LusoRobótica - Robótica em Português

Robótica => Projectos de robótica => Projectos em desenvolvimento => Tópico iniciado por: Hugu em 13 de Abril de 2015, 21:03

Título: A sociedade!
Enviado por: Hugu em 13 de Abril de 2015, 21:03
bla bla wiskas saquetas
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: metRo_ em 13 de Abril de 2015, 21:13
Hugu, ninguém criticou sem saber, o sena disse que se era para este ano era mau e que se e' para o próximo ano então possivelmente vai conseguir fazer um bom trabalho, não vejo que mal isto tenha.

Depois quanto ao trabalhar na caixa de hipermercado, acho que há de tudo, se calhar pessoas que realmente queriam outra coisa e por muito que tentassem não conseguiram, mas pelo que vejo a maioria vai la parar, e refiro-me aquelas pessoas que estão la' e nao gostam, porque não fizerem muito por outra coisa. Se não houvesse pessoas nas caixas de hipermercado em que para elas isso e' suficiente para serem feliz e que gostam ainda gostava de saber como e' que as pessoas faziam compras (eu sei que esta a mudar)...

PS: Nos outros países também há hipermercados e caixas de hipermercados!
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 13 de Abril de 2015, 21:45
Estás a ir bem @rondas13.
Sabes que aqui não damos resposta como se fosse um tutorial de forma a serem construidos os projectos desejados.
Tudo engloba estudos e pesquisas na internet para se ir tirando ideias (não é copiar, isso é feio :P)
Mas se tiveres de vontade de criar um projecto teu e visto já teres ideias para o que queres apresentar, podes sempre ir apresentando "algumas" dúvidas, falando por mim não levo a mal.


ps: @Hugu... por acaso não tens um mini-mercado perto de ti ?!
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 14 de Abril de 2015, 07:55
N critiquei o sena, foi um comentario geral, pois aparece alguem com uma questao especifica ou duvida num projecto e o pessoal começa logo a questionar prazos/aptidoes ou vontade da pessoa querer aprender ou nao, projectos serem ambiciosos ou apenas por serem feitos com arduino..
Eu tb n gosto de carochas ou 4Ls e nao ando a criticar ou atirar à cara daqueles que teem e gostam de conduzir um desses carros. :P


O post realmente tocou-te em algum nervo sensivel.

E claro que os meus comentarios sao baseados na longa experiencia que tenho foruns de electronica ao longos dos anos.
Nos ultimo 5 anos tem havido um aumento exponencial de pessoas a querer copiar/comprar os trabalhos feitos pelos outros e especialmente se forem feitos por Arduino, pois parece que estah na moda.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 14 de Abril de 2015, 08:07
@sena: entao a culpa é dos docentes! porque sao eles que devem incutir o gosto do estudo e do saber, e planear as etapas para os diversos projectos e avisar os seus alunos, ou entao, a ti sempre tiveste sorte e só te calharam alunos 5*! :P

Infelizmente nos 4 anos q dei uma perninnha como professor/formador, posso calcular que me passaram mais de ~200 formandos e alunos pelas "maos", e que apenas 4 deles fizeram um trabalho que eu posso chamar de interessante, bom e completamente das cabecinhas deles sem recursos a copy&paste.





Hj em dia e vendo o futuro pouco risonho do país, do trabalho e onde o modo de vida passou a modo de sobrevivencia, nem dá vontade estudar porque o unico trabalho que vais arranjar é um lugar numa caixa dum hipermercado..

Sobrevivencia sim, mas com muita carolice ah mistura pois quem fica a ver as coisas a acontecer em PT e nao faz nada, entao desculpem lah mas trabalha exactamente para aquilo que tem.

A sobrevivencia dos jovens hoje em dia depende da localizacao do AccessPoint mais proximo para lhes dar wifi e net para o Facebook, Twitter e etcs. Vejo jovens a querer apenas saber de jogar computador, trocar mensagens e a que horas eh a saida nocturna.
Aqueles anos como professor e formador foram importantes para saber como realmente anda o estado da "coisa" e ao mesmo tempo para constatar (um pouco arrogante, desculpem) que  nunca me vai faltar trabalho pois eu sei que nao vou ter concorrencia, pois o pessoal estah em empregos/trabalhos completamente desumanos e exploratorios porque preferiu jogar computador em vez de estudar e aprender.

Depois queixam-se. Mas tambem nao fazem nada para mudar porque dao mil desculpas pelas quais nao podem mudar. BS apenas.


Portugal nao tem "empregos" e tem muita gente ah procura.
A Europa do Norte tem muitos "empregos" e nao tem gente para os ocupar.

Trabalho nao falta, falta eh quem queira trabalhar! :)






Tb ja é perseguição qq projecto que envolve arduino!..eu ja vi trabalhos com arduinos muito fixes e e deveras complexos.

Hugo, nao digas disparates :)
Ja me conheces ha uns anos, sabes perfeitamente q gosto de picar mas que apoio todas as iniciativas desde q uteis.




Nunca trabalhei com o modulo arduino YUN, sei algumas coisas de linguagem c mas não muitas, ainda estou no segundo ano e ainda aprendi pouca coisa, e esforço me para cada vez aprender mais. O projeto é para apresentar no ano 2016.
Pimba!! o pessoal gosta de criticar e falar sem saber e depois engole em seco!..

Pimba eh musica popular portuguesa.

Fico bastante contente por o jovem estar a adiantar trabalho, soh lhe fica bem pois pode aprender mais. Tem muito que fazer, maos ah obra !

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Nunito em 14 de Abril de 2015, 08:18
A sobrevivencia dos jovens hoje em dia depende da localizacao do AccessPoint mais proximo para lhes dar wifi e net para o Facebook, Twitter e etcs. Vejo jovens a querer apenas saber de jogar computador, trocar mensagens e a que horas eh a saida nocturna.
Simplesmente a realidade de hoje em dia de alguns jovens.
Eu não consegui entrar nessa onda.
Sinceramente sou daqueles que prefiro estar a fazer um esquemático, a fazer um projecto de eletrônica, etc, do que sair á noite com pessoal que só pensa em noitadas, jogos, etc...
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 14 de Abril de 2015, 08:43
A sobrevivencia dos jovens hoje em dia depende da localizacao do AccessPoint mais proximo para lhes dar wifi e net para o Facebook, Twitter e etcs. Vejo jovens a querer apenas saber de jogar computador, trocar mensagens e a que horas eh a saida nocturna.
Simplesmente a realidade de hoje em dia de alguns jovens.
Eu não consegui entrar nessa onda.
Sinceramente sou daqueles que prefiro estar a fazer um esquemático, a fazer um projecto de eletrônica, etc, do que sair á noite com pessoal que só pensa em noitadas, jogos, etc...


Aproveita bem o tempinho todo, pois o teu futuro daih depende.

Eu colho os frutos de nao ter andado em noitadas nem festarolas.

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 14 de Abril de 2015, 09:37
MODERACAO
Este post foi moderado devia a linguagem racista e xenofoba.



Exactamente um dos problemas da mentalidade portuguesa(á mais, mas pronto, é com esta que convivo todos os dias), é que um doutor é um senhor doutor, mas alguem num balcão de uma loja é um triste e um burro.

