LusoRobótica - Robótica em Português

Discussão Geral => Off-topic => Tópico iniciado por: almamater em 21 de Março de 2020, 21:02

Título: Covid-19
Enviado por: almamater em 21 de Março de 2020, 21:02
Olá a todos. Resolvi abrir este tópico para perguntar o que a comunidade aqui do fórum anda a fazer nestes dias.. quem sabe trocarmos ideias\dicas sobre o assunto.

Estou desde o dia 13 em teletrabalho, não tenho saído de casa a não ser para ir levar o lixo e fui 1 vez às compras. Nas ruas não se vê muita gente, apenas os que ainda trabalham e os que, de alguma forma, estão mais despreocupados com isto.

Confesso que nunca pensei que chegasse a este ponto, sempre achei que seria uma gripe, mas depressa mudei de ideias. Parece que estamos mesmo em guerra  :-\

Por enquanto ainda tenho gel para as mãos, sabão e máscara (se for necessário). No entanto, fiz uma desinfetante 'caseiro' à base de Álcool isopropílico (mistura de 60% + água), meti num frasquinho vaporizador e de vez em quando ando a desinfetar os botões  e porta do prédio, chaves, sapatos.. etc.  Uns dizem que os desinfetantes caseiros não são eficazes mas alguma coisa há-de fazer, digo eu.

Espero que consigamos ultrapassar isto o mais breve possível! 
Título: Re: Covid-19
Enviado por: SerraCabo em 22 de Março de 2020, 12:16
Boa ideia.

Estou em casa e também a fazer um trabalho para o 'batente'.

Tenho a sorte de ter uma mercearia ao virar da esquina e de se manter aberta. De qualquer forma, quando há 1 mês comecei a ouvir a cantiga, comecei a comprar mais que o habitual, especialmente coisas que se aguentassem.

Não me recordo de um caso destes embora tenha passado por um recolher obrigatório (Lisboa) nos anos do PREC. O outro caso bicudo, natural, que resultou em pânico concentrado, foi o sismo de 67. Foi manhoso, teria eu 10 anos. Outro caso igualmente manhoso foi um acidente num Antonov A12 em Angola. Neste caso não houve tempo para pânico, apenas me enrolei em ovo. Logo a seguir apareceu um militar das FAPLA a exigir que lhe desse 100 dólares argumentando com a Kalasnikov. Fui salvo por um camarada dele que ainda não estava bêbedo. Enfim, o avião 'só' não ardeu. Resulado, para além de 1 morto, fiquei cheio de queimaduras provocadas pela abrasão da roupa por causa de ter andado a 'voar' dentro do (mais parecia um) submarino, e levei 4 pontos na mona. Não sabia que se podia ficar assim com queimaduras.

Não tenho problema em estar sozinho (a minha mulher está no Norte) desde que não esteja doente. Fui criado mais ou menos assim. Coisas da vida.

Uso álcool isopropílico, limpa vidros (não abusem na pele porque ao fim de uns tempos causa irritação), luvas e não consigo encontrar uma caixa cheia de máscaras que deve estar algures, bem arrumada.

Resolvi ontem oferecer um projectozeco aqui à malta. Está quase acabado.

Abraço a todos,
SC
Título: Re: Covid-19
Enviado por: vasco em 22 de Março de 2020, 12:45
A mim o álcool isopropilico puro dá-me cabo da pele das mãos. Tenho que experimentar diluir. O álcool isopropilico não é venenoso como o metanol, pois não ?

Já saí várias vezes para ir ao supermercado. Não vi descrito em lado nenhum mas lavo as frutas com 2 colheres de chá de lixívia em 3 litros de agua por 1 minuto. Depois lavar com agua, funciona bem para as laranjas, se gostam de comer maçã com casca talvez tenha impacto no sabor, não testei.
Era o procedimento standard para os vegetais antes do conceito da alface pré-lavada...
Quando saio do carro ponho mascara e luvas, quando volto ao carro a mascara e as luvas vão para dentro de um saco do coco do cão e para o contentor do lixo quando chego a casa. A mascara é porque posso estar infetado, e as luvas é porque os outros não usam mascara e não me parece que os super-mercados andem muito preocupados a desinfetar as coisas. Sapatos ficam foram da porta, juntamente com o casaco externo, a roupa externa vai para a maquina e eu para o chuveiro. Mais ninguém sai de casa.

Saí 1 vez para fazer um bocado de exercício, porque estou a recuperar peso à força toda, andei uns 2 Km aqui pelas redondezas (S. D. Rana), não precisei de evitar ninguém, acho que vi umas 4 pessoas e outros tantos carros. Mas não compensa causa-me mais stress por estar a sair sem ser mesmo necessário. Também se "ouve" muito o silêncio, não moro num sitio com muito ruído de fundo mas nota-se a diferença.

Apesar de já ter 54 anos é a primeira vez que estou a passar por uma situação mais complicada, sem duvida que daqui para a frente vou manter um stock de algumas coisa.
PAPEL HIGIENICO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  8) 8) 8) Que panca!!!
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 22 de Março de 2020, 13:53
Eu estou a trabalhar ha cerca de um ano em casa, freelancer e trabalho remoto, por isso esta a ter muito pouco impacto.
Estar 3..4..5 dias em casa seguidos e' habitual para mim.
O estranho e' depois pensar "hoje vou dar um passeio" e vir `a ideia que nao pode ser porque existem estas limitacoes.

A minha sugestao para quem isto esta a ser diferente e' que aproveitem!
Vao haver coisas boas e outras menos boas para quem esta em trabalho remoto, mas vai ser uma oportunidade para conhecer outras realidades e quem sabe futuramente as coisas, relativamente aos regimes laborais, serem mais flexiveis.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 22 de Março de 2020, 14:08
Outro caso igualmente manhoso foi um acidente num Antonov A12 em Angola.
Enfim, o avião 'só' não ardeu. Resulado, para além de 1 morto, fiquei cheio de queimaduras provocadas pela abrasão da roupa por causa de ter andado a 'voar' dentro do (mais parecia um) submarino

 :o Qual foi em concreto o tipo de acidente? Soa-me que foi algum problema instabilidade na aterragem?
Soubeste qual foram as causas?

Nao percebi, dizes que queimaduras foram da friccao da roupa com o corpo por causa da cambalhotas?


O álcool isopropilico não é venenoso como o metanol, pois não ?

quando volto ao carro a mascara e as luvas vão para dentro de um saco do coco do cão e para o contentor do lixo quando chego a casa.

Isopropilico, tenho ideia de que convem nao respirar.. causa dores cabeca e tonturas.

Mascara para o lixo, entao estas a estragar uma sempre que sais  ??? Deve haver uma maneira segura de desinfectar. Ideias: lavar a 60graus (como recomendam para eliminar o virus da roupa), passar alcool, lexivia, meter ao sol, ultra-violeta.
Mesmo para as luvas.

De qualquer maneira a DGS nao recomenda o uso de mascara por causa disso mesmo: vai-se sujar e apanhar virus.
A mascara e' sobretudo importante para quem esta' infectado nao espalhar goticulas.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: vasco em 22 de Março de 2020, 14:47
Citação de: KammutierSpule
Isopropilico, tenho ideia de que convem nao respirar.. causa dores cabeca e tonturas.
Mascara para o lixo, entao estas a estragar uma sempre que sais  ??? Deve haver uma maneira segura de desinfectar. Ideias: lavar a 60graus (como recomendam para eliminar o virus da roupa), passar alcool, lexivia, meter ao sol, ultra-violeta.
Mesmo para as luvas.
De qualquer maneira a DGS nao recomenda o uso de mascara por causa disso mesmo: vai-se sujar e apanhar virus.
A mascara e' sobretudo importante para quem esta' infectado nao espalhar goticulas.

Não dá para limpar a mascara é usar e deitar fora ASAP, tenho uma caixa cheia que comprei para outros fins, é o que uso quando corto um bocado do PCB com o drenel (essas uso e reuso, evidentemente). A gastar umas 2 ou 3 por semana espero que tenha que chegue...
Não tenho sintomas mas tb não tenho nenhuma maneira de garantir que não sou portador, portanto acho que toda a gente que vai a um local publico devia usar mascara. Não como proteção para eles mas sim para os outros. Se o super mercado tivesse desinfetante de mãos à saída dispensava as luvas, mas não têm. Acho que vou diluir IPA e por um vaporizador no carro, para quando se acabarem as luvas.
Não consigo é perceber a necessidade de ir um casal com dois ou três filhos para o supermercado, não podia 1 dos dois ficar em casa com os gaiatos ?

