collapse

* Posts Recentes

Recuperação de um AGC por SerraCabo
[18 de Janeiro de 2019, 19:49]


Proteção Lipo por Kristey
[17 de Janeiro de 2019, 13:24]


Mais uma reparação - frigorífico Fagor por SerraCabo
[16 de Janeiro de 2019, 18:46]


Rolamentos por almamater
[13 de Janeiro de 2019, 22:26]


Artigo 11, 13 e os restantes por brunus
[13 de Janeiro de 2019, 20:26]


Corte de metal - Evolution Rage 2 por SerraCabo
[12 de Janeiro de 2019, 12:36]


Procuro serviço de impressão 3D por brunus
[10 de Janeiro de 2019, 13:41]


Compra partilhada no site da Elektor [voucher 10€ até 2 Janeiro] por brunus
[09 de Janeiro de 2019, 17:37]


Video Porteiro do Prédio por Alfredo Garcia
[06 de Janeiro de 2019, 23:27]


Alicate para crimpar? por Njay
[02 de Janeiro de 2019, 02:02]

Autor Tópico: Díodo rectificador  (Lida 3275 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline antonio_jose

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 336
    • Facebook:
Díodo rectificador
« em: 26 de Julho de 2009, 00:31 »
Díodo rectificador


O díodo rectificador é constituído por uma junção PN de material semicondutor (silício ou germânio) e por dois terminais, o ânodo (A) e o cátodo (K).
É um componente que só conduz num sentido, sendo por isso usado na rectificação da corrente alternada.

Símbolo:



Identificação dos terminais



Aspecto exterior





Polarização de um díodo

No circuito 1 o díodo está polarizado inversamente (A ? ? e K ? ?), logo o díodo não conduz e lâmpada ficará apagada.

No circuito 2 o díodo está polarizado directamente (A ? ? e K ? ? ), logo o díodo conduz e a lâmpada acenderá.


A tensão do gerador (4,5 Volt) é superior à tensão nominal do receptor (lâmpada) porque na junção PN do díodo, quando polarizado directamente, haverá sempre uma queda de tensão que nos díodos de silício pode variar entre 0,6 e 1 Volt, e nos díodos de germânio pode variar entre 0,2 e 0,4 Volt.

Fonte:
« Última modificação: 26 de Julho de 2009, 00:50 por antonio_jose »