collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Medir Agua que está no Poço por Njay
[Ontem às 18:28]


Ajuda Projecto IR / RF por pmj_pedro
[Ontem às 16:23]


CNC Laser 60w por nandotx
[15 de Outubro de 2017, 19:01]


Equipar laboratorio por LVirtual
[13 de Outubro de 2017, 08:34]


Arranjo de Berbequim por jm_araujo
[13 de Outubro de 2017, 08:34]


Escolher ligações por dropes
[08 de Outubro de 2017, 23:26]


Perfis V-Slot vs C-Beam vs Bosch vs 8020 por senso
[08 de Outubro de 2017, 18:22]


Ideias para construir um quadrúpede simples por Njay
[07 de Outubro de 2017, 22:12]


Meu projecto - Arm Robot com arduino por Diogo Bento
[05 de Outubro de 2017, 20:54]


Alimentar arduino nano com 12V por helderjsd
[05 de Outubro de 2017, 16:26]

Autor Tópico: stellarium - rs232  (Lida 4804 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
stellarium - rs232
« em: 12 de Março de 2011, 06:00 »
Bom dia,

Não sei se alguém sabe o que é o stellarium, bem para quem não sabe é um programa, que considero muito bom, de Astronomia.

O meu objectivo é com pouco € fazer um "telescópio". Tenho uma câmara de filmar razoável, e a minha ideia era criar uma base rotativa ligada a uma pic/arduino que estaria ligado a esse programa.
Já mandei vir um sensor magnetico DC-SS503.

Mas o meu problema está mais na interligação do software que controla a rs232 com o stellarium, em que tenho que modificar o código de forma a dizer que está algo ligado, depois fazer a pic/arduino ler, e saber o que lá está.

Tenho que procurar melhor acerca do stellarium ele deve fazer algum debug, e se o for buscar com um programa em C envio para a pic/arduino.

Aceito sugestões.
« Última modificação: 13 de Março de 2011, 00:31 por filipe89 »

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.397
  • Helpdesk do sitio
Re: stellarium - rs232
« Responder #1 em: 12 de Março de 2011, 13:48 »
Isso parece-me tudo muito confuso..
Para saber se está ligado, bem é só fazer o open á porta serial, de fizer é porque está, se der erro é porque está desligado.
Avr fanboy

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #2 em: 12 de Março de 2011, 13:52 »
Mas o stellarium funciona com plug in, logo ele só vai enviar quando souber que existe algum hardware adequado.

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.397
  • Helpdesk do sitio
Re: stellarium - rs232
« Responder #3 em: 12 de Março de 2011, 15:43 »
Não conheço tal ferramenta, por isso não imagino como farás tal coisa, isso ou então explica-te bem melhor porque estás a dar informação a conta gotas.
Avr fanboy

Offline Sérgio_Sena

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 1.641
    • Electronic Gear for Musicians
Re: stellarium - rs232
« Responder #4 em: 12 de Março de 2011, 19:29 »
E já agora... uma corrigenda... o Stellarium é um programa de ASTRONOMIA, e não de Astrologia.
São coisas completamentes distintas.


Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #5 em: 12 de Março de 2011, 23:46 »
E já agora... uma corrigenda... o Stellarium é um programa de ASTRONOMIA, e não de Astrologia.
São coisas completamentes distintas.

desculpa erro meu, foi das horas  :o

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.100
    • Tróniquices
Re: stellarium - rs232
« Responder #6 em: 13 de Março de 2011, 00:30 »
Ainda vais a tempo de corrigir na mensagem original, para não ficar ali assim...

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #7 em: 28 de Março de 2011, 07:00 »
Bom dia,

Alguém consegue dar a volta a questão? E pelos visto não dá para decifrar o que ele diz por rs232, já liguei  e só recebo
Código: [Seleccione]
#GB:#mas devo ter que devolver uma resposta, e não sei o que dizer.

O melhor é mesmo trabalhar o código :/

StarRider

  • Visitante
Re: stellarium - rs232
« Responder #8 em: 29 de Março de 2011, 13:26 »
Boas,

Filipe, acredita que a pior coisa que pode acontecer a um astrónomo é quando nos confundem com "astrólogos" ... é a pior das ofensas, e por incrível que pareça esse erro é comum em muitos universitários. Mas tudo bem, no offense taken ;) 

Voltando ao tema, antes de mais interessa compreender os princípios que estão na base da operação de um sistema óptico para observação do céu.

Qualquer telescópio esta instalado sobre uma "montagem", esta montagem serve para suportar o telescópio em si e para que o mesmo possa ser movido de modo a apontar para um determinado ponto celeste. Existe vários tipos de montagem que diferem entre si pelo design mecânico e forma como efectuam o "seguimento".

O seguimento é o processo pelo qual a montagem move um ou dois dos seus eixos (ascensão reta e declinação ou azimute e altitude dependendo do tipo de montagem) de modo seguir o "movimento aparente" dos objectos no céu.   

O movimento aparente dos objectos é devido ao movimento de rotação da Terra (ainda que o movimento da Terra no plano do sistema Solar e do movimento da Via Láctea no plano do Grupo Local acabam por ser somente considerados para períodos de observação exponencialmente mais longos).

