita piada porque se acaba por estar a aquecer peças sem ser necessário.


Ora bem, aqui está uma imagem de como tenho feito essa parte actualmente. Aproveito para dizer desde já que não funciona e já explico porquê.



Bom, isto não funciona porque os pellets ficam presos. Ainda por cima, é barulhento como tudo (má qualidade do sem fim, por exemplo) e para colocar um depósito nisto ía ficar mal como tudo. Eu tive o sem fim a percorrer o tubo quase todo. Entretanto fui cortando, para ver se os pellets ganhavam velocidade suficiente para caírem e para ver se a espiral funcionava melhor. Acabou por não resolver.

Como é que eu acho que isto ía dar melhor? Utilizando algo mais ou menos como isto:



Esta é a maneira mais simples de ser feita. Tem um defeito: ocupa muito mais espaço e é mais susceptível a erros.

Mas desta maneira:




É a que ocupa menos espaço e tem melhor aspecto. Mas também se torna mais complicada de ser feita porque é tudo mais compacto.
(só estou a falar da parte do depósito, sem fim e forma de "entrega" dos pellets)

Pá, estou disposto a recomeçar tudo, mas primeiro quero planear bem as coisas. Qual das maneiras acham melhor? Será que se torna muito complicado fazer a segunda?

Offline PDI

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 677
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #16 em: 23 de Outubro de 2012, 12:39 »
Porque não fazes o deposito tipo mochila(autoclismo) posto por fora da salamandra, com o fundo em forma de funil.
Alfredo Garcia

Offline tgferreira

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 148
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #17 em: 23 de Outubro de 2012, 14:18 »
Boas PDI!
Sim, essa é uma das hipóteses! A questão é mesmo o que escrevi no post anterior:

Depósito tipo "mochila":
Vantagem: mais fácil de fazer
Desvantagem: aspecto e espaço ocupado

Depósito tipo "compacto":
Vantagem: melhor aspecto e menos espaço ocupado
Desvantagem: mais complicado de fazer

Estou a fazer outro esquema para ver se me entendo. Apercebi-me agora de uma coisa que me vai facilitar a vida: a ventoinha é de extração de fumos, logo posso-a colocar na cháminé já à saída! Isto é bom porque assim estou mais livre de mexer no depósito de combustão, o fumo é "obrigado" a sair pelo sítio correcto e posso fazer uma gaveta para apanhar as cinzas, por exemplo!
Já cá coloco o tal esquema!

EDIT:
Então aqui está. Só uma nota: a imagem não está feita à escala. Aliás, só depois de a ter feito é que me apercebi que o tamanho do depósito deve ficar maior e o da câmara de combustão muito mais pequeno, deformando assim também a caixa de ar. A ideia é essa mas tem os tais problemas que referi. Julgo que com a ventoinha de extração de ar não me tenho de preocupar com o fumo, logo é menos um problema. Resta-me apenas a questão do fornecimento de pellets, que pode ser um enorme problema. Ah, acabei de me lembrar de outro: ter a câmara de combustão encostada ao depósito pode ser um problema. Então, entre as mesmas tem que haver algo que isole do calor. Aceitam-se sugestões para este material. Só me lembro de tijolos, mas é capaz de haver algo melhor...



Bom, então o que me parece que ainda há para resolver é:

-Sistema de abastecimento de pellets;
-Material isolante para evitar combustão dos pellets no depósito;

E acho que é só, mas de certeza que me estão a escapar coisas. Não se esqueçam de opinar!
Cumprimentos e obrigado!
« Última modificação: 23 de Outubro de 2012, 14:39 por tgferreira »

Offline PDI

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 677
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #18 em: 23 de Outubro de 2012, 19:16 »
ter a câmara de combustão encostada ao depósito pode ser um problema. Então, entre as mesmas tem que haver algo que isole do calor. Aceitam-se sugestões para este material. Só me lembro de tijolos, mas é capaz de haver algo melhor...