É tudo muito bonito, mas queria ver a vossa vida durante uma semana sem uma pessoa em qualquer loja/caixa/balcão, sem pedreiros, canalizadores, recolha de residuos, carpinteiros e afins profissões actualmente vistas como muito depressa e bem, uma ***** MODERACAO.

Acho uma tremenda arrogância acharem que todos têm que ser engenheiros de obras feitas, de fatinho, pancinha de não fazer nada e a passear de BMW(vá, um Merc tambem escapa).
E esquecem-se que o mundo não gira com engenheiros e mais engenheiros, tem de haver que faça os dirt jobs que são tão ou mais importantes que os senhores e os doutores.

Vão lá enginheirar e não tenham o ************************ MODERACAO a assentar tijolo, porque o tuga é muito fino, depois vê-se o estado da economia nacional, é preciso é 200 engenheiros e 300 consultores para mudar uma lâmpada, 3 mesas de directores, com C[A-Z]O's e no fim vai lá o desgraçado  ::)
Façam esquemas e pcb's, mas o chinês é que tem de comer com a porcaria.

Á que tratar dessa miopia crónica, em muitos paises tanto é senhor um médico como é senhor um carpinteiro, ou um caixa, ou seja quem for.


Título: Re: A sociedade!
Enviado por: LuísR.A. em 14 de Abril de 2015, 09:49
Nessa do senhor doutor lembro-me de pessoal estrangeiro que vêm para cá e acha muito estranho aquelas cenas esquesitas que tão antes do nome deles, "mas eu não me chamo assim". Aqui é que há essa mania de meter qualquer "titulo" antes :p
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 14 de Abril de 2015, 09:57
MODERACAO
Este post foi moderado devia a linguagem racista e xenofoba.



Exactamente um dos problemas da mentalidade portuguesa(á mais, mas pronto, é com esta que convivo todos os dias), é que um doutor é um senhor doutor, mas alguem num balcão de uma loja é um triste e um burro.

É tudo muito bonito, mas queria ver a vossa vida durante uma semana sem uma pessoa em qualquer loja/caixa/balcão, sem pedreiros, canalizadores, recolha de residuos, carpinteiros e afins profissões actualmente vistas como muito depressa e bem, uma ***** MODERACAO.

Acho uma tremenda arrogância acharem que todos têm que ser engenheiros de obras feitas, de fatinho, pancinha de não fazer nada e a passear de BMW(vá, um Merc tambem escapa).
E esquecem-se que o mundo não gira com engenheiros e mais engenheiros, tem de haver que faça os dirt jobs que são tão ou mais importantes que os senhores e os doutores.

Vão lá enginheirar e não tenham o ************************ MODERACAO a assentar tijolo, porque o tuga é muito fino, depois vê-se o estado da economia nacional, é preciso é 200 engenheiros e 300 consultores para mudar uma lâmpada, 3 mesas de directores, com C[A-Z]O's e no fim vai lá o desgraçado  ::)
Façam esquemas e pcb's, mas o chinês é que tem de comer com a porcaria.

Á que tratar dessa miopia crónica, em muitos paises tanto é senhor um médico como é senhor um carpinteiro, ou um caixa, ou seja quem for.



Senso, essa agressao toda eh devido a alguma coisa em especial ?
O teu conteudo em nada tem a ver com o tema da conversa.

O tema gerado depois dos primeiros post foi o facto de alguns jovens nao quererem trabalhar, nao teremo motivacao e de preferirem andar ao sabor do vento.
As recompensas sao dadas a quem se esforca.

Nao tem nada a ver com o tipo de trabalho.
Pessoalmente dou bastante valor quem assenta tijolo e atende ao balcao. Ja fiz disso tudo e ateh limpei WCs (isto no estrangeiro, era visto como o emigrante das limpezas que assobiava e cantava no trabalho)... nao vejo qual eh o problema. Todas as profissoes sao validas desde que se faca o que se gosta. Quem nao gosta, sempre pode mudar, ha sempre uma possibilidade de mudar e as desculpas sao normalmente por nao querer sair da zona de conforto.

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 14 de Abril de 2015, 10:01
O meu problema?

Demasiada arrogância por metro quadrado neste fórum.
Digam/façam o que bem quiserem..
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: metRo_ em 14 de Abril de 2015, 10:03
referi-me às caixas hipermercado (em portugal) porque é o unico trabalho que se arranja e é para onde vao muito licenciados parar e co se sabe é um trabalho mal pago e explorador pra quem andou a pagar estudos superiores.. claro que tem de haver pessoas nas caixas dos hipermercados e para os outros trabalhos todos, mas portugal nao tem trabalho para quem tirar cursos superiores, por isso é que anda tudo a emigrar, nem que seja pra irem para caixas de hipermercados, mas a ganhar o triplo caso ficassem cá a fazer o mesmo!

N critiquei o sena, foi um comentario geral, pois aparece alguem com uma questao especifica ou duvida num projecto e o pessoal começa logo a questionar prazos/aptidoes ou vontade da pessoa querer aprender ou nao, projectos serem ambiciosos ou apenas por serem feitos com arduino..
Eu tb n gosto de carochas ou 4Ls e nao ando a criticar ou atirar à cara daqueles que teem e gostam de conduzir um desses carros. :P

O pessoal "comeca logo" porque as pessoas nao sabem expor o problema e isso e' uma falha.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 14 de Abril de 2015, 10:04
O meu problema?

Demasiada arrogância por metro quadrado neste fórum.
Digam/façam o que bem quiserem..



Se espelhas arrogancia nos posts dos outros, claramente nao estahs a ler os teus proprios posts.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dvdt em 14 de Abril de 2015, 10:21
Eu acho que este assunto dava um post que era capaz de durar um bom tempo, pois existe muita polemica á volta deste assuntos  ::) .
 Mas pronto vou deixar aqui a minha opinião, eu ando a tirar um curso de engenharia mas não me importo de dizer que antes e até durante o curso ja trabalhei como jardineiro, trolha, electricista, lojista, entrega de electrodomésticos, canalizador. Penso que não é vergonha nenhuma ter um trabalho desde que seja honesto, eu trabalhei não por que me obrigaram, mas sim porque os meus pais já me pagam os estudos e não gosto de os sobrecarregar com mais despesas porque eu quero fazer um projecto ou porque tenho que comprar material de electrónica ou multirotores.
 Eu pergunto-me como é que há pessoas que não arranjam trabalho, eu trabalhei a ordenado mínimo e por vezes a mais que isso e não tenho "qualquer tipo de formação em nenhuma das áreas" (penso que um curso de engenharia electrotécnica e computadores não serve como formação a nenhuma das áreas onde trabalhei).
 Só digo uma coisa, muita gente não arranja trabalho para não levar com "etiquetas" como já aqui mencionadas (p.ex: trabalhar na caixa de um hipermercado), um trabalho honesto como todos os outros, mas que parece que as pessoas só o escolhem em ultima opção, coisa que não acontece em países como a Suíça que tens formação na escola para ir trabalhar numa caixa.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: metRo_ em 14 de Abril de 2015, 11:22
Assim deixa de ser off-topic, embora seja off-topic, e podemos todos discutir este assunto a' vontade.

