collapse

* Posts Recentes

Compilador C por SerraCabo
[Ontem às 17:27]


Transicão C ... C++ por Njay
[Ontem às 13:02]


PlatformIO, excelente vídeo por SerraCabo
[Ontem às 01:29]


GSM SIM900A por jm_araujo
[22 de Fevereiro de 2021, 16:39]


Problema com Tablet por senso
[20 de Fevereiro de 2021, 20:35]


I2C a 400KHz por SerraCabo
[17 de Fevereiro de 2021, 16:32]


Glitch em linha I2C por SerraCabo
[17 de Fevereiro de 2021, 16:24]


A Arduino rp2040 connect por zordlyon
[17 de Fevereiro de 2021, 13:13]


Protocolo multi-dispositivo, para barramento RS485 por KammutierSpule
[17 de Fevereiro de 2021, 08:42]


Coisa estranha com Botão por almamater
[13 de Fevereiro de 2021, 19:13]

Autor Tópico: Telescopio  (Lida 15416 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline SJD22

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 660
Re: Telescopio
« Responder #15 em: 23 de Setembro de 2012, 22:42 »
Sim kast... podes apontar mas com filtros proprios para o efeito.

Offline LoneWolf

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 763
  • ..Ser ou não ser não tem questão nenhuma...
    • A Visão do Lobo
Re: Telescopio
« Responder #16 em: 23 de Setembro de 2012, 22:52 »
Boas, já agora....

@SJD22
Citar
Em tempos fiz uma cena engraçada: tinha um sistema de rotação elevaçao/azimute que apontava o telescopio para a Estação Espacial Internacional.

O sistema de rotação que usou era homemade ou de compra? se era homemade tem esquemas deles que possa partilhar? e que software usou para interagir com o telescópio?

Abraço e obrigado.
Blog: A Visão do Lobo

Nick antigo: kilobyte

Offline SJD22

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 660
Re: Telescopio
« Responder #17 em: 23 de Setembro de 2012, 23:06 »
Este projecto já deve ter mais de 10 anos mas vou tentar explicar melhor.

O sistema de rotação era homemade. Usei 2 motores de parabolica mas alterei-os para fazer azimute e elevação. Depois fiz um software em VBasic que, eu dando a posição de um corpo no ceu (lat, long, altitude), a antena (ou neste caso telescopio) apontava para la.

No caso da Estação Espacial Internacional eu tinha os KEPS dela e sabendo a minha posição em Terra, o telescopio apontava. Acontece que seguir a bicha com um telescopio manualmente é impossivel porque ela sai logo fora da visao. Entao, com uma camara fazia processamento de imagem (coisa facil porque é tudo escuro menos o "ponto" luminoso que é a Estação) e dava ordens aos motores para posicionarem de novo o telescopio por forma a que o "ponto" ficasse sempre no centro da imagem.

O controlo foi feito pela porta LPT. Basicamente eu pelo PC dava ordem à LPT que me accionava uma ponte H para controlo dos motores.

Ainda tenho fotos disto algures... quando encontrar partilho. Foi uma coisa que me deu imenso gozo fazer...

Offline SJD22

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 660
Re: Telescopio
« Responder #18 em: 24 de Setembro de 2012, 00:49 »
impressionante:

Offline c3dr1c

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 854
Re: Telescopio
« Responder #19 em: 24 de Setembro de 2012, 20:34 »
Tens de meter ai umas fotos :P

Interessante se ver a olho nu, tenho de experimentar.
"O único modo de descobrir os limites do possivel é aventurarmo-nos um pouco para além deles em direcção ao impossivel."

Uma das Três Leis de Arthur C. Clarke

Offline SJD22

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 660
Re: Telescopio
« Responder #20 em: 24 de Setembro de 2012, 23:41 »
A olho nu parece um avião ao longe mas muito mais brilhante e rapido. Dps tem umas flashadas que parecem explosões. No site da NASA diz quando a vês em função da tua localização no mundo.