Acho que o melhor material será ar, deixas espaço entre a câmara de combustão e o depósito.

Esse espaço fica  ligado a caixa de ar e passa a entrada do ar a ser aquecido para a parte de baixo, assim o ar entra por baixo da salamandra passa por esse espaço começando a aquecer e depois por cima completando o aquecimento.

Normalmente a parede da caixa de ar contem do lado da câmara de combustão umas alhetas alternadas( sem encostar no outro lado) que obrigam o ar a circular a volta delas para ter uma maior permuta térmica.
Alfredo Garcia

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.602
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #19 em: 23 de Outubro de 2012, 19:32 »
Citar
Boas Hugu,

Se esse chinoca tiver sem fim para venda e estiver disposto a envia-los para cá, diz. Estou interessado num!

Que tipo de medidas peço pra ver se eles teem algum fuso mais ou menos parecido?

e pk n pode ser oco o varao do sem-fim? acho que assim aquece menos e evita dilataçoes com o calor..se for varao solido, pode tender a entortar (acho eu..)

Tb sou da opiniao do PDI, em fazeres uma camara de ar entre o forno e o deposito, furos em cima e em baixo pra circulaçao do ar (uns 2cm devem chegar).
« Última modificação: 23 de Outubro de 2012, 19:34 por Hugu »

Offline tgferreira

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 148
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #20 em: 23 de Outubro de 2012, 23:35 »
Hugu, quando tiver algumas contas já feitas depois digo-te os valores. Mas deve ser com uns 4 a 5 cms de diâmetro cerca de 50cm de comprimento. Se vier "cheia" ou "vazia" não faz mal, mas queria ver umas estimativas de preços.

Pooois, a ideia de o ar passar entre a câmara de combustão e o depósito é excelente! Mas tem um pequeno problema: a calha por onde passar os pellets passa aí, logo é necessário estar a atravessar essa divisória. Isso para mim não tem problema nenhum, mas se calhar torna-se mais difícil de ser construído...

Ou não! Lembrei-me agora: se colocar a parte do depósito de maneira a poder tirar e pôr, fica óptimo! Vou ver se penso e faço um esquema. Amanhã ou quinta já devo apresentar medidas concretas, para ver se no fim de semana no máximo já começo a pedir preços.

Offline patinhofeio

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 73
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #21 em: 24 de Outubro de 2012, 00:31 »
Boas.
O varão oco (sem fim) só funciona se a alimentação for horizontal.Se for obliqua como o último desenho tem de ser mesmo sem fim fechado.
Na minha opinião, tirava sempre o ar quente por cima (apesar do desenho mostrar que entra e sai por baixo).
Ventoinhas e borboletas colocadas sempre nas entradas de ar e não na saída.

Offline JPCarvalho

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 42
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #22 em: 24 de Outubro de 2012, 01:24 »
Agora na parte quimica... :o

Não te esqueceste dos gases tóxicos pois não???


Offline tgferreira

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 148
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #23 em: 24 de Outubro de 2012, 11:47 »
Boas pessoal!

patinhofeio: obrigado pela dica do sem fim oco ou não! Acabaste de me evitar um possível erro. Como tal, fiz um desenho novo que passo a explicar a seguir. Quanto à saída de ar quente, sim, é por cima que é feita. A entrada é que há-de ser por baixo como já poderás ver. As ventoinhas também já explico, mas porque colocavas sempre na entrada de ar? Eu na versão 1.0 (:P) desta salamandra coloquei a ventoinha que dá ar para dentro da câmara de combustão na entrada de ar e deu asneira, porque o fumo depois saia pela chaminé, mas qualquer coisa também saia pelo depósito de pellets, por exemplo. Tendo a ventoinha na chaminé faz com que, independentemente por onde ele entra, a força de extracção por ali vai ser sempre superior à força de extração pelos outros sítios. Isto é, acho eu... Corrijam-me se estiver errado!