Ora bem, todo este paleio para explicar que o seguimento que as montagem levam a cabo é controlado pelo firmware das mesmas e que o Stellarium não tem capacidade para isso.

O firmware é bastante complexo pois exige um conhecimento da mecânica celeste, sistemas de coordenadas e posicionamento, compensação da refracção, desfasamento temporal entre coordenadas, calculo de órbitas, base de dados dos diversos catálogos de DSOs, etc, etc.

O que o Stellarium faz é enviar um comando utilizando um protocolo que varia conforme a montagem, sendo que nos amadores o mais utilizado é o do LX200, Paramount ou NexStar, este comando serve somente para dizer ao firmware da montagem que deve apontar o telescópio para uma determinada posição no céu, aquilo que se chama de "posicionamento" , ou no mundo amador um "slew" ou "goto", e por vezes para obter informação da montagem.

Essa string  "#GB:#" é um comando para obter a declinação actual da posição da montagem

Assim, o que tu necessitas antes de mais é de uma montagem que tenha seguimento e capacidade para aceitar comandos de slew, tens muitas no mercado a nível comercial.

Depois e teres a montagem o resto é muito fácil, basta ligar um cabo RS232 entre o PC e a montagem e configurar o Stellarium para utilizar o protocolo correspondente com a montagem em causa.

Se por outro lado estás numa de construir uma montagem tenho aqui alguns planos mecânicos, electrónicos e firmware desenvolvidos por mim para uma montagem equatorial que posso partilhar contigo, ou com mais alguém que esteja interessado, mas não é um projecto que fique barato.

Abraços,
PA
« Última modificação: 29 de Março de 2011, 15:33 por StarRider »

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #9 em: 29 de Março de 2011, 17:06 »
 :o

ok, o que tenho é uma câmara de filmar, com boa óptica, tenho um atmega 328 uma bússola DC-SS503, para o azimute e um potenciómetro para a altura.

Com isto tudo ligado, já consigo saber as coordenadas, ainda não acabei a estrutura, mas electrónica está tudo, e ensaiado, o que faltava mesmo era o protocolo para ligar ao pc.

StarRider

  • Visitante
Re: stellarium - rs232
« Responder #10 em: 29 de Março de 2011, 17:25 »
:o

ok, o que tenho é uma câmara de filmar, com boa óptica, tenho um atmega 328 uma bússola DC-SS503, para o azimute e um potenciómetro para a altura.

Com isto tudo ligado, já consigo saber as coordenadas, ainda não acabei a estrutura, mas electrónica está tudo, e ensaiado, o que faltava mesmo era o protocolo para ligar ao pc.

Boas,

Não me parece que uma bússola e um potenciómetro te vá servir de muito, a resolução do DC-SS503 está longe de ser suficiente e do potenciómetro então nem se fala ... alias, nem necessitas disso para nada.

O que tu necessitas é calculares a posição em termos de azimute e elevação a partir de RA e DEC, mover os motores para essa posição e depois fazeres o seguimento para compensar o movimento de rotação da Terra... mas pelos vistos "já tens tudo" pelo que então não deves necessitar de mais ajuda.

Achas mesmo que um atmega uma bússola e um potenciómetro são suficiente para um sistema de posicionamento e seguimento celeste ?

De qualquer forma boa sorte ... bem vais necessitar.

PA
« Última modificação: 29 de Março de 2011, 17:44 por StarRider »

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #11 em: 29 de Março de 2011, 20:51 »
sem querer maçar muito,

não é o stellarium que dá as coordenadas do posicionamento?

se assim for, irei ter que criar um programa em c, com os cálculos das posições e enviar as coordenadas.

Mas para amador que sou, penso que sim, a bússola e o potenciómetro chega, visto também o alcance máximo da câmara. Obrigado.

StarRider

  • Visitante
Re: stellarium - rs232
« Responder #12 em: 29 de Março de 2011, 23:13 »

não é o stellarium que dá as coordenadas do posicionamento?


Boas,

Sim, envia as coordenadas equatoriais de RA e DEC em arcs para e época J2000 ... algo parecido com RA:05 04.5  DEC:-07 16 por exemplo, e depois o que é que vais fazer em essas coordenadas ?

Abraços,
PA

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #13 em: 30 de Março de 2011, 02:27 »
essas coordenadas, se conseguir obter, mando para o arduino que manda rodar os motores para essa a posição, no caso, até o tenho, mandar reduzir a velocidade caso esteja perto do ponto, para não começar para trás e para a frente e parar no sitio certo.

estive a ver a precisão da bússola então fico com 4 pontos por grau em azimute e cerca de 6 ponto por grau em altura.
Depois possivelmente também o posso mandar rodar à velocidade de seguimento.

Offline filipe89

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 163
Re: stellarium - rs232
« Responder #14 em: 30 de Março de 2011, 16:23 »
Boa tarde,

Velocidade de acompanhamento celeste, pelos visto não hei-de conseguir, mas também não quero um relógio suíço.
Já me dava por muito contente conseguir apontar para onde o indicasse, a posição podia andar sempre a corrigir, e com a câmara mal se havia de notar as correcções feitas.