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.551
    • Tróniquices
Re: Telescopio
« Responder #21 em: 27 de Setembro de 2012, 01:15 »
O que tu queres fazer é fazível c3dr1c, mas não propriamente da forma que pensas.
O mylar é bom para filtros solares (que são colocados na objectiva do telescópio). Se bem me lembro havia quem o fosse pedir uns bocados aos bombeiros; parece que é utilizado para envolver vítimas com queimaduras graves.

É possível fazer um espelho para um Dobson, é um trabalho descomunal. Há até pelo menos um livro escrito por um Português sobre como fazer esses espelhos. Na 1ª Astrofesta a que fui em S. Pedro de Moel (Marinha Grande) assisti a uma palestra de um sr. cujo nome não me lembro sobre como fazer esses espelhos. É um trabalho árduo de muitas horas ao longo de muitos dias, partindo de um bloco de vidro (como uma escotilha de navio) e ir desbastando-o aos poucos com uma técnica (tipo: esfrega 3 vezes, roda o espelho 30º) e material de desbaste (carborundum em vários tamanhos de grão, uma "areia") apropriados. Isto é para o desbaste "grosso"; depois há mais umas longas sessões para fazer o polimento. Um espelho para astronomia (ou lente) tem que ser o mais preciso possível, mais preciso do que por exemplo para fotografia. Em astronomia, tudo aquilo que queres ver é tão "ténue" que todas as imperfeições e defeitos dos instrumentos contam. Aliás, só o facto de se ter apenas "uma lente" já é uma grande imperfeição. Por isso tens instrumentos caríssimos como os APO, que são telescópios com objectivas de 3 lentes que corrigem a maior parte das aberrações cromáticas, e até o vidro daquela cena é especial.

Voltando ao espelho (e espero não tar a cometer nenhuma gafe, que já lá vão uns bons anos que não contacto com esta área), o difícil é a forma. Depois de teres o vidro com a forma correcta, torná-lo num espelho é a parte mais fácil, e faz-se com um processo de "prateamento" da superficie - mergulha-se aquilo num banho com um quimico que deposita "cristais" microscópicos na superficie criando assim o espelho. Penso que é o mesmo processo que é (ou era) utilizado para fazer espelhos normais, só que neste caso a superficie utilizada é a que levou o depósito e não a face oposta do vidro.

Dito isto posso dizer que nunca fui um grande aficionado prático pela astronomia mas sempre me fascinou. Tenho um telescópio "de ver planetas" que por acaso também é motorizado em altitude-azimute com um comando que tem uma base de dados de objectos astronómicos, um Meade ETX70 (http://nsj.no.sapo.pt/astro/o_etx70.html ; http://nsj.no.sapo.pt/astro/o_meu_equipamento.html). Usei uma webcam como objectiva ocular para tirar algumas fotos (http://nsj.no.sapo.pt/astro/imagens.html). A certa altura ainda lhe fiz um focador elétrico que me dava jeito (para ficar no quentinho do quarto a olhar para a imagem da webcam enquanto o telescópio ficava no frio da varanda com a janela aberta, heheh) que até nem havia para este modelo, e diga-se de passagem que foi o meu primeiro projecto com um AVR (http://nsj.no.sapo.pt/astro/focador_electrico_ETX70.html).

Lembro-me do Miguel Claro duma mailing list sobre astronomia; se não estou em erro pude assistir à sua "ascensão" no campo da astrofotografia. Foi um bacano que começou do zero e em pouco tempo evoluiu imenso.

Eu já fui "escavar os meus esqueletos", agora é a tua vez SJD22 :). Mete aí umas fotos disso que queremos ver, parece um projecto mto interessante e mto "à frente"!

Eu pessoalmente nunca notei nenhum aquecimento nas lentes... nem a olhar para uma Lua bem grande e luminosa que nem cabe no "visor".

p.s.: Um telescópio com montagem alt-azimutal não é apropriado para astro-fotografia de longa exposição.
« Última modificação: 27 de Setembro de 2012, 10:41 por Njay »

Offline LoneWolf

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 763
  • ..Ser ou não ser não tem questão nenhuma...
    • A Visão do Lobo
Re: Telescopio
« Responder #22 em: 27 de Setembro de 2012, 09:16 »
Boas,

Citar
Eu pessoalmente nunca notei nenhum aquecimento nas lentes... nem a olhar para uma Lua bem grande e luminosa que nem cabe no "visor".