Um colega meu fez erasmus na Finlândia e qual foi o espanto dele quando se apercebeu que 70% a 80% dos estudantes da faculdade não eram finlandeses, isto acontece, porque la' não era SUPOSTO as pessoas irem para a faculdade, não ha problema nenhum se as pessoas trabalharem numa loja de roupa, num hipermercado, etc, etc, isso e' normal, tão normal como cada um ter a profissão que queria. Ia para a faculdade quem realmente queria e não, como cá, porque acham que e' suposto.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Nunito em 14 de Abril de 2015, 11:39
Tendo eu um CET de Robótica.
Aqui à uns tempos atrás fui a uma entrevista e disseram-me na empresa que preferem os técnicos do que engenheiros.
Para o lado dos técnicos é bom e claro para a empresa se escolher um bom técnico.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: jm_araujo em 14 de Abril de 2015, 11:56
Tendo eu um CET de Robótica.
Aqui à uns tempos atrás fui a uma entrevista e disseram-me na empresa que preferem os técnicos do que engenheiros.
Para o lado dos técnicos é bom e claro para a empresa se escolher um bom técnico.

Mas isso também porque é mais fácil pagar salário mínimo sem aumentos ao longo dos anos a um técnico do que a um engenheiro sem que ele saia à primeira oportunidade, que para um engenheiro é potencialmente mais fácil de encontrar pela abrangência da formação.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 14 de Abril de 2015, 13:20
Boas,

As conversas são como as  sardinhas, atrás de uma vem sempre outra, por isso por vezes é
difícil manter o foco num determinado assunto, vai daí este debate já enveredou por diversos
campos.

Sou dos primeiros a criticar o ESTÚPIDO EXCESSO dos títulos profissionais que se faz em
Portugal. Nesse aspecto concordo com o senso, e quem tem contactos com profissionais
foram de Portugal sabe bem que infelizmente somos GOZADOS por isso mesmo, e
literalmente todo o mundo tem conhecimento desse fetiche dos "doutores" portugueses.

Um grau académico é um titulo profissional, NÃO TEM NADA que ser usado quando a
interacção está somente no nível social ... é uma estupidez alguém cumprimentar outra
pessoa num café (por exemplo) e fazer esse cumprimento dizendo: "Como está Snr. Eng."
... só em Portugal é que isso acontece.

Faço questão DE NÃO usar qualquer titulo académico quando me dirijo a outras pessoas
na esfera social ... nem sequer em eventos sócio/profissionais.

Abraços,
PA
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Njay em 14 de Abril de 2015, 14:54
Parece-me que isto começou com mal entendidos, mas também posso aproveitar para fazer uma ronda pelos assuntos em cima da mesa.

Eu do "estado" da população jovem face à (e não vou dizer "ensino") vontade de aprender e trabalhar (no sentido geral da palavra) só vejo o que passa pelo fórum, e se for uma amostra representativa, é bastante bera. Eu não sou tanto da opinião de é preciso só "trabalho", acho que há tempo para diversão, e acho ainda que diversão e umas saídas à noite até é essencial; por mais vontade que tenham de ir mexer nas vossas engenhocas, não se deixem isolar das pessoas. Agora quem fizer vida disso e trabalho zero, tá f*dido; embora isso também seja reversível, voltando mais tarde ao estudo e trabalho (mais trabalho do que seria necessário se fosse feito à 1ª). Às vezes temos mesmo que bater com os costados no chão para entender e passar a dar valor a certas coisas, é simplesmente como são as coisas.

Também sou da opinião geral de que não há problema nenhum com o emprego caixa de supermercado. Só acho que aqui nesta comunidade ninguém iria achar o trabalho lá muito interessante, pelo menos não mais interessante do que trabalhar em robótica, e certamente que não paga mais. Também é preciso ter um certo perfil para ser caixa, coisa que um "geek" normalmente não tem. Nunca fui caixa mas já trabalhei "nas obras" para terceiros quando era mais novo, mais propriamente a colocar tectos falsos; foi fixe até porque pude comprar a minha 1ª guitarra e ainda tinha guito pa sair à noite sem ter que andar cravar aos meus pais (que queria sempre saber "para que é que é"), e a experiência de trabalho foi boa (excepto quando estive 2 dias a cortar placas de fibra de vidro sem qualquer protecção pessoal e numa zona aberta, quando chegava a casa tomava 3 banhos seguidos e ainda sentia comichões no corpo). Porque tenho tanto orgulho nesse trabalho como em qualquer outro, ele está e sempre esteve mencionado no meu CV.
Um bom técnico em algumas áreas pode ganhar mais do que um engenheiro. São profissões diferentes, e requerem também gostos diferentes por parte de quem faz o trabalho. Cada um deve ir atrás daquilo que gosta mais de fazer.

Quanto aos títulos... ridículo (especialmente quando tens que pagar anualmente por alguns deles). Resultado de muita arrogância e ignorância. Espero que essa mentalidade seja varrida rapida- e definitivamente da nossa sociedade, pois é corrosiva e destrutiva.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 14 de Abril de 2015, 15:15
Eu devo ser a pessoa mais burra deste fórum, tenho apenas o 9º ano e com muito orgulho.

Gosto deste fórum no que respeita ao seu propósito, electrónica e robótica, aprecio o que os membros fazem e sinto alguma inveja não saber fazer certas coisas, se estiver mesmo interessado até sou capaz de me empenhar sobre o assunto, mas não há nada como criar projectos novos :)

Desculpem o off-topic da sociedade... sim, também sei que muita coisa está mal e não sou cego, mas não é por isso que deixo de estar desempregado ou me sentir pior. Já tive 6 empregos e sinceramente estou cansado disso, não de trabalhar mas de criticar constantemente o que está mal.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Nunito em 14 de Abril de 2015, 18:01
Eu devo ser a pessoa mais burra deste fórum, tenho apenas o 9º ano e com muito orgulho.
Deixa lá, eu tenho o 12º Curso EFA(novas oportunidades), e agora um CET - Robótica, Automação e Controlo Industrial.
Pode haver pessoal que fica a pensar que "...ai aquele andou nas novas oportunidades, não deve saber fazer nada..."
Para mim isso não me afecta.
Já aprendi muita coisa por mim próprio que me deixa orgulhoso de saber fazer.
Sei fazer de tudo um pouco, até cozinhar sei...
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 14 de Abril de 2015, 18:10
Eu devo ser a pessoa mais burra deste fórum, tenho apenas o 9º ano e com muito orgulho.
Deixa lá, eu tenho o 12º Curso EFA(novas oportunidades), e agora um CET - Robótica, Automação e Controlo Industrial.
Pode haver pessoal que fica a pensar que "...ai aquele andou nas novas oportunidades, não deve saber fazer nada..."
Para mim isso não me afecta.
Já aprendi muita coisa por mim próprio que me deixa orgulhoso de saber fazer.
Sei fazer de tudo um pouco, até cozinhar sei...


Boas,

Estás a tirar um CTeSP?
Só por curiosidade, onde é que estás a tirar esse CET ?

Abraços,
PA
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: zordlyon em 14 de Abril de 2015, 19:08
Ora eu sou novo (24 anos) e tenho uma história de vida engraçada..