JPCarvalho: não, não esqueci! Esse foi um dos motivos pelo qual a V1 foi à vida e estou com bastante atenção a isso agora. Também já explico na próxima imagem.

Bom, preparem-se para um testamento!



Ah, repito: os tamanhos não são à escala! A câmara de combustão ainda deve ficar mais estreita e provavelmente o depósito de pellets mais alto.

1- Gaveta e puxador, para a cinza. Talvez coloque uma "janela" que se abra e se feche (como se costuma vez em recuperadores de calor, por exemplo) para regulação da entrada de ar.

2- Câmara de combustão. O "chão" da mesma é uma grelha para que a cinza possa cair.

3- Depósito dos pellets. Poderá ficar mais alto ou não, conforme um problema que irei apresentar a seguir.

4- Caixa de ar. O ar entra em 4.1, onde irá estar uma ventoinha, circula por um tubo e sai no topo da caixa, na esquerda da imagem, onde irá ter uma janela que abra e feche, para regular o fluxo de ar. O tubo que se vê acima de 4.1 está entre a câmara de combustão e o depósito de pellets (a tal folga para que não haja perigo de incêndio no depósito. Esta tal folga irá ser fechada. O tubo de ar puro entra por baixo da salamandra e é soldado na entrada da caixa de ar, de maneira a ficar herméticamente fechado. Deste modo e ficando herméticamente fechado é "impossível" entrar fumo directamente para aqui. O ar é aquecido na mesma e dá mais segurança. O tracejado no tubo significa que ele passa ali mas não naquele nível. Há-de ficar algures por ali.

5- Motor e sem fim. Decidi colocar o sem fim nesta posição porque é mais simples de ser construído e talvez me permita usar um sem fim que já tenho (que é oco no meio). O depósito (3) incide directamente sobre o sem fim graças a rampas (6). O sem fim gira e empurra os pellers até ao final do mesmo, caindo em 5.1 e aí escorregam até 9. Aqui tenho um problema muito importante: tenho medo que a chama de 9 fique muito perto de 5.1, 5 e consequentemente do depósito. Isto é, que todo esse caminho aqueça e incendeie os pellets no depósito. Tenho algumas soluções para isto, mas preciso da vossa opinião: posso puxar 9 mais para a frente e fazer com que 5.1 se estenda mais, deixando assim ainda mais espaço; posso puxar todo o sistema de sem fim, motor e depósito mais para cima, fazendo com que o sem fim fique mais separado da calha (5.1) ou fazer uma mistura dos dois. Esta solução, só tem um inconveniente: o depósito fica ainda mais para cima ou então fica mais pequeno. Mais pequeno significa menos autonomia e mais para cima significa mais aspecto de "sanita" o que pretendia evitar. Caso haja alguma solução que exista para este problema ou para disfarçar a última consequência desta resolução e eu não esteja a ver, digam! Ah, por último, as rampas (6) são só as que "vemos" (vendo a "raio-x") vendo a salamandra de lado. "Vendo" de frente existem mais duas. No entanto, isso parece-me bastante simples de ser construído e ser aplicado.

6- Rampas para fazer com que os pellets caiam em cima do sem fim.

7- Este espaço para já está vazio. Pode ser fechado ou não, não existir ou existir e ter uma porta. Em princípio é o sítio onde irá ter alguns parafusos que sirvam para segurar peças, parte controladora da salamandra, etc.

8- Chaminé. Atravessa a caixa de ar e tem que estar obrigatoriamente hermeticamente fechada, para a não contaminação do ar puro. Note-se que irá levar uma ventoinha para extracção de fumos. Poderá levar também um "registo" para controlo do fluxo de ar. No entanto, pergunto-vos se esta parte será mesmo necessária uma vez que vai ter a tal ventoinha e que esta última terá controlo de velocidade (obrigatório).