Uso bastante o teletrabalho, já fiquei 1 vez um mês inteiro, quando a minha mulher foi operada ao apêndice e também outro tanto quando eu tive um enfarto. Como no meu caso faz zero de diferença estar de casa ou estar no escritório, por aí não há problema.
Até ver o cisco webex está a portar-se bem para as reuniões.

Não é altura de mandar vir coisas da China, mas quando as coisas voltarem ao normal uma ideia pode ser mandar vir umas lâmpadas de UV-C e montar algumas em sítios estratégicos da casa, cozinha e WC por exemplo. Como sabem o UV-C tem acção germicida e é perigoso como tudo para os olhos pelo que será necessário garantir que se desligam sozinhas, só se ligam com a porta fechada, etc... Já tou a pensar no projeto... :-D
O que me chateia sempre nestas coisas é depois não ter muitas condições de avaliar a qualidade do serviço, não precisam de me dizer que a sensação de falsa segurança é perigosa, sempre tive essa opinião.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: dropes em 22 de Março de 2020, 14:49
Apesar de já ter 54 anos é a primeira vez que estou a passar por uma situação mais complicada, sem duvida que daqui para a frente vou manter um stock de algumas coisa.
PAPEL HIGIENICO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  8) 8) 8) Que panca!!!
S. D. Rana... saudades desse sítio, morei lá por +-10 anos, adoro.

Já que veio aqui para o assunto a questão do papel higiénico lol
Pelo que pesquisei na net, trata-se apenas de uma questão de higiene em que ninguém consegue viver sem ele, a ausência desse bem é assustador.
Falando-se de guerra ao barulho, lembro-me de estar num quartel em Sta Margarida, a comida era horrível e um dia serviram bacalhau à Brás, infelizmente alguns ovos estavam estragados e fomos cerca de 200 militares para a enfermaria ali na 1ªBMI, alguns para Lisboa em estado mais grave (foi noticiado na tv).

Não sei se sabem, mas aquelas "camas" são apenas uma estrutura em metal com um colchão em cima.
As casas de banho não têm porta (mas isso é o menos) agora papel higiénico... pois, então para a ocorrência de 200 pessoas.
1ª vez um restinho de papel ainda deu, 2ª vez o cartão também serve de papel, certo, 3ª vez lá se foram a cuecas e a partir daí não à nada mesmo.
Nauseabundo e a acordar todo molhado, virei o colchão ao contrário e tirei as divisas, acho bastante humilhante estar naquela situação e ainda considerar-me um graduado do exército, não dessa forma.

A mascara e' sobretudo importante para quem esta' infectado nao espalhar goticulas.
Acredito que seja esse o propósito das mascaras, a não ser que se faça atendimento ao público e é melhor estar protegido.

Daqui só fui uma vez ao hospital e outra à farmácia, com uma única farmacêutica pela escotilha sempre a desinfectar tudo onde se tocava, além da imensa fila.

Tenho andado a programar em assembly, passear o boby, nada de especial   ;)

Título: Re: Covid-19
Enviado por: SerraCabo em 22 de Março de 2020, 15:38
Citar
Soubeste qual foram as causas?

Eu comecei a desconfiar da coisa quando os pilotos entraram no cockpit com uma garrafa de vodka debaixo do braço. Depois, deitaram as unhas a um painel de interruptores e ligaram tudo à molhada.

O avião tinha pinta e estava podre. A subida faz-se penosamente, subindo muito lentamente e a descida da mesma forma. Quando um avião tem um ângulo de descida muito baixo corre o risco de aterrar muito à frente na pista ou antes dela ... foi o caso. Houve um gigantesco estrondo porque o início da pista (em degrau) barbeou o trem de aterragem e a partir daí foi o caos. Saiu lateralmente da pista, perdeu motores contra os barrancos e as tubagens de alimentação aos motores ficaram a derramar combustível. A carga foi projectada contra o compartimento onde estávamos (entre o cockpit e a carga) e vergou a parece de separação. Fomos obrigados a sair por uma janela do cockpit sobre uma vala ... salto de 3m.

A abrasão (como eles lhes chamavam) foi provocada pelo atrito do corpo (e da roupa) a resvalar violentamente contra as paredes do habitáculo (ia sentado num banco de cozinha). Não é queimadura grave, apenas desagradável. Por causa do lenho na mona devei 2g de penicilina em 24H. Claro que voei logo no dia seguinte de volta a Luanda, mas num bi-motor tipo King Air fretado só para os feridos. Nesse voo inchou um pé que parecia um melão, no dia seguinte fechou um olho e logo que esse começou a melhorar fechou o outro .... coisa pouca.  15 dias depois fiz mais 2 voos para acabar o trabalho, só depois voltei a Lisboa.

Tenham cuidado com as borrifadelas de álcool etílico porque arde bem. O isopropílico arde mas mal. Suponho de diluídos não ardem.

SC
Título: Re: Covid-19
Enviado por: SerraCabo em 22 de Março de 2020, 20:52
https://www.youtube.com/watch?v=YRz280_-cYo
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 22 de Março de 2020, 23:26
Eu tenho estado em casa, a fazer o que me dá na mona (basicamente nada).
Há por aí na net várias receitas para desinfectante, foi o que fiz, com uma pequena alteração para render mais, já que tenho pouco álcool e não consigo encontrar (também não ando por aí à procura). Coloquei num vaporizador de bolso que uso quando vou às compras. A minha receita é

Percentagens por volume:
74% álcool etílico 96%v/v (o "normal")
18% água destilada
 5% água oxigenada 3%
 3% glicerina liquida

A glicerina serve para não deixar o álcool desidratar as mãos (funciona mto bem... não ponham mais que uns 5% senão deixa gordura). 74% de álcool 96 acaba em cerca de 71% na mistura final; os americanos dizem que é preciso pelo menos 60% para ser eficaz, os europeus dizem 70%, informação por aí diz que o melhor é 70% pois é preciso alguma água para o álcool entrar mais facilmente na superfície dos patogenos.

ACTUALIZAÇÃO: Fica aqui também o guia detalhado da OMS para fabrico local deste tipo de desinfectante:
https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf (https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf)


Entretanto lembrei-me duma garrafa de água-pé (ou jeropiga, sei lá, sei que é aquilo que se bebe no S.Martinho com as castanhas) que o meu Pai fez e me deu há uns anos. Eu não bebo, embora admita que aquilo até tem um cheirinho agradável e só ainda não provei porque só o cheiro do álcool estraga tudo, então lembrei-me de experimentar destilar aquilo. Não tenho material nenhum apropriado para isso. Comecei por fazer fraccionamento por congelação, só que tem limites na concentração de álcool do resultado e é baixa. Depois fiz umas experiências com destilação por evaporação que falharam, mas permitiram-me perceber as nuances da coisa. Quando me apetecer vou ver se transformo umas latas de coca cola num alambique e volto a tentar. Se eu aparecer por aqui a escrever umas coisas estranhas, já sabem que tive sucesso :D

Precisava de um conta-gotas para dosear... fiz um fechando uma das extremidades de uma palhinha de plástico.
Precisava de um recipiente graduado... peguei em 2 pequenos frascos e uma balança, meti água destilada para fazer 10g (=10ml) , 20g ( = 20ml) etc e fui marcando com uma caneta "de acetato".
Precisava de medir a percentagem de álcool no resultado... como a água pesa 1g/mL e o álcool ~0.78g/mL, pensei pesar 40mL do resultado do fraccionamento por congelação, a cerca de 20 - 25ºC; e pesei só que pesa mais 2g que 40mL de água destilada :D! A bebida espirituosa deve ter muitas impurezas que aumentam o peso. A minha balança também é um bocado tosca para medir estas coisas, tem resolução de 1g em 5Kg (balança digital de cozinha), mas não deve ser culpa da balança.

Há 2 videos interessantes do Tech Ingredients sobre estas temáticas do ponto de vista de engenharia.

Enfim, dias divertidos :D
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 23 de Março de 2020, 03:07
viva

eu estou em casa desde dia 19, podia até fazer teletrabalho, mas é dificil ensinar burro velho...

no entanto o que não me falta são coisas para fazer, começando por a minha oficina de eletrónica que estou para montar desde Agosto passado, só que com um tipo de 4 meses em casa, que ainda não o consigo colocar meter-lhe o bixinho da eletrónica o tempo em casa é sempre pouco para tudo (prioridades)...

Quanto a abastecimento, sou aquele tipo que vai no inicio do mês às compras e trás quase tudo... e ainda testo os carros... só me tem agora falhado, porque ainda tenho a carta de Pai à pouco tempo...

Entendo-me bem em casa, como é uma moradia com terreno, o que eu comprei não foi uma casa, foi uma renda financeira e muito trabalho.