Tenho um pai patrão, que aos meus 10 anos de idade obrigava-me a lavar carros aos fins de semana (ao domingo abria-me as cortinas do quarto as 7h da manha), e nas férias grandes quando queria ir jogar bola tinha que no minimo cumprir 3 a 4h de "trabalho" na empresa (Serralharia Civil), isto na altura, era uma seca verdade seja dita...era puto, queria era brincar e andar de bicicleta..
Queria ir a algum lado "e só ouvia, Domingo?, Domingo vais medir uma obra comigo"... E lá ia eu...

Depois de alguns anos consecutivos nestas andanças, cheguei ao 10º ano e começei a aperceber-me que tinha ideias das coisas um pouco diferentes dos outros, enquanto uns queriam era ir gastar dinheiro para festas etc, eu queria era fazer algo útil...
Até que cheguei ao meu 12º e trabalhei nas finanças como estagiário e fiz um programa em VB6 (sim vb6 :p) para dar entradas da correspondência no departamento do concelho.

Após isto entrei para a faculdade, e começei a notar ainda mais, que sabia coisas que todos os meus colegas achavam espectacular e que para mim era banal, porque o meu pai me tinha feito trabalhar desde cedo. (como por exemplo cortar uma acrilico com uma serra, pensavam que era preciso uma "Maquina especial")

No meu 3º ano de licenciatura estive envolvido na abertura num centro de robotica da universidade porque tive ambiçao para recolher pessoas e ser eu a dar formação.
Entretanto abri uma loja de Bijuteria para a minha namorada ter dinheiro para fazer faculdade, sim porque se as pessoas querem algo não esperem que caia do céu...

Entrei para o 1o ano de Mestrado, consegui uma bolsa da FCT, fiquei a leccionar aulas de manha a CET's, estava com o grupo de robotica, tirava o mestrado às segundas, quartas e sextas a noite, e às terças e quintas estava a tirar um Curso de Solidworks (que nao tinha nada a ver com o curso Engenharia Informatica).
E ainda aos sábados fazia bijuteria porque aos domingos tinha feira.

Com isto consegui fazer uma CNC minimamente boa (com a ajuda do velhogordo, obrigado!), e começei a fazer frames (obrigado pela ajuda Senso) para quadcopters, que começaram a ser revendidas na Suiça.

Entretanto acabei o Mestrado e ainda a dar aulas fui chamado para vir trabalhar para a Vodafone, mas mesmo assim nao deixei o que andava a fazer, com o meu esforço, comprei uma Impressora 3D, e tenho neste momento trabalho das 9h~20h na Vodafone, chego a casa e trato de encomendas, desenho grande parte delas, e corto na CNC ou faço na 3D.
Aos fins de semana continuo com a bijuteria.

Com isto, a mural da história que quero chegar é que, com uma coisa que eu nao gostava nada quando era puto, que o meu pai me "obrigava" a ir com ele nem que fosse para estar a ouvir conversas com clientes, fez de mim uma pessoa com ambição e que nunca diz "nao consigo".

Embora esteja formado em Engenharia Informatica tenho o meu emprego e tenho na mesma Serralharia Civil em casa, onde ajudo os meus pais, trabalho com bijuterias aos fins de semana, e tenho a parte de CNC/3D que faço de Hobby mas que me ajuda nas contas de casa, e nao tenho vergonha de fazer Bijuterias...

E perguntam voces, "e tens vida"? Claro que tenho, saio no minimo 1x a 2x por semana nem que seja para ir ao Cinema ou comer a algum lado com amigos ou com a namorada.

Se tenho uma vida dificil e durmo 5h por dia, sim tenho, mas se nao fizer isso agora, vou fazer quando? Quando tiver 60 anos?..

O que quero dizer com isto, é que quanto mais voces forem exigentes com voces mesmos, daqui a uns anos isso torna-se um hábito e voces nem dão conta do trabalho que estão a fazer..

My 5 cents.. ;)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 14 de Abril de 2015, 19:16
Ok, também tirei o 12º pelo RVCC em 18 meses, mas aquilo foi mais para ser considerado a escolaridade obrigatória e porque muitas empresas pedem o 12º. A última formação foi no ISQ de "Electrónica e Automação Industrial", desaconselho.

Até posso ter uma escolaridade baixa mas tenho visto coisas aqui que me surpreendem, desde erros ortográficos graves, abreviações à maluca, frases sem sentido e dúvidas que são pura preguiça... é por isso que prefiro dizer ter o 9º ano do que ser engº e só dizer disparates.

Bolas @zordlyon, não era preciso dares a tua história de vida, para isso teríamos de abrir novo tópico hehehe
Ainda programo em VB6, fazem-se coisas engraçadas :)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: zordlyon em 14 de Abril de 2015, 19:31
Bolas @zordlyon, não era preciso dares a tua história de vida, para isso teríamos de abrir novo tópico hehehe
Ainda programo em VB6, fazem-se coisas engraçadas :)

Sorry :P
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Nunito em 14 de Abril de 2015, 19:37
Boas,

Estás a tirar um CTeSP?
Só por curiosidade, onde é que estás a tirar esse CET ?

Abraços,
PA
Um CET, não percebi o CTeSP!
Já o acabei com sucesso no CFPIC.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Dave em 14 de Abril de 2015, 20:03
Agora entendo porque raramente aqui venho....
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 14 de Abril de 2015, 20:32
Ao contraire..
É pura e dura.

Zordlyon:
Essas coisas, e por causa da fineza, podes meter no CV como High School of Hard Knocks.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Dave em 14 de Abril de 2015, 20:40
A minha participação neste tópico é uma mostra do meu descontentamento...

Tu deves ser daqueles que não vai votar por não gostar dos candidatos, em vez de se fazer deslocar à urna mostrando o seu descontentamento, votando em branco, ficas no café a falar de futebol.
Só votas se queres! Mas então não vale a pena, fora do acto, andar a dizer mal dos candidatos porque nada fizeste para a melhoria!

Fazes-me lembrar aqueles carros velhos, que fazem muito barulho mas andam pouco!



Espero que esta minha resposta eufémica possa responder ás tuas questões e que possas avaliar as respostas dos demais membros...


Obrigado, boa noite.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: samc em 14 de Abril de 2015, 20:41
Embora o assunto tenha fugido à questão inicial, tornou se um tópico interessante e gostaria de acrescentar algumas coisas.
Quando falam dos caixas de supermercados, compreendo que seja o clichê do emprego mal remunerado (ao lado do empregado do MacDonalds) no entanto, salvo algumas excepções, é um emprego "excelente" para muitas pessoas.
Nunca trabalhei num supermercado, mas a minha esposa foi caixa de supermercado antes de ir para a universidade e só deixou o emprego porque teve de ir estudar para outra cidade. O trabalho embora seja repetitivo e pouco desafiador e um emprego relativamente soft a nível físico, a interação social que existe tipicamente nos lojistas ocorre a um nível mínimo (trabalhar numa loja e atender o público diretamente é muito stressante) e por fim têm as regalias de se trabalhar para uma "grande empresa" - direitos respeitados e ordenados pagos a tempo e horas. Não se tem um ordenado muito alto como é óbvio mas com alguns subsídios e prêmios ainda conseguem receber cerca de 700 euros mensais.
Agora comparem com um anúncio que cheguei a ver quando andava à procura de emprego para um eng. ou técnico com 2 anos de experiência a fazer a manutenção de servidores Linux (depois tinham mais uma série de requisitos como conhecimento de diversas linguagens de programação e de bases de dados, etc) com um ordenado LÍQUIDO de 750 euros
Sei que um dos trabalhos não é desafiante a nível intelectual, no entanto, não acho que uma pessoa seja pouco inteligente se optar por trabalhar num hipermercado onde ganha mais no final do mês, não tem grandes responsabilidades em apresentar trabalho feito e com prazos ou a obrigação de fazer horas extra (sem serem pagas). A pessoa faz o seu turno e ainda tem muito tempo para se dedicar ao seu hobby que pode ser desafiador a nível intelectual.