Pois pode ser das minhas lentes..... eu notei o dito aquecimento na lente :( apesar de o resto do telescópio estar gelado que ate pode causar condensação, talvez por isso é que lhe metem uma "manga de aquecimento" (não sei como se chama a realidade) no tubo do telescópio, mas o aquecimento da lente também já me deixa de ser problema pois ultimamente uso uma maquina fotográfica.....mas ainda não comecei a fazer fotos de longa exposição, pelo que tenho pesquisado é preciso ter o sensor da maquina refrigerado senão vai a vida em pouco tempo. 

Abraço. 
Blog: A Visão do Lobo

Nick antigo: kilobyte

Offline Rebel

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 153
    • Raspberry Pi
Re: Telescopio
« Responder #23 em: 27 de Setembro de 2012, 10:55 »
Uma das grandes razões porque o sensor da maquina é refrigerado não tem a ver com o calor gerado pelo telescópio mas sim com o nível de ruído eléctrico que o sensor gera. Isto é, com o calor, os electrões começam aos pulos e geram ruído eléctrico no sensor que vai se convertido em ruído na imagem. Ao fazer uma longa exposição, esse ruído vai-se acumulando podendo transformar o nosso céu negro em algo mais colorido ;). Para reduzir esse ruído à quem instale dissipadores e placas de Peltier (iguais aos usados nas malas térmicas refrigeradas de ligar ao isqueiro do carro) aos sensores das maquinas fotográficas mantendo-os a uma temperatura reduzida.
http://hackaday.com/2009/07/23/camera-peltier-cooler/
http://hackaday.com/2006/08/16/water-cooled-ccd/

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.712
  • Helpdesk do sitio
Re: Telescopio
« Responder #24 em: 27 de Setembro de 2012, 10:58 »
Não é bem bem os eletrões a saltar á corda, é ruido de Johnson:

http://en.wikipedia.org/wiki/Johnson%E2%80%93Nyquist_noise
Avr fanboy

Offline LoneWolf

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 763
  • ..Ser ou não ser não tem questão nenhuma...
    • A Visão do Lobo
Re: Telescopio
« Responder #25 em: 27 de Setembro de 2012, 12:36 »
Boas,

Citar
Uma das grandes razões porque o sensor da maquina é refrigerado não tem a ver com o calor gerado pelo telescópio mas sim com o nível de ruído eléctrico que o sensor gera. Isto é, com o calor, os electrões começam aos pulos e geram ruído eléctrico no sensor que vai se convertido em ruído na imagem. Ao fazer uma longa exposição, esse ruído vai-se acumulando podendo transformar o nosso céu negro em algo mais colorido ;). Para reduzir esse ruído à quem instale dissipadores e placas de Peltier (iguais aos usados nas malas térmicas refrigeradas de ligar ao isqueiro do carro) aos sensores das maquinas fotográficas mantendo-os a uma temperatura reduzida.
http://hackaday.com/2009/07/23/camera-peltier-cooler/
http://hackaday.com/2006/08/16/water-cooled-ccd/
Citar
Não é bem bem os eletrões a saltar á corda, é ruido de Johnson:

http://en.wikipedia.org/wiki/Johnson%E2%80%93Nyquist_noise

Exacto o calor que sinto na lente não o sinto quando uso a maquina ;) ....já pesquisei o porque de isso acontecer com a lente mas não encontrei nada ate agora, ....mas também só sinto isso as vezes e não sempre 

Obrigado pelas respostas ;)

Abraço.
Blog: A Visão do Lobo

Nick antigo: kilobyte

Offline c3dr1c

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 854
Re: Telescopio
« Responder #26 em: 30 de Setembro de 2012, 16:41 »
Ruido de Johnson? As coisas que se aprendem ehehe :P

Pois o problema é na fabricação de um espelho é obter a forma. Por isso é que eu nem tento, porque acho que nao ficaria nada de jeito. A não ser que tivesse uma ferramenta de medição para saber se a forma estaria a ficar correcta (talvez para medir a altura e o angulo em varios pontos). Mas mesmo assim deve ser muito dificil.


