collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Compras no allPCB por Dave
[Hoje às 14:41]


Organizar fios por josecarlos
[Hoje às 14:31]


Pendentes de compras colectivas por Hugu
[Hoje às 00:51]


Preços e fabricantes de pcb por vasco
[Ontem às 23:18]


Palavras Cruzadas por LVirtual
[Ontem às 20:54]


[Projecto] Bomba Airsoft por jm_araujo
[Ontem às 19:01]


Apresentação por Tech_JA
[23 de Setembro de 2017, 09:19]


Medir Agua que está no Poço por filjoa
[21 de Setembro de 2017, 20:58]


URGENTE - display de 7 segmentos com backpack por helderjsd
[20 de Setembro de 2017, 12:30]


Isaac Asimov - I, Robot por senso
[18 de Setembro de 2017, 03:41]

Autor Tópico: Arduino - alimentação externa  (Lida 5518 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline msr

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 793
Arduino - alimentação externa
« em: 06 de Maio de 2010, 23:58 »
Olá,

É a primeira vez que ligo o meu Arduino a uma fonte externa e estou aqui com dúvidas.

Quero ter o Arduino ligado a uma fonte externa e a controlar um L293D. Qual é a amplitude dos pulsos PWM quando o Arduino é alimentado externamente? Considera-se 5V na mesma ou será Vin? Ou seja, é melhor ligar o pino 16 do L293D à saída do regulador L7805 ou antes ao Vin do Arduino?

Na datasheet do L7805 recomendam um condensador de 0,33uF na entrada e só tinha ca um de 220nF. Não sei se foi por esse motivo, mas tinha apenas 4,20V a alimentar o Arduino que são insuficientes. Reparei no site que o recomendado será 7-12V. Assim fico na dúvida sobre a utilização do L7805. Que tensão de alimentação costumam usar?

Podem-me dar umas luzes sobre como fariam estas ligações?

Já agora que tipo de baterias me recomendariam? Estava a pensar em utilizar uma de 9V apenas para testar, mas queria depois usar uma coisa mais à maneira.


Obrigado

Offline Sérgio_Sena

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 1.641
    • Electronic Gear for Musicians
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #1 em: 07 de Maio de 2010, 09:52 »
Os reguladores de tensão 78xx, são bons quando se usam fontes externas, e necessitam de 3V acima do regulado. Ou seja, se o regulador é um 7805, então a entrada deverá ser >=8V.
Devido a serem de tecnologia antiga, não foram feitos para poupar energia.
Usados com baterias, esvaziam-nas rapidamente.

Solução, usar um regulador mais moderno, em que necessite de menos tensão na entrada, e que corrente de trabalho tb seja menor :: LM2936, LM9076, LP3961, entre tantos outros. Gosto muito do PCM1790/1804, e são baratos.

Sempre podes usar uma fonte DC/DC, q se vai ajustando à corrente necessária, e tem sempre boas prestações. É o que vou começando a usar, pois é barata e fiavel. Um PIC, um inductor, dois condensadores, díodo schottky e pronto.



As ligações os periféricos, onde o 293 está incluido, deve ser sempre feita na saída do regulador de tensão. Ou seja, os fios devem ligar directamente, não devem passar pelas pistas de VDD e VSS do Arduino. Isto tb ajuda não ter tanta queda de tensão provocada pela resistência das pistas, e não injecta ruidos nas pistas de massa do Arduino. Estes ruidos são demoníacos.


Se tiver mesmo que ser com baterias, pela lógica da automobilidade, então aconselho um pack de 6 AA, com um MCP1790/1804. ;)


Offline msr

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 793
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #2 em: 28 de Maio de 2010, 20:33 »
Entre outras coisas, aleijei uma pata ao L293D, e só hoje pude voltar a olhar para isto.

Usei o L7805 uma vez que é o unico que cá tenho em casa, com um condensador de 330nF na entrada e 100nF na saída. Usei também uma pilha de 9V.

O que se passou de estranho foi o seguinte: antes e depois de ligar a pilha ao circuito (breadboard) meço ~8.6V, ligada ao circuito meço-lhe a tensão e tenho valores a VARIAR entre 4.90V a 6.10V (valor mínimo quando o motor está à velocidade máxima e valor máximo quando o motor está parado, respectivamente). A tensão à saída do regulador varia também entre 3.40V e 4.80V. Cerca de 1 minuto noto tambem que cada vez o motor atinge uma velocidade mais baixa que o inicial.