Antes que venham criticar o que disse, também estou consciente que isto não é assim tão linear. Embora a minha esposa tenha tido uma boa experiência nos supermercados, não quer dizer que seja regra geral. Compreendo também que na situação atual das empresas, seja difícil faturar o suficiente para pagar um ordenado maior a um técnico mais especializado.
Mas caso a pessoa não se importe com o burburinho social que se faz em redor dos empregos menos especializados (que normalmente são feitos pelos familiares como os pais que acreditavam que era como no tempo deles em que uma educação superior significava automaticamente um emprego de destaque)  talvez tenha tomado uma decisão muito sensata ao optar por não se deixar explorar em empregos e estágios precários a exercer a atividade para a qual estudou.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 14 de Abril de 2015, 23:01
Embora o assunto tenha fugido à questão inicial, tornou se um tópico interessante e gostaria de acrescentar algumas coisas.
[...]

Boas,

Estou 10000000% de acordo !!!!

Os estereótipos são sempre injustos.

Abraços,
PA
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: zordlyon em 14 de Abril de 2015, 23:06
Ao contraire..
É pura e dura.

Zordlyon:
Essas coisas, e por causa da fineza, podes meter no CV como High School of Hard Knocks.

Ahah, claro, já está no CV "perito em fazer pulseiras".. :P
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: samc em 14 de Abril de 2015, 23:13
Quando comecei os posts iniciais, estava para perguntar algo ao Sérgio_Sena mas ele depois acabou por mencionar mais à frente - o número de alunos que se interessaram seriamente pela tal prova de aptidão/trabalho final de curso.
Será sempre um número pequeno de jovens que irão demonstrar a maturidade e ter a presciência para compreender que o desempenho académico nesses trabalhos irá ter uma grande relevância com respeito à empregabilidade. Podemos tentar ser de vez em quando uns "paizinhos" e dar uns conselhos a alguns jovens, mas a triste realidade é que esses "sermões" só irão beneficiar uma pessoa que somos nós, pois ficamos com a sensação que estamos a influenciar positivamente a vida de alguém. Eu próprio reconheço que nos meus tempos de estudante não me apliquei mais por falta de incentivos por parte dos docentes/outros adultos. Agora é claro que me arrependo de algumas decisões, mas também reconheço que tenho uma perceptiva muito diferente do ensino - só mais recentemente é que comecei a ver a aplicação real e prática de muitas das matérias que tive de estudar (desde teoremas da análise matemática a conhecimentos de química). Neste aspecto acho que o ensino ainda tem bastante para evoluir caso queiram motivar os alunos para a aprendizagem.

Outro pormenor que acho importante comentar é com respeito a estes trabalhos finais de curso (tanto PAPs como o projeto final da licenciatura ou a tese de mestrado). Já acompanhei de perto muitos trabalhos finais de curso e gosto de ler algumas teses (recentemente li uma que um membro aqui do forum postou e que por acaso tem muito a ver com a temática inicial deste post - carro telecomandado com feed de video) e fico por vezes impressionado pela negativa com o nível de elaboração do trabalho. Muitos acabam por não ter praticamente nada de inovador ou de cientifico para o que presumivelmente seria o culminar de vários anos de estudos superiores (são apenas a repetição de alguns trabalhos que já desenvolveram numa UC durante o curso).
No entanto, como já passei por isso reconheço que é sensato não criticar demasiado a nível de empenho dos alunos nesses trabalhos. Devido à sociedade em que estamos inseridos onde o título académico é sobrevalorizado num CV, a meta principal para muitos é terminar o mais rápido possível o seu curso e o curso não é só o projeto final mas também as outras UCs para as quais é preciso reservar tempo e horas de estudo. Muitos ainda têm de reconciliar o trabalho com os estudos... por isso novamente não considero que seja pouco inteligente apresentar um trabalho mediano porque na prática acabam por ficar em pé de igualdade com outros colegas que apresentam um trabalho melhor e mais preparado. Quando forem procurar trabalho ambos têm um CV "igual" - mesmo grau académico e nenhuma experiência profissional.

PS: notar que não estou a falar dos que apresentam um trabalho excelente, esses serão sempre poucos porque a excepcionalidade é rara e poucos a conseguem atingir
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 14 de Abril de 2015, 23:28
Um CET, não percebi o CTeSP!
Já o acabei com sucesso no CFPIC.

O CTeSP é um Curso Técnico Superior Profissional , 2 anos, que vem substituir alguns CET.

Abraços,
PA
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 14 de Abril de 2015, 23:35
Embora o assunto tenha fugido à questão inicial, tornou se um tópico interessante e gostaria de acrescentar algumas coisas. [...]
Boas,
Estou 10000000% de acordo !!!!
Os estereótipos são sempre injustos.
Abraços,
PA
Não, não estou nada de acordo, não é para contrariar nem ser conflituoso.
Há espaços para este tipo de debates e não considero este um deles.
Claro que há injustiças, maus formadores e falta de acompanhamento para entrar no mundo do trabalho.
Não estou a gostar nada do caminho que esta discussão está a ter e muito menos a ver uma conclusão no final deste tópico, apenas revoltas e desabafos.
Quando aparecer cá mais alguém a pedir ajuda para uma PAP vamos cair-lhe todos em cima como foi este caso?! shame on you
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 14 de Abril de 2015, 23:47
Loles, pequeninos, porque não tem muita piada, é mais um tiquezinho.

Mas qual é o tópico neste fórum de á uns meses para cá que não leva logo com duas ou três respostas logo a destilar azia?
É um fórum, não é uma ditadura, tecnicamente, dado que tem um só dono, até podia ser, mas esperemos que não chegue a tanto, mas nota-se bem a actividade do fórum:
ZERO

Contra mim falo que não posto grande coisa no que toca a conteúdo original, e muito provavelmente até parece que falo á bruta, mas esse sempre foi o meu atrofio com fóruns, não existe tom de voz, e para uma pessoa como eu que tem mudanças de humor drásticas a cada 3 minutos com um bocado de autismo á mistura por vezes nem eu bem percebo o que raio estava a escrever.

Continuando on/off-topic, que a coisa até está interessante.