9- Este depósito, que muito provavelmente não terá esta forma é onde se vai dar a combustão. Terá que ser "esburacado" para que o ar circule e para que a cinza caia e vai ser móvel, para poder tirar e limpar. Futuramente, como vou querer ter ignição automática tenho que contar com um local para ter algo que me permita incendiar os pellets e os fios desse algo. Por isso, deve haver um pequeno buraco com alguns milímetros, passando da câmara de combustão para o espaço 7. Já agora, como protejo os fios do calor?

10- Porta e puxador que acedem à câmara de combustão. Esta porta irá ser o maior possível para ser mais simples de trabalhar, limpar, etc. Terá também que ser mais ou menos fechada. Em princípio leva um cordão que se costuma por nos recuperadores de calor, para evitar que haja muita passagem de ar. Poderá ou não ter vidro, mas isso é fácil de ser colocado. Esta última hipótese fica em stand-by porque o vidro para este tipo de coisas é bastante caro.

11- Porta para acesso ao depósito de pellets e respectivo puxador. Para depositar os pellets no depósito. Terá que ter um tamanho minimamente "usável" e quanto mais isolada ficar, melhor. Lembrei-me agora que também seria giro colocar aqui um vidro (só uma questão estética, como é óbvio).


E pronto, acho que percorri tudo. Esta "build" parece-me porreira, mas vai-me dar uma dor de cabeça dos diabos a construir. Portanto, o que falta ver do "plano" é: será que os pellets não entram em combustão por causa da proximidade à chama? Mas isso também é fácil de resolver. Talvez o melhor seja jogar pelo seguro e usar a solução que referi à pouco. Para evitar o efeito "aspecto sanita" usa-se uma chapa que forme uma rampa e pronto, fica óptimo.

Então, vamos mesmo ao que falta:

-Tudo o que já referi na descrição acima;
-Ver que ventoinha vou usar para extrair os fumos (que tipo de ventoinha);
-Ver o tamanho da ventoinha que vou usar para puxar o ar para a caixa de ar;
-Re-ajustar o desenho e fazer contas para ver os tamanhos exactos;
-Ver a forma do sítio onde se vai dar a combustão;
-Ver se os pellets escorregam para o local de combustão com aquela inclinação;

E, agora finalmente, a parte mais dedicada ao fórum:

Bom, isto vai ter que ter um mínimo de segurança. Mesmo que não fique para já, vou ter que escolher os sítios para que um dia no futuro possa colocar isto quase tudo automático. Tenho de ver onde posso colocar sensores de temperatura, por exemplo, para que o sistema possa ligar ou desligar quando a temperatura passa certas barreiras, etc. Alguém me dá uma ideia dos sensores que posso usar nisto para ver mais ou menos o tamanho dos mesmos? Bom, de qualquer das maneiras essa é a parte mais "secundária". Antes disso tudo ainda vem a construção...

Ah, quanto à construção, outro pequeno problema: isto vai ser tramado de ser feito, porque vão haver sítios que vou ter muito pouco espaço de manobra para soldar (este ponto é o que mais me assusta). Portanto, tenho que preparar tudo com antecedência, tem que ficar tudo perfeito com antecedência. Quando terminar a "planta" disto vou-me dedicar ao plano de construção e medidas. Alguém tem uma ideia aqui?


Desculpem lá pelo testamento e pelas toneladas de perguntas! Quando fizer isto vou ter que vos convidar todos para vir ver isto, estou a ver ahah :P
Anyway, acima de tudo: obrigado!


EDIT: bom, isto estava curto, portanto aqui vão novidades: já vi quais são os sensores de temperatura a serem usados. Agora da parte electrónica tenho dois principais prroblemas: motor para o sem fim e ventoinha de extracção de fumo. O motor tem que fazer 1RPM. Se der para ir a 2RPM e 0.5RPM também, é óptimo. Ah, e tem que ter uma força dos diabos. A ventoinha, tem que resistir ao calor e idealmente estar dentro do tubo da chaminé ou que tenha uma entrada e uma saída, caso seja um blower. Uma vez mais, aceito sugestões!
« Última modificação: 24 de Outubro de 2012, 12:51 por tgferreira »

Offline patinhofeio

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 73
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #24 em: 24 de Outubro de 2012, 13:18 »
Boas.
A minha ideia de colocar as ventoinhas na entrada de ar tem dois propósiyos:
- Não ser necessária uma ventoinha xpto, já que à entrada o ar é frio e limpo
- Não extrair o calor que eventualmente esteja na câmara e que ainda possa aquecer o ar/água.