Relativamente à situação atual, acho tudo muito estralho, leio, leio, leio, e quando junto todas as peças dos puzze, dá-me sempre o resultado de um esquema feito por "bichos" dos grandes, que pretendem limpar o mundo da merda em que se estava a meter, dizimando também a sociedade que trabalho a vida toda para eles, e que agora lhes gasta dinheiro.
Não percebo de medicina, mas se temos um virus com estrutura fixa (não gera mutações), com o ADN e mRNA conhecidos, com o foco de acção bem definido, que são os brônquios, o que falta mesmo para fazer a chave para travar isto? na nossa area penso que um uma CNC fatela fazia o anticorpo para o tipo... Mas mais uma vez, eu não percebo nada de medicina e sempre detestei quimica, embora não acho que seja estupido...

PS: imagino que a situação do "SerraCabo" e do "dropes", não tenha sido facil, mas ainda me fez mandar aqui umas gargalhadas às 3h da manhã...

Cuidem-se
Título: Re: Covid-19
Enviado por: SerraCabo em 23 de Março de 2020, 10:27
Acabei de me lembrar que tinha álcool isopropílico guardado no frigorífico morto que está na rua. Guardo-o lá para atenuar o factor de risco de incêndio na oficina.

E uma barra inteira de sabão azul-e-branco. Quem dá mais? :)

Ainda não sei onde meti a caixa de máscaras 0.95.

(https://lusorobotica.com/index.php?action=dlattach;topic=9648.0;attach=4811)

SC
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 24 de Março de 2020, 00:12
isso nos dias de hoje vale mais que o ouro...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 24 de Março de 2020, 03:46
isso nos dias de hoje vale mais que o ouro...

Shhh, não dês ideias ;D
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Alfredo Garcia em 25 de Março de 2020, 15:56
Apesar de já ter 54 anos é a primeira vez que estou a passar por uma situação mais complicada, sem duvida que daqui para a frente vou manter um stock de algumas coisa.
PAPEL HIGIENICO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  8) 8) 8) Que panca!!!
S. D. Rana... saudades desse sítio, morei lá por +-10 anos, adoro.

Já que veio aqui para o assunto a questão do papel higiénico lol
Pelo que pesquisei na net, trata-se apenas de uma questão de higiene em que ninguém consegue viver sem ele, a ausência desse bem é assustador.


O papel higiénico é um habito, trabalho nas obras e temos muitos muçulmanos trabalhando nelas, eles pelo menos a maioria parece não utilizar papel, nas casas de banho das obras costuma-se ver muitas garrafas de agua espalhadas e segundo o que consta é para se lavarem.
 
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 28 de Março de 2020, 23:15
Aproveitando este tópico e já que estamos todos a viver esta situação e que tal a elaboração de um projcto?

Eu tenho na familia pessoas de idade e uma com problemas respiratórios graves, desta forma e face ao problema de falta de equipamentos para todos, tenho de à uns dias para cá a ler diversos artigos cientificos, sobre "curas/diminuição" de complicações respiratórias face a este novo virus.

Um dos estudos, era americano, onde afirmava, que termos as vias respiratórias em boas condições, antes ou durante a infecção diminuia o "ataque" tão severo desse bicho invisivel.

posto isto, temos uns equipamentos que são os nebulizadores, que são em alguns paises já utilizados, numa primeira fase da infecção, tendo até evitando a necessidade da utilização de ventiladores invasivos.

a minha opinião, apesar de fazer sentido, pensando engenheiramente no processo, ainda não ha casos de amostragem que permitam dar pareceres concretos, mas por o preço desses equipamentos, menos de 100€, penso que até se podia ter em casa, visto que máscaras não há  >:(

agora a parte de projecto...

imaginemos que pegamos numa garrafa de oxigénio e com um update a esses nebulizadores, em vez que ar do nosso ambiente conseguimos de forma controlada colocar na entrada esses oxigénio, ficariamos basicamente com um sistema de ventilador não invasivo caseiro.

a minha questão e a qual ainda não encontrei respostas é, como conseguir controlar a quantidade de oxigénio que é colocada no equipamento, visto ser conveniente o nosso corpo ter acima de 88% de O2.

será necessário um medidor de colocar no dedo, e saber como é que dai tiramos a informação de O2, um micro controlador e uma eletrovalvula na saida da garrafa..

em teoria até nem parece dificil... o que acham?

Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 28 de Março de 2020, 23:58
Oxigenação sanguinea NÃO É volume de oxigénio inspirado..

Brincar com oxigénio puro é má ideia, péssima até, porque oxigénio puro causa efeitos adversos no nosso corpo, nem sequer o pessoal de mergulho respira só oxigénio..

Nebulizadores, como indica o nome serve para nebulizar, ou seja, para pegar num liquido(medicamento) e transformar o mesmo numa neblina(um aerosol portanto) para que esse medicamento seja colocado diretamente nos pulmões para que o seu efeito seja mais rápido por estar a ser aplicado de forma directa.

Um nebulizador é uma pseudo máscara que injeta o medicamento, não é um sistema selado, muito menos será apropriado para chanatar uma injeção de oxigénio puro através de um.
Por exemplo:
https://www.worten.pt/beleza-saude-e-bebe/bebe/saude-do-bebe/nebulizador-laica-ne3001-MRKEAN-8013240200040

Se queres uma invenção caseira, tens sistemas SCUBA re-circulatórios, em que respiras sempre o mesmo volume de gás, mas o CO2 é removido e é injectado oxigénio á medida que é necessário, mas um sistema comercial são 3 mil € para cima, um caseiro, não é lá muito recomendado.

Podes sempre ir buscar botijas de trimix a uma loja de mergulho, só que não estou a ver uma pessoa mais velha a achar muito engraçado usar 20Kg de parafernália no dia a dia e andar a trocar botijas para ter um loop fechado de respiração.

Aplicar quarentena é no fim do dia a solução mais prática.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 29 de Março de 2020, 00:08
foi só uma ideia... eu tb estou de quarentena e respeito isso... no entanto pessoas com problemas continuam a ser obrigadas a ir trabalhar e a estar com outras pessoas que quem sabe até poderá ser uma daquelas que ainda hora andaram a passarinhar na ponte 25 de Abril...

é fdd estar em casa de mãos e pés atados, relativamente a este assunto, a ver todo isto...

eu tenho sempre fé que ás vezes de conversas de café nascem grandes ideias... embora agr o café só mesmo da máquina aqui de casa e a esplanada a secretária do PC...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 29 de Março de 2020, 02:05
Lá porque o ventilador não-invasivo não parece viável, não quer dizer que não haja muito espaço para boas ideias noutras áreas de aplicação, directa ou indirectamente relacionadas com a problemática do COVID...  ;)

foi só uma ideia... eu tb estou de quarentena e respeito isso... no entanto pessoas com problemas continuam a ser obrigadas a ir trabalhar e a estar com outras pessoas que quem sabe até poderá ser uma daquelas que ainda hora andaram a passarinhar na ponte 25 de Abril...

é fdd estar em casa de mãos e pés atados, relativamente a este assunto, a ver todo isto...

eu tenho sempre fé que ás vezes de conversas de café nascem grandes ideias... embora agr o café só mesmo da máquina aqui de casa e a esplanada a secretária do PC...
.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Alfredo Garcia em 29 de Março de 2020, 02:30
A ideia que tinha é que a necessidade do ventilador fosse ajudar a respirar pondo a mascara com uma pressão ligeiramente mais alta que a atmosférica com ar tratado, nalguns casos com e outros sem oxigeno, mas limpo e com humidade controlada.

Uma empresa espanhola está utilizando mascaras de mergulho da declathon para fazer ventiladores não invasivos.
Edit. afinal é uma empresa italiana.

https://observador.pt/2020/03/24/empresa-cria-ventiladores-a-partir-das-mascaras-de-mergulho-da-decathlon/ (https://observador.pt/2020/03/24/empresa-cria-ventiladores-a-partir-das-mascaras-de-mergulho-da-decathlon/)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 29 de Março de 2020, 02:56
https://intubationbox.com/ (https://intubationbox.com/)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Alfredo Garcia em 29 de Março de 2020, 03:03
https://intubationbox.com/ (https://intubationbox.com/)

Essa caixa parece ser apenas para a manutenção ao doente protegendo os técnicos de saúde.

 Tradução google; "A caixa de intubação funciona sentada sobre a cabeça e os ombros de um paciente enquanto eles são intubados por um profissional. A caixa atua como um escudo protetor entre o paciente e a equipe médica, minimizando a exposição da equipe médica ao coronavírus (COVID-19)."
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 29 de Março de 2020, 03:47
https://intubationbox.com/ (https://intubationbox.com/)

Essa caixa parece ser apenas para a manutenção ao doente protegendo os técnicos de saúde.
(...)