Eu tambem me vejo actualmente num mundo algo inesperado, fora da universidade, a trabalhar, por acaso nem a licenciatura tenho, e em meia duzia de dias de trabalho já vi atrocidades que dá para fazer dilberts durante mais 10 anos, mas passando á frente, e já que a coisa tambem pende para esse lado, resumo a minha vida académica até á data de seguinte modo:

https://www.youtube.com/watch?v=ae9TWs9dcQE (https://www.youtube.com/watch?v=ae9TWs9dcQE)

Its sort of fitting, e ei, acho que nunca "vi" musica neste fórum, coisa sombria.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 15 de Abril de 2015, 00:13
Yay..
Havia um fórum em que eu era mod que bastava passar num tópico e mais ninguem lá postava, ou melhor, os tópicos morriam sempre, acho que perdi esse encanto, era semi engraçado.
20 mil post, que sem-vidismo  8)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 15 de Abril de 2015, 00:17
Não, não estou nada de acordo, não é para contrariar nem ser conflituoso.
Há espaços para este tipo de debates e não considero este um deles.
Claro que há injustiças, maus formadores e falta de acompanhamento para entrar no mundo do trabalho.
Não estou a gostar nada do caminho que esta discussão está a ter e muito menos a ver uma conclusão no final deste tópico, apenas revoltas e desabafos.
Quando aparecer cá mais alguém a pedir ajuda para uma PAP vamos cair-lhe todos em cima como foi este caso?! shame on you

Boas,

Estou de acordo com o que o samc disse no post especifico, que é apenas uma dissertação
generalista sobre uma questão não directamente relacionada com essa PAP.

Temos que ser realistas, uma coisa é ajudar numa dúvida concreta, outra coisa é pedir
ajuda de algo mais ou menos abstracto, do qual se conhece somente a finalidade, e onde
nem sequer existem as bases para implementar o projecto mesmo que seja explicado.

Numa analogia grosseira, é o mesmo que eu (que não percebo nada de anatomia) chegar a
um forum de medicina e perguntar como é que se faz um bypass coronário.

Sejamos pragmáticos, que tipo de ajuda é possível dar no caso da PAP em questão ?

Muito sinceramente, e falo por mim, não sei que tipo de ajuda posso dar a alguém que
quer fazer um programa para controlar algo ... mas que não sabe programar.
Das duas uma, ou a pessoa em questão usa o copy&paste ou aprende a programar ... é
que não existe outra alternativa. Se existir uma terceira via, e muito sinceramente, gostava
de saber qual.

Abraços,
PA
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: StarRider em 15 de Abril de 2015, 00:22
pronto, por mim podem apagar o topico! valeu a discussao :)

NÃO apaga nada !!!!!

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dvdt em 15 de Abril de 2015, 00:41
Parece mesmo que o pessoal gosta deste tipos de conversas   :D
(https://lusorobotica.com/proxy.php?request=http%3A%2F%2Flusorobotica.com%2Findex.php%3Faction%3Ddlattach%3Btopic%3D8075.0%3Battach%3D3400%3Bimage&hash=30a62c670401941a338d99c572fad6c3)
Mas agora, em resposta ao StarRider, existe sempre a hipotese de pagares a alguem para te fazer o trabalho a pensar que se passa, mas depois quando vai á defesa da nota do projecto enterra-se de tal maneira que chumba logo (já tive conhecimento de casos desses) mas isto é pessoal que entra em formações/cursos só por que sim e que por vezes não gosta da área mas como foi naquela que conseguiu entrar pronto tem que se desenrascar.

Agora um desabafo pessoal: Nunca pensei que ouve-se uma percentagem tão grande de pessoas que entra num curso superior sem saber patavina do assunto/área em questão e depois tiram grandes notas a cadeiras de matemática mas nas especificas daquela area depois dizem que sao muito complicadas quando muitas vezes são as mais fáceis. Mas o problema nao fica aqui, o problema é quando mesmo depois de estarem no curso não tentam aprender nada sobre o assunto fora do que é lecionado nas aulas, ou seja, se não sai em nenhum teste nao vou estar a explorar nada. Por vezes vejo as pessoas com cursos técnicos da área com mais interesse em tirar uma engenharia por exemplo que muitos outros.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: KammutierSpule em 15 de Abril de 2015, 08:45
Agora um desabafo pessoal: Nunca pensei que ouve-se uma percentagem tão grande de pessoas que entra num curso superior sem saber patavina do assunto/área em questão e depois tiram grandes notas a cadeiras de matemática mas nas especificas daquela area depois dizem que sao muito complicadas quando muitas vezes são as mais fáceis. Mas o problema nao fica aqui, o problema é quando mesmo depois de estarem no curso não tentam aprender nada sobre o assunto fora do que é lecionado nas aulas, ou seja, se não sai em nenhum teste nao vou estar a explorar nada. Por vezes vejo as pessoas com cursos técnicos da área com mais interesse em tirar uma engenharia por exemplo que muitos outros.

Acrescento que este tipo de pessoas vao ser a maioria dos vossos colegas de trabalho.

Edit: A isto, juntam-se colegas a trabalhar na area mas que nem formacao tem na area, colegas que ate tem boas capacidades tecnicas mas nem o curso acabaram, CEOs "sem visao para a coisa", comerciais que interessam e' em facturar e vendem um projecto que demora 4 meses pelo preco de 4 semanas e querem que seja feito em 2 semanas, marketing que o engenheiro diz que "so dá até 7" e eles metem no powerpoint "+ de 10", "porque 7 nao é um numero.."

Ja conheci pessoas que desistiram de trabalhar por estes e outros motivos e voltaram ao ensino (que tambem nao é coisa boa..).. infelizmente nao é possivel viver "do ar e agua" e é preciso fazer pela vida .
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Nunito em 15 de Abril de 2015, 09:38
Por falar em sociedade  ::) , já se realizou algum encontro nacional aqui com a malta do fórum?  :)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 15 de Abril de 2015, 09:53
Sou dos primeiros a criticar o ESTÚPIDO EXCESSO dos títulos profissionais que se faz em
Portugal.  ....

Um grau académico é um titulo profissional, NÃO TEM NADA que ser usado quando a
interacção está somente no nível social ...

Faço questão DE NÃO usar qualquer titulo académico quando me dirijo a outras pessoas
na esfera social ... nem sequer em eventos sócio/profissionais.




Assino por baixo, mt bem escrito. E realmente eh exactamente o oposto cah fora, as aqui pessoas tratam-se pelo primeiro ou ultimo nome.

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 15 de Abril de 2015, 10:00
Ora eu sou novo (24 anos) e tenho uma história de vida engraçada..

Tenho um pai patrão, que aos meus 10 anos de idade obrigava-me a lavar carros aos fins de semana (ao domingo abria-me as cortinas do quarto as 7h da manha), e nas férias grandes quando queria ir jogar bola tinha que no minimo cumprir 3 a 4h de "trabalho" na empresa (Serralharia Civil), isto na altura, era uma seca verdade seja dita...era puto, queria era brincar e andar de bicicleta..
Queria ir a algum lado "e só ouvia, Domingo?, Domingo vais medir uma obra comigo"... E lá ia eu...

Depois de alguns anos consecutivos nestas andanças, cheguei ao 10º ano e começei a aperceber-me que tinha ideias das coisas um pouco diferentes dos outros, enquanto uns queriam era ir gastar dinheiro para festas etc, eu queria era fazer algo útil...
Até que cheguei ao meu 12º e trabalhei nas finanças como estagiário e fiz um programa em VB6 (sim vb6 :p) para dar entradas da correspondência no departamento do concelho.