A ventoinha de admissão de ar à área de combustão  serve para ajudar uma melhor combustão dos pellets. Como tal, essa entrada de ar, eu faria tipo injetor, para que o ar chegasse à chama com alguma pressão.
Para não haver desperdício térmico, o ar injetado não deve ultrapassar 1/3 da aspectável exaustão da chaminé para não correres o risco de estares a empurrar todo o calor pela chaminé.
O que me falta para fazer cenas deste tipo é mesmo a máquina de soldar. Tenho de ver a que está no deborla à venda por 50€. Dizem ser de 120A, é capaz de chegar para as brincadeiras cá de casa, se não arder no 1º elétrodo. :D

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.733
  • Helpdesk do sitio
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #25 em: 24 de Outubro de 2012, 13:21 »
Se for daqueles antigos de transformador, encontras por 50-60€ sim, e soldas relativamente bem com essas, tens é de usar eletrodes fininhos, eletrodes de 3mm já é muita areia para essas.
Avr fanboy

Offline patinhofeio

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 73
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #26 em: 24 de Outubro de 2012, 13:37 »
Se for daqueles antigos de transformador, encontras por 50-60€ sim, e soldas relativamente bem com essas, tens é de usar eletrodes fininhos, eletrodes de 3mm já é muita areia para essas.
Pois. O mal é as inverter serem bue caras. Eu preferia algo para elétrodos de até 4 mm, porque se tiver de fazer cordões grandes, os elétrodos finos voam num instante e fica muito interrompido.
120A julgo que dá para elétrodos de 4mm. Já derreti alguns que pediam 80A.

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.733
  • Helpdesk do sitio
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #27 em: 24 de Outubro de 2012, 13:40 »
Depende da espessura do metal, tenho soldado coisas que eletrodes de 3mm só dos 140A para cima, se não a solda penetra muito pouco no metal..

Os inverter não são grande coisa, tenho um que custou 350€ e o meu antigo aparelho era bem melhor, pesava era uns 25-30kg, e era trifásico..
Mas vendo bem agora, por pouco mais tinha antes comprado uma MIG que de me dava mil vezes mais jeito que eletrodes..
Avr fanboy

Offline tgferreira

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 148
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #28 em: 24 de Outubro de 2012, 19:32 »
Boas.
A minha ideia de colocar as ventoinhas na entrada de ar tem dois propósiyos:
- Não ser necessária uma ventoinha xpto, já que à entrada o ar é frio e limpo
- Não extrair o calor que eventualmente esteja na câmara e que ainda possa aquecer o ar/água.

A ventoinha de admissão de ar à área de combustão  serve para ajudar uma melhor combustão dos pellets. Como tal, essa entrada de ar, eu faria tipo injetor, para que o ar chegasse à chama com alguma pressão.
Para não haver desperdício térmico, o ar injetado não deve ultrapassar 1/3 da aspectável exaustão da chaminé para não correres o risco de estares a empurrar todo o calor pela chaminé.
O que me falta para fazer cenas deste tipo é mesmo a máquina de soldar. Tenho de ver a que está no deborla à venda por 50€. Dizem ser de 120A, é capaz de chegar para as brincadeiras cá de casa, se não arder no 1º elétrodo. :D

Boas,
Sim, tens razão. Estive a falar com o senhor que escreveu o tal e-book e ele também diz para eu não colocar nenhuma ventoinha a puxar o ar. Até porque não encontrei nenhuma que se adeque às minhas necessidades. Como tal, voltamos ao plano inicial: chaminé com registo normal e uma ventoínha a empurrar o ar debaixo do burn pot. Com isto vou ter que mudar algumas coisas nos esquemas mas nada de mais.
Mas já agora, uma questão: como é que calculo ou vejo a espectável exaustão da chaminé? Note-se que isto em princípio não é uma chaminé para chegar ao telhado sequer, só se isso for mesmo imprescendível é que lá terá que ser!