Sim, é mesmo isso.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 29 de Março de 2020, 11:17
A ideia que tinha é que a necessidade do ventilador fosse ajudar a respirar pondo a mascara com uma pressão ligeiramente mais alta que a atmosférica com ar tratado, nalguns casos com e outros sem oxigeno, mas limpo e com humidade controlada.

Uma empresa espanhola está utilizando mascaras de mergulho da declathon para fazer ventiladores não invasivos.
Edit. afinal é uma empresa italiana.

https://observador.pt/2020/03/24/empresa-cria-ventiladores-a-partir-das-mascaras-de-mergulho-da-decathlon/ (https://observador.pt/2020/03/24/empresa-cria-ventiladores-a-partir-das-mascaras-de-mergulho-da-decathlon/)

Certo, são máscaras scuba, seladas portanto que permitem que consigas garantir o que entra e o que sai.

Não disse que é tudo más ideias, mas á coisas que é um bocado como o torpedo falhado do Musk, todos a atirar ideias para o ar para ver o que cola sem perderem sequer 5 minutos a entender o que é que um ventilador faz, não estou a dizer que é o teu caso, mas a quantidade de braços/cames a apertar sacos de reanimação a dizer que são ventiladores pela internet fora já enjoa, não são de todo a mesma coisa.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 29 de Março de 2020, 14:07
entao baseado na ideia italiana aqui apresentada continua a faltar um dado, que para mim, é muito importante...

o que é que regula a quantidade/pressão de oxigénio injetada? é suporto aquela tomada que esta no esquema ser uma ligação de hospital?

tem de haver pessoas a discutir as coisas práticas para apaziguar os infetados de forma pratica e rápida face à escassez de material.

Os médicos e infermeiros de terreno, que veem nas mãos como dada pessoa reage, infelizmente pouco tempo tem para vir a debates, e esses sim faziam falta, para que se conseguisse perceber tudo o que se podia fazer para os ajudar... agora se virem que faz debates são politicos e economistas, que unicamente pensam em €€€ e não nas vidas que se estão a perder, infelizmente essas pessoas não sabem o que quer dizer a palavra ÉTICA...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: almamater em 29 de Março de 2020, 16:21
Tenho uma máscara dessas aqui, comprada na dekatlon, nunca a usei praticamente.. espero que não precise de a usar agora :\
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 30 de Março de 2020, 09:48
(...)
o que é que regula a quantidade/pressão de oxigénio injetada? é suporto aquela tomada que esta no esquema ser uma ligação de hospital? (...)

https://hackaday.com/2020/03/25/ventilators-101-what-they-do-and-how-they-work/ (https://hackaday.com/2020/03/25/ventilators-101-what-they-do-and-how-they-work/)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 30 de Março de 2020, 10:32
O guia oficial da organização mundial de saúde para fabricar desinfectante localmente:

https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf (https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: filjoa em 30 de Março de 2020, 22:16
O guia oficial da organização mundial de saúde para fabricar desinfectante localmente:

https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf (https://www.who.int/gpsc/5may/Guide_to_Local_Production.pdf)

dificil mesmo é arranjar o alcool que há tipos que o levaram todo...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 31 de Março de 2020, 11:19
Há aí outras fontes, mas fica caro :)

https://drizly.com/liquor/grain-alcohol/everclear-151-proof/p6281 (https://drizly.com/liquor/grain-alcohol/everclear-151-proof/p6281)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 31 de Março de 2020, 11:53
Ventilador OpenSource, mas parece "sério":

https://www.corovent.com/
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 31 de Março de 2020, 15:03
Não encontro source de nada desse tal open source..

Dá para ver um HMI Beckhoff num quadro inox que não é bem bem IP-69 porque tem dobradiças exteriores e um módulo de IO da Beckhoff meio ao pendurão numa mesa, agora esquemas ou programa, não vi em lado nenhum..
Título: Re: Covid-19
Enviado por: dropes em 31 de Março de 2020, 18:16
Muito suspeita aquela página, realmente o Senso tem razão numa coisa, então como querem produzir em massa quando só está reprentada uma foto muito duvidosa e completamente fora do âmbito hospitalar.

. Engineers with combined experience in industrial automation, medical devices including regulatory (not unicorns, it could be a team of people from both groups)

Ao ver melhor no site, a equipa é formada por... tbd
exactamente, tbd
https://www.corovent.com/team/

O manual rápido também o acho incógnito e nada rápido:
https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/876167/RMVS001_v3.1.pdf

Parece que foi feito tudo em cima do joelho, publicar algo, para se dizer que se fez alguma coisa para combater este surto, tem de se ter mais cuidado.

Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 31 de Março de 2020, 18:41
A versão checa do site tem mais coisas e é ligeiramente diferente mas boa questão, já enviei um email a perguntar pela source.

Isso não é o manual, Dropes.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: almamater em 01 de Abril de 2020, 23:17
Investigadores e engenheiros portugueses desenvolvem ventilador de código aberto:

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/investigadores-e-engenheiros-portugueses-desenvolvem-ventilador-de-codigo-aberto-570116
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 02 de Abril de 2020, 02:48
Proof-of-concept of a minimalist pressure-controlled emergency ventilator for COVID-19
https://arxiv.org/abs/2004.00310 (https://arxiv.org/abs/2004.00310)


Investigadores e engenheiros portugueses desenvolvem ventilador de código aberto:

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/investigadores-e-engenheiros-portugueses-desenvolvem-ventilador-de-codigo-aberto-570116
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 10 de Abril de 2020, 00:37
Estou a ver e' que este forum esta muito animado.
Temos umas 2 a 3 mensagens novas por dia nesta altura! :)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: almamater em 10 de Abril de 2020, 10:52
O pessoal anda todo ocupado.. da cama para o sofá..do sofá até à cama... e por aí fora.. :)
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 10 de Abril de 2020, 14:12
Desenvolvendo a preocupação inicial do almamater na criação deste tópico, além de ficar em casa ou, melhor dizendo, evitar contacto social, que mais poderíamos fazer aqui "enterrados" nas fileiras? Não tem que ser algo directamente relacionado com a pandemia. Acho que tudo isto também é uma oportunidade para a generalidade da população e o poder político perceberem na pele o quão estamos dependentes do estrangeiro, em particular da China, em particular no que diz respeito a "bens de primeira necessidade", da comida aos medicamentos e material de saúde. Há dias o Costa disse qualquer coisa de passagem, aquando da chegada de um avião com material de saúde vindo da China, que mostra alguma sensibilização em relação ao problema da dependência do exterior. Talvez seja uma boa oportunidade para criar ou trazer para o país a produção de bens em que neste momento estamos completamente dependentes de terceiros. Sempre fui a favor da produção nacional dos produtos essenciais, incluindo energia (*), pois ficar dependente de terceiros em alturas criticas é muito mau... ficamos bem sem consolas telemóveis e outras coisas mas sem comida medicamentos energia etc, já é uma questão de sobrevivência, e até de soberania nacional. Há problemas que nem o dinheiro resolve... e ainda por cima nós também não temos muito. Não temos dinheiro mas temos cabeça, criatividade, e liberdade de agir.

O melhor que neste momento se pode fazer já todos estamos a fazer.
A seguir podemos tentar o desenho/produção de algum equipamento que possa estar em falta. Em parte isto também já está a ser feito, dentro do possível e do conhecimento que há sobre as necessidades no terreno.
No nível seguinte temos o futuro. O que é que podemos fazer para estarmos melhor preparados para lidar com situações similares a esta. É aqui que entra a aposta na redução da dependência do exterior, desenvolvendo e produzindo nacionalmente produtos essenciais.

Ideias, comentários?...


(*) Esta é a principal razão pela qual eu não tenho gás em casa, apesar de provavelmente ficar um pouco mais barato e a casa ter instalação para gás; tenho tudo eléctrico, pois Portugal não produz gás nem outros combustíveis fósseis mas tem sol, vento e mar pa caraças.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 10 de Abril de 2020, 17:53
O que é que podemos fazer para estarmos melhor preparados para lidar com situações similares a esta. É aqui que entra a aposta na redução da dependência do exterior, desenvolvendo e produzindo nacionalmente produtos essenciais.

Na minha perspectiva nao podemos pensar nas coisas assim.
Nem teoricamente nem na pratica. Seria ate periogo, como explico mais no final.

Na pratica, algo que se quisesse fazer do genero das "coisas que se tem falado" acabam por cair numa qualquer necessidade ou dependencia em algum ponto do estrangeiro.