O motor que estou a usar comprei-o na Dimofel e diz na embalagem que deve ser alimentado com 1.5V-3V. Ora eu estou a alimentá-lo com os (supostos) 5V à saída do regulador. Terá alguma coisa a ver?
Como com os 5V estava a achar que o sacana do motor não estava a atingir a velocidade máxima liguei Vcc (pino da tensão de alimentação do motor) directamente à pilha. Lá começou a rodar com mais speed mas tambem passado algum tempo começou a abrandar, e com as mesmas variações de tensão medidas quer antes do regulador (pilha) quer depois do regulador.

Se tiver o circuito desligado durante algum tempo (~5min) e voltar a liga-lo, o motor volta a ganhar algum speed, que vai perdendo novamente com o tempo.

As unicas ligações que tenho com o Arduino são os dois fios para PWM e o GND e Vin (vindo da pilha). O código o que faz é por o motor ganhar velocidade numa direcção, a abrandar, e fazer o mesmo na outra direcção.

Alguma sugestão?

Offline amando96

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.627
  • MAC address? But I have windows...
    • Projects, News, Blog, Tutorials
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #3 em: 28 de Maio de 2010, 20:57 »
Se tiveres a usar uma de 9v daquelas normais que se compram nas loja, é por isso que o motor está lento, elas gastam-se quase logo, o motor como é de baixa voltagem deve puxar mais amperes.
arranja um battery pack para 6-8 pilhas AA.
Ah, e o regulador de 5v deve aguentar 1 ampere, ou pouco mais que isso, não é feito para alimentar motores.

Offline msr

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 793
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #4 em: 28 de Maio de 2010, 21:44 »
Mas é que a pilha não se "gasta". Antes e depois de a ligar ao circuito tem mais ou menos a mesma tensão (~8.3V). Durante o funcionamento do circuito é que se vai gradualmente abaixo.

Offline TigPT

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 5.234
    • Tiago Rodrigues
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #5 em: 29 de Maio de 2010, 01:06 »
Não li ainda o teu tópico por isso posso fazer porcaria ao estar a mandar para o ar, mas como te pode ajudar, arrisco.

Normalmente quando se usa correntes altas e lógica utiliza-se 2 fontes de alimentação. Normalmente 4 pilhas AA para motores, e uma pilha de 9V para a parte lógica (com o respectivo regulador claro, mas o arduino tem um por isso pode-se meter 9V entre Vin e Gnd).

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.390
  • Helpdesk do sitio
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #6 em: 29 de Maio de 2010, 13:09 »
Mas é que a pilha não se "gasta". Antes e depois de a ligar ao circuito tem mais ou menos a mesma tensão (~8.3V). Durante o funcionamento do circuito é que se vai gradualmente abaixo.
Uma pilha de 9v com 8.3 já não está muito boa de saude, e o que se "gasta" na pilha é a capacidade dela, ou seja a corrente que ela te pode oferecer, e se a pilha baixa para 4v quando em carga só reforça o que te disse, essa pilha já não tem muito para te dar não, usa antes pilhas AA.
Avr fanboy

Offline msr

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 793
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #7 em: 29 de Maio de 2010, 19:58 »
Obrigadinho pelas dicas!

Fui comprar umas quantas pilhas recarregáveis (2000mAh) e o motor já não abranda. Separei tambem as alimentações: pilha de 9V para alimentar o Arduino e 3 pilhas de 2000mAh cada para alimentar o motor.

Agora o chato é ter que ter as duas baterias independentes. Como costumam fazer nas vossas montagens? Isto é, quantas pilhas usam e que tipo de reguladores usam para definirem as várias tensões no circuito? Tendo em conta que o L7805 pode ser insuficiente para alimentar motores.

Offline TigPT

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 5.234
    • Tiago Rodrigues
Re: Arduino - alimentação externa
« Responder #8 em: 30 de Maio de 2010, 17:04 »
Normalmente os motores são alimentados directamente da fonte, e o LM7805 é utilizado para alimentar a parte lógica, mas os motores fazem bypass a este.