Ah, quanto a máquinas de soldar: o meu pai comprou uma no LIDL em França que vai até 100 amperes, julgo, e eu passo me com aquilo: está sempre a desligar-se por causa do calor. Tenho de ver se lhe meto uma ventoinha ou assim porque desta maneira não há paciência... Mas já agora, uma tia minha tem uma antiga, francesa e que vai até 140amps. É grande e tem um peso dos diabos mas que funciona, funciona! Mas, realmente não há nada como as MIG, pelo que testei. Mas enfim, não há dinheiro para tudo :/


Bom, deixo aqui os meus dois últimos esquemas, mas que já estâo desactualizados:

Circuito do Ar representado:



Sistema de "entrega de pellets" representado:




Ah, acho que para proteger mais os pellets vou colocar uma camada de lã de rocha entre a câmara de combustão e o depósito. Safety first! :P
Agora, aceito sugestões para a colocação da ventoinha de admissão de ar e re-formulação do "burning pot"!
« Última modificação: 24 de Outubro de 2012, 19:34 por tgferreira »

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.602
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]
Re: Salamandra a pellets - homemade
« Responder #29 em: 24 de Outubro de 2012, 23:32 »
Estou a gostar das alteraçoes que contas fazer e tb sou favoravel nessa estrutura nova! :)
Ia era propor uma sugestao pra potenciar a troca de calor ao maximo, ha tubos duplos pra fornos/salamndras que se metem na chaminé onde o fumo sair pelo tubo interior e ha criculaçao de ar frio pelo tubo exterior do tubo e assim consegue-se tirar mais algum calor dos fumos de escape e aquecer um pouco mais o ar. Normalmente sao usados em lareiras de encastrar, pk os fumos de escape sao mtos quentes, nas salamandras a pellets acho que tvz n compense mto pk os tubos ainda sao caros, mas, tb smp se poder meter o tubo de escape a dar algumas voltas pelo tecto ou por outras divisoes antes de sair pra rua, e assim os fumos de escape ja trocaram calor com o meio ambiente da casa.

Agora convinha estudar as proprias pellets que pretendes usar, ha pellets de varios tamanhos e espessura e claro, preços, consonate o tamanho das pelletes, é preciso dimensionar a rede do bocal de combustao pra ir caindo a cinza e nao bocados de pellets ainda a arder ou incandescente prá gaveta da cinza. E tb convinha saber para calcular o fuso de modo a obter-se uma alimentação das pelletes às unidades a cair no ninho da combustao e nao uma duzia delas de cada vez.. logo o fuso n convem ser mto pekeno pra n encravar nem mto grande pra n levar mtas pelletes de cada vez...

O Chinoca enviou-me estas medidas pra fusos (eu estava a pensar em fuso com dia 30mm, diam interior ou do varao maximo 10mm e pitch/passo entre alhetas, mais ou menos 20 a 30cm - mais que isto acho que é grande, mas n sei bem...):
"I provide the screw for the ovens to carry the charcoal , for 80-30-80-5-1250mm , /  73-27-80-1500-6  - 1000mm / 34-12-30-2.5- 600mm / 42-16-35-3-600mm /  71-25-70-6-1000mm

and all the belowing sizes is for the ovens

All the size is based on the mm , not for the cm .So your need is 200mm - 50mm - 200mm  , yes ? not for the cm and the machine size is besed on the mm , please check with it ."

"The outer diameter is the outer diameter of screw , the inner diameter is the outer diameter of shaft . The pitch the the distance of two top screw . hope you can understand it .
"


« Última modificação: 25 de Outubro de 2012, 19:15 por Hugu »