Tentar diminiuir ao maximo essas dependencias, seria tambem insustentavel para o pais, porque haveria coisas que se tinham que estar a sustentar que a maior parte das vezes, nao estavam a ser usadas ou rentabilizadas.
Esse arsenal, so seria usado em caso de emergencia, mas mante-lo, ficava muito caro ao povo.

Um exemplo, sao os paises (pobres ou em zonas quentes de conflito) que actualmente apostam em manter um forte dispositivo militar e no entanto nao tem nenhuma guerra. Esse esforco de manutencao vai roubar orcamento a outras areas.

Com as dificuldades economicas que temos em Portugal e os poucos recuros que temos (eg: naturais, tecnologicos, etc), estamos naturalmente dependentes de outros.

Por isso, na minha opiniao, a solucao para Portugal, esta em usufruir da Uniao Europeia. A UE tem de ser fortalecida para estarmos descansados neste tipo de cenarios.
Deste modo mais alargado com varios paises, ai sim, ja se pode pensar como diminuir as dependencias e usar melhor os recursos dos paises da uniao.

Um exemplo disto, a UE coordenou uma compra conjunta (nao interessa os moldes, que tb nao sei..) de ventiladores.
O Reino Unido, ja fora da UE?, ainda assim foi convidado a participar nessa compra conjunta, que recusou (porque tinha os seus meios para o fazer).
Neste exemplo, um pais como Portugal, fora da UE, teria muito menos forca para conseguir algo externamente.


Por outro lado e um pouco ja a sair do tema, na questao de conhecimento cientifico, devemos conseguir o maximo para nos e estar em igualdade.
Nao temos nenhuma central nuclear, mas deviamos ter pessoas com conhecimento e formacao na area.
Mas tambem aqui volta a funcionar a articulacao entre paises e UE.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 10 de Abril de 2020, 21:45
Não seria um perigo porque 1) estamos a falar de coisas essenciais e 2) a produção dessas coisas tem que ser minimamente sustentável. Se nós desenvolvermos e produzirmos, também podemos vender a outros. Se outros fazem, nós também podemos fazer.
E basta que nós, os consumidores, façamos a escolha na hora da compra. Não vamos pagar absurdamente mais por algo nacional, mas também temos a mania de "se é igual e um cêntimo mais barato..." que nos vai enterrando. Pagar menos 20% por algo é pouparmos individualmente 20% mas perdermos 80% como país.

Repare-se que pode ficar mais barato comprar, digamos uma máscara, à China. Se fosse produzida cá era mais cara. Mas também o dinheiro ficava cá; isso aumenta o dinheiro a circular cá, e portanto beneficia-nos a nós. Podemos vender cortiça ou vinho do Porto e assim compensar a importação com a exportação, mas a China pode ficar sem a cortiça ou o vinho e nós não nos podemos dar ao luxo de ficar sem a máscara...
Eu não defendo isto para tudo, muito menos sob o controle do Estado, mas para alguns produtos, acho que era essencial termos um certo grau de auto-suficiência.

Nunca seremos independentes em tudo, até porque não temos certos recursos. Mas se produzirmos coisas essenciais e também as exportarmos, temos uma "moeda" de troca forte e não ficamos à mercê de ninguém.

Quanto à UE sou a favor da sua manutenção, só que é tudo muito bonito até um partido extremista chegar ao poder em algum país, e temos visto algumas investidas recentemente. Não nos podemos fiar que vamos ter sempre uma Europa unida e compadre. E como habitual, essas coisas acontecem da noite para o dia.

Como em tudo há que haver um certo equilíbrio. Mas uma dependência tão grande como temos agora...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 10 de Abril de 2020, 22:49
Nem na comida és independente, quanto mais em máscaras..

Há muitos anos atrás, a produção de milho(grão) só chegava para cobrir o consumo de Janeiro e Fevereiro, actualmente estará ainda pior..
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Alfredo Garcia em 10 de Abril de 2020, 23:10
Sermos independentes é impossível, a solução que vejo é a resposta de algumas empresas que tiveram a capacidade de se converterem e começarem com produções que não era o habitual, deve ser por ai, considero esta situação uma guerra, e como tal as empresas e trabalhadores tem de ter a capacidade de produzir as armas necessárias, neste caso as mascaras, viseira, fatos etc.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 11 de Abril de 2020, 09:35
Mesmo considerando coisas essenciais (e o que e' essencial tambem e' politicamente discutivel), manter uma estrutura de producao pronta e em funcionamento, tem custos elevados.

Um exemplo, em Portugal existe o https://pt.wikipedia.org/wiki/Laboratório_Militar_de_Produtos_Químicos_e_Farmacêuticos
que tem o proposito, entre outros, de "aquisição, produção e distribuição de medicamentos", "Constituição de reservas estratégicas para situações de emergência"
curiosamente, a ler ai na wikipedia,
este laboratorio esteve em 2015 para ser extinguido (governo do tempo da troika), mas o governo seguinte, "decidiu modernizar o equipamento e colocá-lo a produzir medicamentos para o SNS"

Ora aqui faz entender que hajam diferentes opcoes politicas em aceitar sustentar este tipo de recursos.
Neste momento de emergencia esta a ser usado, mas quanto custa depois a manutencao desta estrutura?
Mesmo produzindo e vendendo internamente (para o SNS) ou externamente, qual e' o resultado das contas na balanca no final?

Haverao diferentes opcoes para abordar estas problematicas cada uma com um custo associado.
Noto que: a opcao de "nao ter nada", tambem tem um custo! :)

Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 11 de Abril de 2020, 10:45
A máscara foi só um exemplo, claro que comida é mais importante.

É verdade que não conseguiremos ser independentes, até porque não temos certos recursos naturais. Mas podemos ser independentes ou quase em áreas que hoje não somos. E ao mesmo tempo, a produção que nos dá essa independência, se for em excesso e for exportada, é uma moeda de troca forte, mais uma vez salvaguardando a nossa independência de bens essenciais e como nação.
Podemos falar em comida e máscaras que são coisas simples, mas também há coisas complexas das quais somos dependentes, de material hospitalar a medicamentos e energia etc etc. Estas coisas são bens de alto valor acrescentado, o que quer dizer que também há mais dinheiro a ganhar nestes produtos. Um exemplo ao lado... temos lítio, uma das maiores reservas da Europa ou do mundo. Podemos vender a concessão e vêm uns estrangeiros explorar, dão-nos uma pequena fatia. Ou podemos pegar naquilo e explorar nós, não só mantendo todo o valor da matéria prima no país como podemos logo saltar para a produção de produtos de valor acrescentado, as baterias. Teríamos muito mais a ganhar com isso, não só no produto final como em toda a estrutura para chegar a esse produto final (empregos, aquisição de conhecimento, desenvolvimento da economia => melhor vida para todos).

Um exemplo, em Portugal existe o https://pt.wikipedia.org/wiki/Laboratório_Militar_de_Produtos_Químicos_e_Farmacêuticos
que tem o proposito, entre outros, de "aquisição, produção e distribuição de medicamentos", "Constituição de reservas estratégicas para situações de emergência"
curiosamente, a ler ai na wikipedia,
este laboratorio esteve em 2015 para ser extinguido (governo do tempo da troika), mas o governo seguinte, "decidiu modernizar o equipamento e colocá-lo a produzir medicamentos para o SNS"

Ora aqui faz entender que hajam diferentes opcoes politicas em aceitar sustentar este tipo de recursos.
Neste momento de emergencia esta a ser usado, mas quanto custa depois a manutencao desta estrutura?
Mesmo produzindo e vendendo internamente (para o SNS) ou externamente, qual e' o resultado das contas na balanca no final?

Podemos apenas especular. Sem dados não se pode concluir nada, a não ser que partas do princípio que sendo gerido pelo estado... só que também não tem que ser gerido pelo estado, nem tem que haver só um. Mas a questão é quanto estaríamos a gastar na compra desses produtos ao exterior? Comprar ao exterior é enviar dinheiro para fora. Já esquecendo a questão da dependência. Uma estrutura dessas (focando na produção) bem gerida é sempre rentável, sabemos como são as margens das farmacêuticas (não estou a criticar essas margens), medicamentos precisamos sempre em qualquer situação geral (obviamente que não vai produzir todos os tipos de medicamento, mas tudo o que pudermos produzir, poupamos e reduzimos dependências).
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 11 de Abril de 2020, 19:10
Esse litio cheira-me que vai lá morrer, demasiado NIMBY em Portugal, é só arrogância com na minha terra não,mas tudo de telemóvel na mão, devem ter baterias de tijolo só pode  ::) ::)
Ou então vai ser á lá Venezuela e ficamos com meio centimo por tonelada..
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 11 de Abril de 2020, 23:31
Ou então vai ser á lá Venezuela e ficamos com meio centimo por tonelada..