Após isto entrei para a faculdade, e começei a notar ainda mais, que sabia coisas que todos os meus colegas achavam espectacular e que para mim era banal, porque o meu pai me tinha feito trabalhar desde cedo. (como por exemplo cortar uma acrilico com uma serra, pensavam que era preciso uma "Maquina especial")

No meu 3º ano de licenciatura estive envolvido na abertura num centro de robotica da universidade porque tive ambiçao para recolher pessoas e ser eu a dar formação.
Entretanto abri uma loja de Bijuteria para a minha namorada ter dinheiro para fazer faculdade, sim porque se as pessoas querem algo não esperem que caia do céu...

Entrei para o 1o ano de Mestrado, consegui uma bolsa da FCT, fiquei a leccionar aulas de manha a CET's, estava com o grupo de robotica, tirava o mestrado às segundas, quartas e sextas a noite, e às terças e quintas estava a tirar um Curso de Solidworks (que nao tinha nada a ver com o curso Engenharia Informatica).
E ainda aos sábados fazia bijuteria porque aos domingos tinha feira.

Com isto consegui fazer uma CNC minimamente boa (com a ajuda do velhogordo, obrigado!), e começei a fazer frames (obrigado pela ajuda Senso) para quadcopters, que começaram a ser revendidas na Suiça.

Entretanto acabei o Mestrado e ainda a dar aulas fui chamado para vir trabalhar para a Vodafone, mas mesmo assim nao deixei o que andava a fazer, com o meu esforço, comprei uma Impressora 3D, e tenho neste momento trabalho das 9h~20h na Vodafone, chego a casa e trato de encomendas, desenho grande parte delas, e corto na CNC ou faço na 3D.
Aos fins de semana continuo com a bijuteria.

Com isto, a mural da história que quero chegar é que, com uma coisa que eu nao gostava nada quando era puto, que o meu pai me "obrigava" a ir com ele nem que fosse para estar a ouvir conversas com clientes, fez de mim uma pessoa com ambição e que nunca diz "nao consigo".

Embora esteja formado em Engenharia Informatica tenho o meu emprego e tenho na mesma Serralharia Civil em casa, onde ajudo os meus pais, trabalho com bijuterias aos fins de semana, e tenho a parte de CNC/3D que faço de Hobby mas que me ajuda nas contas de casa, e nao tenho vergonha de fazer Bijuterias...

E perguntam voces, "e tens vida"? Claro que tenho, saio no minimo 1x a 2x por semana nem que seja para ir ao Cinema ou comer a algum lado com amigos ou com a namorada.

Se tenho uma vida dificil e durmo 5h por dia, sim tenho, mas se nao fizer isso agora, vou fazer quando? Quando tiver 60 anos?..

O que quero dizer com isto, é que quanto mais voces forem exigentes com voces mesmos, daqui a uns anos isso torna-se um hábito e voces nem dão conta do trabalho que estão a fazer..

My 5 cents.. ;)



Parabens pelo teu percurso, espectacular e de louvar! :)

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 15 de Abril de 2015, 10:28
@david sem stress, e desculpa se te ofendi, mas qdo me dirijo a ti, ao sena ou demais colegas mais conhecidos, suponho que ha um à vontade maior em me expressar um pouco mais e sem que me levem a mal  ::)


Tahs desculpado :)
O que vale eh q ja fomos prohs copos juntos e jah sabemos os segredos um do outro.

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 15 de Abril de 2015, 10:53
Por falar em sociedade  ::) , já se realizou algum encontro nacional aqui com a malta do fórum?  :)

Foi feito um encontro no verao de 2012 onde foram chamadas algumas pessoas para trabalhar na organizacao de um encontro Nacional, mas na altura acabaram por lah estar eu, o NJAY e o TIGPT. O que vale eh q o almoco era bom :)

Depois ficou em aguas de bacalhau pois a vida meteu-se pelo meio, uns com filhos e outros emigraram. :)

Agora provavelmente poderah ser uma boa altura p organizar isso. Ha voluntarios ?
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 15 de Abril de 2015, 11:21
Elá, esse encontro não tive conhecimento, lembro-me de um em que também fui, o TechJA, Njay, tu claro e peço desculpa se me estou a esquecer de alguém, mas creio que não, foi para tirar dúvidas. Mas com todos já estão muito esclarecidos acabaram por não comparecer.
Almoço, não houve nenhum almoço, seus malandros :P
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 15 de Abril de 2015, 12:49
Elá, esse encontro não tive conhecimento, lembro-me de um em que também fui, o TechJA, Njay, tu claro e peço desculpa se me estou a esquecer de alguém, mas creio que não, foi para tirar dúvidas. Mas com todos já estão muito esclarecidos acabaram por não comparecer.
Almoço, não houve nenhum almoço, seus malandros :P

É mais porque Lisboa não é propriamente ao virar da esquina, e por muita curiosidade que tivesse de conhecer alguns de vós pessoalmente, fazer mais de 600km num dia para ir almoçar e dois dedos de conversa ficava algo para o caro..
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: jm_araujo em 15 de Abril de 2015, 13:10
Ao ler este tópico fez-me lembrar 2 sketchs dos Monty Python.
O dos 4 Yorkshiremen:
Monty Python - Four Yorkshiremen (http://www.youtube.com/watch?v=Xe1a1wHxTyo#)

E o fim do Dead Bishop (a parte a seguir aos 5:55):
Monty Python Live At The Hollywood Bowl - Bishop on the Landing aka Salvation Fuzz (http://www.youtube.com/watch?v=bAs1_FxTyFs#)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 15 de Abril de 2015, 13:18
Mas agora, em resposta ao StarRider, existe sempre a hipotese de pagares a alguem para te fazer o trabalho a pensar que se passa, mas depois quando vai á defesa da nota do projecto enterra-se de tal maneira que chumba logo (já tive conhecimento de casos desses) mas isto é pessoal que entra em formações/cursos só por que sim e que por vezes não gosta da área mas como foi naquela que conseguiu entrar pronto tem que se desenrascar.

Isso já concordo,
fui um pouco ligeiro quando defendi o pedido de ajuda para a PAP, tem aparecido imensa gente a pedir isso, têm aquela ideia do que querem mas não o sabem como fazer. Então quando se trata de um trabalho de licenciatura fico sempre com um pé atrás da forma como o conhecimento está a ser transmitido ao ponto de não se saber o mínimo para  elaborar uma coisa simples, é apenas isso que pedem, que cada grupo construa algo bem descriminado e com sentido.

Daí discordar como estes estudantes são abordados neste fórum, podemos dar uma ajuda sim, mas de forma construtiva e não como tem sido feito em que só desfavorece a imagem deste mesmo fórum.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Sérgio_Sena em 16 de Abril de 2015, 11:10
Elá, esse encontro não tive conhecimento, lembro-me de um em que também fui, o TechJA, Njay, tu claro e peço desculpa se me estou a esquecer de alguém, mas creio que não, foi para tirar dúvidas. Mas com todos já estão muito esclarecidos acabaram por não comparecer.
Almoço, não houve nenhum almoço, seus malandros :P


Tens razao sim sr...  foi ateh o NJAY que controlou a organizacao, e foi no Parque da Quinta das Conchas, Lumiar, Lisboa.

Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 16 de Abril de 2015, 16:11
Agora provavelmente poderah ser uma boa altura p organizar isso. Ha voluntarios ?