Quanto ao mylar sujeito a vacuo, a minha duvida é se será que ele adquire a forma correcta paraboloide. Deve ser complicado mas tou numa de tentar (daqui a uns tempos)...

Depois outro problema que pode existir é o mylar ser um pouco transparente. Mas tenho um que tem uma pelicula branca de um lado, que acaba com essa transparência :P


Esse telescopio njay é dobsoniano? Ta fixe o teu site.


Abraços
"O único modo de descobrir os limites do possivel é aventurarmo-nos um pouco para além deles em direcção ao impossivel."

Uma das Três Leis de Arthur C. Clarke

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.551
    • Tróniquices
Re: Telescopio
« Responder #27 em: 30 de Setembro de 2012, 18:50 »
Não é preciso instrumentação especial para verificar a forma do espelho. A técnica utilizada por quem faz (fazia?) esses espelhos utiliza apenas água, uma vela e o olho :)

É um refractor de 70mm de diâmetro, 350mm de raio focal.

StarRider

  • Visitante
Re: Telescopio
« Responder #28 em: 19 de Outubro de 2012, 06:05 »
Boas,

Njay: Essa Astrofesta na Marinha Grande foi no OPR (Observatório Pinhal do Rei) ... e penso que essa palestra
sobre a construção de espelhos Newtonianos foi dada por mim  :D

Sobre a utilização do Mylar para a concepção de um espelho ... seja ele qual for, e apesar de reconhecer o
teu espírito empreendedor,  c3dr1c, nem vale a pena debater o assunto pois nem de longe nem de perto
serve para esse fim.

Agora, o grinding de um espelho Newtoniano dá realmente algum trabalho, mas de uma forma geral os resultados
são supreendentemente bons, mesmo para quem o faz pela primeira vez. Isto porque o próprio método usado para
desbastar o vidro acaba por auto-corrigir qualquer "técnica" menos apurada da pessoa que a esta a realizar.

O problema não é o desbastar do vidro para criar a superfície côncava, nem a medição da sagita (que serve para
determinar a distancia focal do sistema, a tal "forma do espelho"), o problema é espelhar o vidro depois de
concluído o seu desbaste e polimento. Não sei se ainda existe em Portugal alguém que faça a metalização
(alumínio) de superfícies de vidro.

E depois, com a constante invasão dos chinocas, existem no mercados Dobs de 8" a 120 euros, que feitas as
contas fica mais barato do fazer o espelho nós mesmo.

PS: O  Miguel Claro NÃO faz autofotografia , alias, o  Miguel Claro NEM SEQUER tem um telescópio, o que ele
faz é uma fotos de paisagens terrestres com elementos celestes e MUITO trabalho de Photoshop ... e depois
é muito "markting" ... e mais não digo ;)

Os fotões, como qualquer partícula, possuem alguma energia, mas essa energia nem de longe nem de perto vai
conseguir aquecer as ópticas de um telescópio, e mesmo a luz que nos chega a superfície lunar não tem energia
suficiente para isso. Já observar o Sol é totalmente diferente, mas ai o aquecimento tem origem em outros
comprimentos de onda que não a do espectro visível.

Observar o Sol com um telescópio é possível e relativamente simples, basta usar um filtro. O filtro pode ser
uma simples folha de mylar, um filtro H-Alfa, etc, etc, e deve ser montado no tubo do telescópio e nunca na
ocular.

Concluindo, a melhor opção é a compra de um Newtoniano com uma montagem Dob, e depois motorizar a
montagem.

Abraços,
PA
« Última modificação: 19 de Outubro de 2012, 06:12 por StarRider »

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.551
    • Tróniquices
Re: Telescopio
« Responder #29 em: 20 de Outubro de 2012, 14:24 »
No ano do encontro que referi, o PA deu uma palestra sobre astrofotografia de emulsão, a que penso que não assisti, só cheguei a tempo de apanhar a do ETX; foi o CR quem deu a palestra sobre construção de espelhos. És mesmo o PA ou és o CR? Até tenho ideia de ter sido 1º a palestra do CR pq acho q cheguei a meio, talvez tenha havido mudança de programa.
« Última modificação: 20 de Outubro de 2012, 14:29 por Njay »