 :o
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 19 de Abril de 2020, 23:07
https://observador.pt/2020/03/30/o-teste-made-in-portugal-que-as-autoridades-querem-levar-a-todos-os-lares-de-idosos-do-pais/
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 22 de Abril de 2020, 00:58
https://observador.pt/especiais/o-que-a-china-nao-fez-para-evitar-a-pandemia-o-resto-do-mundo-pode-pedir-contas-ao-regime/
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 22 de Abril de 2020, 10:58
https://observador.pt/especiais/o-que-a-china-nao-fez-para-evitar-a-pandemia-o-resto-do-mundo-pode-pedir-contas-ao-regime/

(Li o artigo)

Este está a ser um dos assutos que causa mais tristeza, porque apesar de o governo chineses poder ter os seus problemas "tipicos do regime", vejo que, e no que mais diz ao nosso respeito, têm muito mais responsabilidade os governos ocidentais e não estao a ser tao criticadas como deveriam ser.

É dificil para mim ver as acusaçoes serem apontadas ao governo chines, quando ate há tao pouco tempo (e ainda neste momento), vários governos ocidentais, já sabendo "o que isto era", insistiam e queriam optar pela "imunidade de grupo".

O governo chines ocultou informacao? Em vez de 3300 mortos afinal 4600 mortos? (Estamos ainda assim a falar nas mesmas grandezas)
Demorou a passar informaçao?

Vejamos:
Em finais de Janeiro, quando ainda só havia 213 mortos (oks, ou 300 ou 400 nao interessa.., fonte: https://www.worldometers.info/coronavirus/country/china/)
ja se sabia que estavam a contruir dois hospitais gigantes para lidar com o problema:
https://observador.pt/2020/01/30/o-video-que-permite-seguir-em-directo-como-a-china-esta-a-construir-dois-hospitais-em-dez-dias-para-tratar-o-coronavirus/

ja se tinha percebido que ia ser algo complicado de conter, se estaria a espalhar..
O governo Chines teria que ordenar/pedir/deixar fechar voos para os outros paises?

A mim seria mais importante perceber e criticar, é o que é que os outros paises estavam a fazer quando viram que no epicentro do surto tiveram que construir 2 grandes hospitais em dias.

No dia 15 Fevereiro Italia tinha 9 casos, Alemanha tinha 16 casos, Espanha 2, já a China tinha 68500 casos reportados! (fonte: worldometers.info)
Ja se sabia a curva epidemiologica na China, ja se sabia que essa curva estava a ser conseguida por medidas que estavam a tomar de confinamento para a tentar conter.

Recapitulando: 15 dias antes de a Europa ter os primeiros casos, ja sabiamos que a China tinha contruido 2 gigantes hospitais e quando apareceram os primeiros casos na Europa, a China ja ia com 68500 infetados (oficialmente).
Isto para um virus que comecou a ser reportado em finais de Dezembro.


O que é que precisavamos de saber mais?!
A China com menos de 1 mes de inicio do surto, ja a aplicar medidas de contencao bastante restritivas e a construir hospitais.
O ocidente a ver isto e com 15 dias.. a 1 mes de tempo de vantagem, que podia ter usado para preparacao, vem critiar "que ocultaram informacao" ?

E sabendo isso... os governos dos paises ocidentais, demoraram a colocar medidas de confinamento, uns a preferir a "imunidade de grupo", demoraram a preparar a resposta..

Portugal tem sido considerado um "sucesso" porque usou, e podia ou devia ter usado melhor, é aqui que acho que devemos criticar, esse tempo de "estar a ver o filme a acontecer nos outros paises... para se preparar.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 22 de Abril de 2020, 12:45
Não podiam adiar os jogos de futebol nem as feiras da moda, porque isso era só uma gripezinha que ai vinha..

Não vês jornalista nenhum em Espanha ou Itália a culpar a bola, porque é a morte deles, que na Europa é só doentes com a porra do futebol..

https://www.bangkokpost.com/world/1886055/feverish-fans-fuelled-virus-at-italy-champions-league-match

Interessantemente os dois piores paises, foram os dois clubes que jogaram, só andaram a espalhar o virus que nem apanhados, porque bola primeiro, o resto não interessa, tivessem cancelado o jogo e não tinha acontecido nada em tal proporção..

Agora a culpa é dos chineses, nossa não, ai credo, a culpa é sempre do outro.

/tinfoil hat
Título: Re: Covid-19
Enviado por: jm_araujo em 22 de Abril de 2020, 13:52
Eu ainda estou à espera da indemnização dos EUA pela crise do subprime, que se deveu à sua desregulação.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: almamater em 22 de Abril de 2020, 14:01
A liga de clubes já veio dizer que querem abrir novamente os Jogos e uma das propostas é testarem os jogadores de 6 em 6 dias parece... só para rir!

Isto que sirva de lição, o futebol infelizmente tornou-se rei no desporto e os milhares de milhões que circulam pelo meio é estupidamente revoltante.. espero mesmo que os clubes, os tais 'grandes' deixem assim de ter tanto poder e que os 'mais pequenos' se calhar agora até vão conseguir alguma coisa..
Título: Re: Covid-19
Enviado por: senso em 22 de Abril de 2020, 14:34
Eu ainda estou à espera da indemnização dos EUA pela crise do subprime, que se deveu à sua desregulação.

Calma, oil futures a -40 e Standard and Poor 500 a subir, vem ai uma bomba na bolsa que vai ser interessante..
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 22 de Abril de 2020, 14:59
Em relação ao artigo todo, eu apenas digo que concordo com o termos que nos tornar mais independentes (ou menos dependentes da China). Apenas espero que isto não vá dar numa guerra.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Alfredo Garcia em 22 de Abril de 2020, 21:52
Não acredito que a china tenha escondido 30% ou 40%, mas sim muito mais que isso, agora concordo que a demora na actuação dos demais países é que tem a grande culpa e para mim o grande impulsionador da culpa chinesa é o trump que já estava em guerra com eles depois baixou a bolinha quando precisou de equipamentos, e agora está tentando empurrar a culpa dos acontecimentos na América aos chineses.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: vasco em 23 de Abril de 2020, 12:40
Deslocalizar a produção de um qq componente essencial na cadeia de produção é tão estúpido como o outsourcing, e tem a mesma raiz...
Por um lado, lucro mais fácil e com menos responsabilidades. Por outro lado, é realmente possível devido à economia de escala produzir um componente qq de forma mais eficiente, e por mais eficiente DEVERIA entender-se com menos recursos, menos impacto, enfim, devia ser uma maneira melhor de produzir esse componente.
Infelizmente todos sabemos que a razão porque esses componentes são mais baratos é não só porque se usa trabalho escravo como também a forma como o componente é produzido tem mais impactos no ambiente.
Duvido que haja aqui algum economista, mas gostava de perceber porque é tão essencial que todos os países tenham crescimento, porque é que num pais como Portugal onde a população até se reduz é uma desgraça de o PIB não aumenta (ainda se fosse o rendimento per capita) ?
Aqui há muitos anos qd eu estava na escola falava-se de uma ciência nova, uma cena chamada ecologia, e dava-se como exemplo as populações de raposas e de coelhos, parece-me lógico. Também me parece natural, uns dias chove, noutros dias faz sol...
Quem é aqui o responsável por esta obrigação de crescimento constante, só me faz lembrar expressões como "fuga para a frente", "correr para não cair" ou numa vertente mais artística "não pense que a cabeça aguenta se você parar".
Título: Re: Covid-19
Enviado por: jm_araujo em 24 de Abril de 2020, 09:54
(não discordo em particular contigo, respondo-te porque sintetizaste algumas ideias que vejo repetidas)
Deslocalizar a produção de um qq componente essencial na cadeia de produção é tão estúpido como o outsourcing, e tem a mesma raiz...
Por um lado, lucro mais fácil e com menos responsabilidades. Por outro lado, é realmente possível devido à economia de escala produzir um componente qq de forma mais eficiente, e por mais eficiente DEVERIA entender-se com menos recursos, menos impacto, enfim, devia ser uma maneira melhor de produzir esse componente.
Os menos menos custo já é o que se faz, mas sem olhar para os nacionalismos, fronteiras e afins, que as grandes empresas se estão "borrifando" . Devemos olhar para o futuro de uma sociedade global igualitaria, em vez de estarmos com saudades do "orgulhosamente sós". Já experimentamos na maior parte do século XX, e não foi bonito (exceto para 1% enfiados no regime).
Citar
Infelizmente todos sabemos que a razão porque esses componentes são mais baratos é não só porque se usa trabalho escravo como também a forma como o componente é produzido tem mais impactos no ambiente.
O que tu e muita gente classifica como trabalho escravo, é na realidade a forma que um país pobre está a criar uma classe média, igual ao que se passou por cá. Quando o tuguinha ia(?vai?) para a França, etc trabalhar em fábricas ou na construção porque lá não há ninguém que o queira fazer pelo preço que lhe pagam, é trabalho escravo também, ou foram pessoas a fazer pela vida?
Citar
Duvido que haja aqui algum economista, mas gostava de perceber porque é tão essencial que todos os países tenham crescimento, porque é que num pais como Portugal onde a população até se reduz é uma desgraça de o PIB não aumenta (ainda se fosse o rendimento per capita) ?
Para mim que também não sou economista (nem tenho muita apetência pela área), é uma questão que lhe transcende: é a natureza humana. O ser humano quer sempre mais, acho que deve ser raro o caso de alguém que chegue a um ponto que diga "tenho uma casa, um carro, o que ganho chega-me para as despesas e viagens, vou parar de lutar para conseguir melhor, não preciso de aumentos, de promoções e de aprender mais nada". Há sempre mais alguma coisa que ansiar, como disse é a natureza humana. O comunismo falhou não porque não é economicamente viável ou um modelo "errado", mas porque não tem em consideração essa face da natureza humana (e porque no fim acabou sempre por haver meia duzia no poder que não renegavam dela: "Todos os animais são iguais, mas há alguns mais iguais que outros"). O crescimento é essencial porque está na natureza humana, e os estados e empresas são compostos de pessoas.