Claro que há voluntários, mas desta vez vou convidar umas amigas para este evento de nome "A sociedade!" se por acaso me esquecer de te convidar ou ao Njay, peço imensa desculpa, tenho andado bastante esquecido ultimamente...   ::)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 16 de Abril de 2015, 19:53
olhem o off-topic! :D
Pelo que tenho reparado existem exactamente 4.605 mensagens off-topic, a maior parte delas nem são respondidas... porquê, porque de nada contribuem para os assuntos em questão.

Njay, componentes.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: TigPT em 17 de Abril de 2015, 18:46
BUMP  :D
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Njay em 17 de Abril de 2015, 18:53
Njay, componentes.
LOL!...
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: senso em 17 de Abril de 2015, 22:13
Inside jokes, yay.
Anseio pela entrada do Godwin na conversa.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 18 de Abril de 2015, 00:10
Não sei onde foste buscar a ideia que não se podem desenterrar tópicos antigos, apenas recebes um alerta mas nada te impede de continuar o tópico (a não ser que seja trancado).
Tenho por aqui um tópico à 2 anos e continua em aberto, mesmo depois de me avisar dei continuação a ele.

Concordo contigo numa coisa, há demasiada palha por estes lados... davam jeito os burros que o @StarRider colocou aqui, entretanto foram dar uma volta e desapareceram.

Porque será que o tópico foi iniciado por ti, será que foi porque a conversa mudou de assunto e deixou de ter sentido o que estava a ser discutido...hummm dá que pensar  ???

"During the quest, Godwin will sometimes leave after finishing a conversation. To get him to reappear, take the stairs to another floor and return."


Na realidade @senso, foi uma frase que coloquei aqui but some regrets makes me to delete entretanto o @njay ainda apanhou  ;D
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: TigPT em 21 de Abril de 2015, 12:19
No final de contas, a Sociedade mostra o seu lado mais cru quando as pessoas aqui presentes não sabem discutir de forma correcta e manter a sua palavra. Em vez disso alteram os seus posts de forma a que a conversa perca todo o sentido para quem vá ler o mesmo agora.

Como tal e de hoje em diante, passou a existir um limite máximo de 15min para edição de um post evitando que futuramente esta situação volte a ocorrer.

Só tenho a lamentar a todos os membros que participaram neste tópico e aos membros e visitantes que vierem a ler o mesmo que alguns membros tenham tido a possibilidade de alterar os seus posts.

Cumprimentos Robotianos,
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dvdt em 21 de Abril de 2015, 12:25
Essa alteração é boa e é má pois em certos tipos de tópicos a edição evita muito o multipost quando uma pessoa se lembrou de outra coisinha a perguntar ou quando antes de terem respondido ja resolveu um dos problemas e pode marcar que ja solucionou esse problema.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: TigPT em 21 de Abril de 2015, 12:27
É verdade. Assim ficam os 15min de margem para esses casos, e caso seja necessária uma edição a algo mais antigo, os administradores podem continuar a faze-lo. (ex, fundir double posting, colocar uma nota ou link no inicio da thread o outros casos.)
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: metRo_ em 21 de Abril de 2015, 12:36
Acho que na maioria dos casos as pessoas ganhavam mais em poder actualizar os posts, anteriormente havia essa regra dos 15minutos e depois passamos para sempre e acho que não deveria ser por causa de um caso isolado que se deveria mudar novamente.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Njay em 21 de Abril de 2015, 12:42
Como tal e de hoje em diante, passou a existir um limite máximo de 15min para edição de um post evitando que futuramente esta situação volte a ocorrer.
Não me apercebi de alterações significativas de posts (talvez eu tenha lido os originais), mas espero que repenses essa decisão, até porque este tipo de casos é uma percentagem minúscula e acho que se perde mais do que se ganha. Para mim a edição completamente livre de posts é absolutamente fundamental para manter a casa arrumada. Até hoje só conhecia um fórum onde este tipo de restrição foi implementada, e é um fórum que evito; lá já discuti este assunto até à exaustão, e não quero voltar a essas discussões aqui também. Se o lusorobotica passar a funcionar assim também, vou restringir amplamente a minha participação. Não sei se há para este fórum, mas há plug-ins que mantêm o histórico de edição, que é uma solução quase perfeita.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: TigPT em 21 de Abril de 2015, 12:45
Vou verificar de formas de fazer logs das edições para permitir rollbacks em casos que seja necessário evitando a restrição.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: dropes em 21 de Abril de 2015, 14:31
Já fiz imensas vezes alterações de posts meus aqui, simplesmente porque fico a pensar no que escrevi que não foi o mais correcto, e detesto dar informações erradas ou confusas. Além de evitar os duplos posts.

Prezo de quem vai ler que entenda e que discorde se for o caso, assim não vou alterar o post anterior mas simplesmente estudar o caso e responder, desta forma não distorço o desenrolar da conversa.

Se for ver o post que apaguei relativo a uma brincadeira, apenas o fiz porque achei estar a entrar de forma abusiva em que não contribuiria em nada para o assunto em questão.

Este tópico tem sido muito útil para se debater assuntos externos e internos, não começou da melhor forma e devia ser movido para assuntos "off-topic", quanto aos 15 min. discordo assim como os posts colocados de forma desordeira em que tenho de ler várias vezes para tentar compreender o que foi escrito.
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Hugu em 21 de Abril de 2015, 18:18
No final de contas, a Sociedade mostra o seu lado mais cru quando as pessoas aqui presentes não sabem discutir de forma correcta e manter a sua palavra. Em vez disso alteram os seus posts de forma a que a conversa perca todo o sentido para quem vá ler o mesmo agora.

Como tal e de hoje em diante, passou a existir um limite máximo de 15min para edição de um post evitando que futuramente esta situação volte a ocorrer.

Só tenho a lamentar a todos os membros que participaram neste tópico e aos membros e visitantes que vierem a ler o mesmo que alguns membros tenham tido a possibilidade de alterar os seus posts.

Cumprimentos Robotianos,
fui eu que apaguei os meus post porque senti-me "violado" :P e co tb n é um topico fundamental para o conteudo do forum nem para futuras consultas e discussoes (so se tratou dum topico espontaneo pra desabafos da hora), e co me senti mal interpretado ou que mais alguem sentisse ofendido, apaguei e pronto. Pra quem tava a discutir, viu, leu e respondeu e continuou..pra quem simplesmente n estava a seguir a discussao, nem vale a pena perder tempo com o topico, ja que a maioria queria apagar o topico mal a taberna fechasse as portas!
Nao foi por maldade ou pra causar o caos!
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Njay em 21 de Abril de 2015, 18:23
Tchhhh, óh Hugu, tinhas que ser tu pá! Agora pa te redimires acho que devias organizar aí um concursozito e oferecer qualquer coisa  ;D  ;D
Título: Re: A sociedade!
Enviado por: Hugu em 21 de Abril de 2015, 18:30
Tchhhh, óh Hugu, tinhas que ser tu pá! Agora pa te redimires acho que devias organizar aí um concursozito e oferecer qualquer coisa  ;D  ;D
por acaso estou a sortear um Raspberry Pi A+.... interessados consultem aqui (http://www.g7electronica.com/forum/thread-2352.html) para saber pormenores