E PIB de Portugal aumenta, só que "poucochinho". Essa sede de crescimento que falei acima leva é a fazer querer que seja sempre mais. Se achas que não: quantos carros e televisões tem uma familia hoje e quantos tinha nos anos 80? Férias "à rei" era ir para Benidorm, hoje quem é que nunca foi ao Mexico, Brasil, Republica Dominicana?
Crescemos é menos que os parceiros europeus, e são problemas endémicos da nossa máquina do estado, que mantém ainda a base da implantação da républica, temos um sistema que favorece uma elite que depende diretamente dela.  Mais uma vez se acharem que não, é ler sobre a primeira républica e ver quantos apelidos se reconhecem. O que para mim representa outro excelente exemplo é este: Link (https://observador.pt/2016/06/08/turma-de-marcelo-em-direito-celebra-50-anos-de-caloiros-com-jantar/). A "nata" no tempo do estado novo são os nossos atuais dirigentes. A grande diferença para a democracia é que aprenderam a esconder-se melhor.

Citar
Aqui há muitos anos qd eu estava na escola falava-se de uma ciência nova, uma cena chamada ecologia, e dava-se como exemplo as populações de raposas e de coelhos, parece-me lógico. Também me parece natural, uns dias chove, noutros dias faz sol...
Quem é aqui o responsável por esta obrigação de crescimento constante, só me faz lembrar expressões como "fuga para a frente", "correr para não cair" ou numa vertente mais artística "não pense que a cabeça aguenta se você parar".
Já respondido: é o que nos define como humanos.


Só não falei da poluição/ecologia. O que melhor representa o real estado atual (e não o mediatizado) vi representado numa suposta citação (não encontrei referencias) de um dirigente ?indiano? que dizia algo do género de "Agora estou preocupado com acabar com 300 milhões de pobres, depois preocupo-me com o ambiente". E já tens um exemplo disso na China, agora que começa a ter uma classe média e os números da pobreza estão a baixar, estão a meter travões a fundo na poluição.
É tudo  uma questão de prioridades. Não vais conseguir mudar o status quo enquanto por um lado tens os estados ricos a querer mais e barato, e do outro lado tem estado pobres a querer sair da miséria. Está do nosso lado (dos ricos) em se calhar pagar mais um bocado e consumir menos (mantendo ou aumentando o cash flow), para se poder exigir do outro lado que continuem a sua luta pelo fim da pobreza com menos poluição(=processos mais caros). Por estupido que pareça o mais difícil de mudar é mesmo o nosso lado, em que toda a gente quer é uma televisão de 100" 4k UHD HDR por 500€ ou uma t-shirt na primark por 1€. As filas forman-se nos dias de descontos, não nos dias do ambiente...
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 25 de Abril de 2020, 04:25
Devemos olhar para o futuro de uma sociedade global igualitaria, (...)

Num modelo mais parecido com a democracia ocidental, ou com o comunismo oriental? Pessoalmente acho que esse futuro está extremamente longe, se é que esse dia alguma vez irá chegar (até porque até lá vamos esbardalhar o planeta).

Para mim a questão não é a do "orgulhosamente sós". É a do não nos falta aquilo que é *mesmo essencial*, nem que seja por termos "moeda" de troca suficientemente forte.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: jm_araujo em 25 de Abril de 2020, 09:36
A democracia que 50% da população não vota e quando vota numa alternativa fica os do sistema à rasca ,ou o comunismo totalitário  capitalista de mercado? Não sei :) vejo falhas graves em ambos ,infelizmente faltam alternativas.
Com uma agricultura especializada e mecanizada, esquece lá o *mesmo essencial*. A menos que encontres depósitos de ferro e alumínio, abras umas fundições, e já agora encontres tambem petróleo. Ou então o tal voltar ao orgulhosamente sós e cada um tem voltar a ter uma horta e construir um galinheiro e cortes para gado. Sabes usar uma enxada :D?
Moeda de troca forte? A economia dos países desenvolvidos cada vez depende mais de bens imateriais. Olha o que aconteceu ao nosso turismo "forte" com esta crise, e vai ser sempre assim. O que temos de garantir é qua as uniões são o são de facto, e combater os nacionalismos e isolacionismos de forma mais eficiente do que tem sido feito até agora ,que tem sido um desastre que só os reforça. Cada vez que tratas um Trump, Bolsonaro, lê pen ou ventura como um estúpido que não sabe o que faz, estão marcar pontos. Das poucas vezes que são tratados como um adversário ao mesmo nível, as suas ideias e argumentos desmoronam-se.



Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 25 de Abril de 2020, 22:57
Pelo menos 50% da população tem direito de escolha. Se os outros 50% não querem saber, é com eles. mas, mais uma vez, o direito de escolha existe. E a liberdade e outras coisas... Repara que podes sempre mudar-te para a China; e curiosamente podes fazê-lo porque... vives num regime que to permite fazer a qualquer momento sem ter que dar contas a ninguém.
Sim, por acaso sei usar uma enxada, um ancinho, fazer rega de presa, ... até uma talocha e uma colher de pedreiro para levantar ou rebocar uma parede, montar uma estrutura de ferro para um pilar/viga, estender uma placa, entre outras coisas. Não tenho nenhum problema com trabalhos mais "braçais" (já coloquei tectos falsos profissionalmente... e tenho isso no meu CV, com orgulho), mas também não tenciono voltar a esses tempos... nem acho que haja necessidade de o fazer. Hoje em dia sabemos melhor, não precisamos de ficar agarrados às tecnologias do passado.
Turismo não é moeda forte, é a coisa mais dispensável que há, e sou e sempre fui contra a nossa economia ser muito baseada no turismo. Quanto às uniões, até os casais se separam (mesmo muito hoje em dia, a avaliar pelas estatísticas); guerras conjugais podem ser do pior que há, às vezes até os filhos são usados como armas. Não se trata de nos isolarmos, trata-se de investirmos em produzirmos nós bens essenciais que nos sirvam e que sirvam de moeda de troca para aqueles não temos como produzir.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: jm_araujo em 26 de Abril de 2020, 00:50
Desculpa se fui ofensivo, não era objetivo antagonizar-te, apenas tentava expor o meu ponto de vista. Ainda espalhei uns smiles, mas não chegaram para contrabalançar o meu tom. Às vezes é como me sai, desculpa.
Prefiro a democracia também, apesar dos seus defeitos. Mas também não podemos demonizar os outros só porque não pensam da mesma maneira que nós.
Também acho que não adianta dizer que temos de produzir bens essenciais sem explicar o quê e como. Não somos um país grande nem com muitos recursos naturais, e infelizmente a mão de obra qualificada também não abunda. Tenho dificuldade em encontrar um setor produtivo ou industrial que possamos alavancar e tornar nesses bens essenciais no mercado internacional. Dei o exemplo do turismo, porque temos características diferenciadoras, mas falta-me visão de outras áreas com o mesmo potêncial.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: vasco em 26 de Abril de 2020, 01:30
Quando falei de trabalho escravo não estava a pensar numa situação em que esses trabalhadores alguma vez poderiam evoluir para uma classe media, estava mesmo a pensar no escravo escravo, aquele a quem tiram o passaporte e tem que pagar despesas de alojamento e alimentação ao patrão, tudo pensado para nunca conseguir pagar a divida. Ou as minas em África...

Talvez os que montam iPhones tenham possibilidade de vir a ser um dia algo mais que isso, mas não era nesses que eu estava a pensar, passei há bocadinho os olhos por um artigo que nos diz qq coisa a nós da eletrónica... Tântalo, condensadores de tântalo... De onde vem ? Os gajos das minas de ouro e diamantes em africa são classe media em comparação.

É um facto, nunca teríamos chegado ao nível de hoje sem a deslocalização e o trabalho mais ou menos escravo. Mas quem serão os principais responsáveis ? Os Steve Jobs ou os gajos que matam uma família inteira na boa só para mostrar aos mineiros que é melhor que trabalhem, ou...

Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 26 de Abril de 2020, 14:24
? ? ? Não vi rigorosamente nenhuma ofensa, estavas a expor o teu ponto de vista e fizeste uma brincadeira lá pelo meio, não vejo problema nenhum. Entendi o que estavas a querer transmitir e disse que sabia usar uma enxada etc para dizer que o facto de eu (ou outras pessoas) saber não implica que goste de o fazer, nem que seja preciso fazê-lo para manter uma situação de maior "auto-sustento". Eu não demonizei ninguém, acho eu.... Se os chineses preferem o regime deles, estão no seu direito, e nós estamos no nosso de preservar o nosso regime contra "investidas" de outros regimes, apenas isso, apesar de também quem viver num desses regimes não tem propriamente escolha. Não concordo com a visão "world police" dos EUA ;)

Desculpa se fui ofensivo, não era objetivo antagonizar-te, apenas tentava expor o meu ponto de vista. Ainda espalhei uns smiles, mas não chegaram para contrabalançar o meu tom. Às vezes é como me sai, desculpa.
Prefiro a democracia também, apesar dos seus defeitos. Mas também não podemos demonizar os outros só porque não pensam da mesma maneira que nós.
Também acho que não adianta dizer que temos de produzir bens essenciais sem explicar o quê e como. Não somos um país grande nem com muitos recursos naturais, e infelizmente a mão de obra qualificada também não abunda. Tenho dificuldade em encontrar um setor produtivo ou industrial que possamos alavancar e tornar nesses bens essenciais no mercado internacional. Dei o exemplo do turismo, porque temos características diferenciadoras, mas falta-me visão de outras áreas com o mesmo potêncial.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 26 de Abril de 2020, 22:52
Duvido que haja aqui algum economista, mas gostava de perceber porque é tão essencial que todos os países tenham crescimento, porque é que num pais como Portugal onde a população até se reduz é uma desgraça de o PIB não aumenta (ainda se fosse o rendimento per capita) ?

Ora na qualidade de nao economista.. posso dar alguns possiveis pontos de analise.
O ponto que queria referir é a dívida. Sem dívida, teria de pensar melhor em outras possiveis razoes. Mas havendo dívida (e muita) é fácil perceber...

A dívida (do estado) Portuguesa https://pt.wikipedia.org/wiki/Dívida_pública_de_Portugal (https://pt.wikipedia.org/wiki/Dívida_pública_de_Portugal)
em 2016 correspondia a
Citar
131,6% do PIB,[2] ou seja, cerca de 240 mil milhões de euros, valor que representa aproximadamente 23 mil euros por habitante. O valor em causa, corresponde aproximadamente a um ano e três meses de produção nacional.

Se calhar nao precisavamos individualmente de ser tao ambiciosos? mas o problema é que os governos anteriores já foram (por nós! ?) e estamos individados.

O PIB é só um valor de relação para servir como referencia.
Ora se o nosso PIB aumentasse, por essa relação, a divida publica em relacao (volto a reforçar) ao PIB tambem baixava.

O estado é quem pode abater a dívida, e consegue isso principalmente atravéz de impostos, em que uma % é canalizada para o pagamento da divida https://pt.wikipedia.org/wiki/Dívida_pública_de_Portugal#Juros_da_dívida (https://pt.wikipedia.org/wiki/Dívida_pública_de_Portugal#Juros_da_dívida).
Se nao houver um crescimento economico e consequente aumento do PIB, nao vai haver negocios que se tenha de cobrar impostos... dificilmente essa dívida consegue baixar.

O problema fundamental, tem a ver com as questoes de sustentabilidade do estado (se os servicos que o estado suporta sao sustentaveis pela populacao).
Se o país nao tem crescimento economico sufiente que sustente o estado, tem assim um estado "pesado" e maior do que a economia do momento consegue suportar, o estado tem de ser ir individar (ainda mais) aos mercados... e porque o estado tem dificuldades em pagar a divida, quem nos empresta, só empresta com a condição de uma maior divida.. que por si.. gera mais divida.. e mais dificuldades de pagar..


Com esta dívida altissima, a maneira principal de a abater é por via de alocar a % do orçamento de estado a paga-la.
Pegando no valor ai de cima (de 2016) de "23 mil euros por habitante", isto durante 20 anos, dá pelas contas, cerca de 95€ /mes que cada Portugues tinha que dar ao estado para ficarmos sem divida.
Só que não é só isto, porque nestes moldes (com a economia sendo insuficiente para suportar as despesas do estado.. só este ano é que houve recentemente um excedente orçamental, mas o COVID veio estragar tudo), o estado vai-se continuar a endividar...

Portanto em relacao à questão "porque queremos que a economia cresca mais", na minha opiniao, é para nos ajudar a livrar desta dívida.
Mas  em relação a políticas, a questão continua a ser "queremos mais estado ou menos estado" e de que forma alocamos a % do orçamento.


Daqui também faço a ponte às questões de "precisamos de ter maior independencia e o estado garantir bens essenciais"? porque isso representa um peso na % do orçamento de estado.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 27 de Abril de 2020, 01:00
Eu nunca falei em ser o Estado a garantir esses "bens essenciais", nem sou a favor disso.
Isso tem que ser feito pelos privados, e pelos compradores (o povo Português, nós). Têm que ser negócios sustentáveis, *eventualmente* com alguma ajuda do povo (como comprar uma alface a 1€ em vez de 0,80€). O Estado pode *eventualmente* ajudar "sem custos", usando os programas de financiamento que já existem para outras áreas, dando preferência às áreas que produzem "bens essenciais" (ou boa moeda de troca) dentro do nosso país.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 27 de Abril de 2020, 10:10
Artigo relacionado com este tema no Publico (artigo para exclusivo assinantes)
https://www.publico.pt/2020/04/26/sociedade/noticia/crise-comida-nao-faltou-proxima-1913738
Título: Re: Covid-19
Enviado por: KammutierSpule em 27 de Abril de 2020, 10:25
Eu nunca falei em ser o Estado a garantir esses "bens essenciais", nem sou a favor disso.
Isso tem que ser feito pelos privados, e pelos compradores (o povo Português, nós). Têm que ser negócios sustentáveis, *eventualmente* com alguma ajuda do povo (como comprar uma alface a 1€ em vez de 0,80€). O Estado pode *eventualmente* ajudar "sem custos", usando os programas de financiamento que já existem para outras áreas, dando preferência às áreas que produzem "bens essenciais" (ou boa moeda de troca) dentro do nosso país.

Para essa vertente de garantir maior independencia, essa via também seria a ideal para mim... mas dito assim com essa simplicidade, é algo utópico :) Isso implica mudar a cultura de fundo.. o que é algo difícil de fazer.. e até o estado aí tinha que dar uma ajuda com campanhas (algo mais profundo do que as campanhas "Portugal é Nosso!" e colar um autocolante na embalagem dos produtos)

Alguém me dizia uma vez: "Os empresários Portugueses, são como as criancinhas... só fazem alguma coisa, se lhes derem um rebuçadinho!"
Não serão todos.. mas é esta a cultura geral: ou vem um subsidio.. uma ajuda.. ou então não avançam.

Por isso, mesmo nessa vertente de maior independencia e ser iniciativa individual e privada, o estado teria de ter um papel em fomentar essa ideologia. So que esta ideologia (iniciativa individual e privada), não é compativel com a esquerda-centro (social) que caracteriza a inclinaçao politica Portuguesa.
Título: Re: Covid-19
Enviado por: Njay em 27 de Abril de 2020, 14:17
Sim, é uma grande mudança de mentalidades; mas entre algo que consideras utópico mas perfeitamente possível e que começa a surgir (noticias, comentários, ...) e ficares quietinho e dependente do exterior nas coisas mais básicas a "rezar" para que nunca faltem, o que preferes? Sempre gostei muito daquele ditado: "fia-te na virgem e não corras!" :D