collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Apresentação por Tech_JA
[Hoje às 09:19]


Palavras Cruzadas por Njay
[Hoje às 08:02]


[Projecto] Bomba Airsoft por SrMorte
[Ontem às 23:51]


Medir Agua que está no Poço por filjoa
[21 de Setembro de 2017, 20:58]


URGENTE - display de 7 segmentos com backpack por helderjsd
[20 de Setembro de 2017, 12:30]


Preços e fabricantes de pcb por Sérgio_Sena
[19 de Setembro de 2017, 10:20]


Isaac Asimov - I, Robot por senso
[18 de Setembro de 2017, 03:41]


ic SL440 da Plessey? por senso
[16 de Setembro de 2017, 13:11]


Compra Colectiva RS-Amidata por brunus
[15 de Setembro de 2017, 22:31]


Ideias para construir um quadrúpede simples por zordlyon
[15 de Setembro de 2017, 10:18]

Autor Tópico: "inverter" transistor  (Lida 1682 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline helderjsd

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 137
"inverter" transistor
« em: 03 de Outubro de 2013, 19:37 »
Boas a todos,
Ora bem, deixo aqui uma duvida que nao estou a conseguir resolver.
Tenho apenas noções basicas de electronica, e hoje deparei-me com algo que nem sabia ser possivel, e nao estou a ver como inverter a situação.

BAsicamente o que quero, é para criar um gadget para um "jogo" (geocaching).

O que quero fazer é ligar um despertador a pilhas a um besouro externo para ter um maior som quando o alarme toca. O som do alarme que tras é extremamente baixo. Ja procurei dezenas de despertadorem pequenos, em lojas dos chinos e afins, e é tudo muito baixo.

Então pensei fazer o seguinte:
- Abrir o relogio (digital), e cortei os fios do besouro que ele tras.
- Um deles, iria ligar a um transistor NPN, e o outro a terra.
- Na entrada do transistor ligava um pilha de 9V, e colocava um besouro de 6/12 volts que comprei na TvLar.
- A saida do transistor ligava a terra comum (as duas terras ligadas uma a outra)
Entre o despertador e o transistor colocava uma resistencia em paralelo, que "descarregava" a terra, para quando nao houvesse sinal.

Ate aqui pareceu-me tudo bem.
Toca a desmanchar, e comecei a tirar medições e a tentar descobrir qual o fio positivo da campainha.
Entao, vi algo que nunca pensei que funcionasse assim.
Entre o negativo da pilha, e os fios do besouro do relogio (tanto num como noutro) tenho SEMPRE 1.5 volts, com o alarme sem tocar.
Como raio é isto possivel? Ou seja, pelo que me parece so toca quando o sinal for zero, e tendo 1.5 esta sempre sem trocar.. Que coisa estranha...

Nao sei que me consegui fazer entender..

Alguem tem alguma solução para isso?

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.125
  • NERD!
Re: "inverter" transistor
« Responder #1 em: 03 de Outubro de 2013, 22:07 »
Precisas de rever essas noções.

Para ligar qq coisa  tens de ter um diferencial de potencial entre 2 pontos. Se os fios estão os dois a 1.5V a diferença entre eles é 0V, logo o besouro está desligado. Para ligar basta puxar um dos fios para 0V (ou mais provávelmente alternar entre 0V e 1.5V à frequência que toca o buzzer)

O besouros dos relógios costumam ser piezoeléctrico. Um "truque" usado para dar um maior volume é ao ligar o  besouro alternar o potêncial dos fios que lhe ligam (com o teu exemplo de 1.5V) entre 0V/1.5V e 1.5V/0V.  Dessa forma o besouro vê uma diferença efectiva entre os seus terminais de 3V, o que aumenta o volume. É um truque muito usado também em amplificadores de áudio.

Já agora os transístores (NPN e PNP) tem base, emissor e colector, não entradas e saídas.


No teu caso, podes separar a alimentação do relógio e do novo buzzer e não deves ter problema. Um dos fios que saem do relógio liga aos 0V da pilha de 9V. O outro liga a uma resistência (1k) que liga à base dum transístor NPN.  O emissor liga também aos 0V , o colector ao novo besouro. O outro pino do besouro liga aos 9V.
Experimentas assim ligado. Se não der, troca os fios que vem do relógio um com o outro. As únicas ligações ao relógio são os fios do besouro original.
Deve ser o suficiente para funcionar.


Offline helderjsd

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 137
Re: "inverter" transistor
« Responder #2 em: 03 de Outubro de 2013, 22:11 »
Boas,
Obrigado pela tua resposta

Efectivamente era isso que tinha pensado, mas tive "receio" de ligar um dos fios aos 0V, da pilha 9V pois ele tem 1.5V

MAs sendo assim vou testar :)

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.125
  • NERD!
Re: "inverter" transistor
« Responder #3 em: 03 de Outubro de 2013, 22:19 »
Tem 1.5V em relação aos 0V do relógio. O potencial em relação a qualquer outra fonte/pilha isolada do relógio é irrelevante.
Não ligues é os 0V do relógio aos 0V da pilha de 9V, senão a solução que te dei não vai funcionar! As únicas ligações são os fios do besouro original.

Offline vicardosof

  • Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 223
Re: "inverter" transistor
« Responder #4 em: 06 de Outubro de 2013, 06:08 »
A ligação com o transistor não me parece muito correcta. Se é para amplificar o sinal, tens de pensar em que faixa o transistor estará a trabalhar para depois calcular as resistências.

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.125
  • NERD!
Re: "inverter" transistor
« Responder #5 em: 06 de Outubro de 2013, 12:25 »
Mas não é para amplificar, é para utilizar o transístor para ligar o novo besouro (em saturação).


Offline vicardosof

  • Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 223
Re: "inverter" transistor
« Responder #6 em: 07 de Outubro de 2013, 23:02 »
Mesmo em saturação é necessário calcular as resistências para que o transistor não queime. Outro detalhe é que a "entrada" sendo aplicada na base e a "saída" no coletor, o sinal será invertido.

Offline helderjsd

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 137
Re: "inverter" transistor
« Responder #7 em: 07 de Outubro de 2013, 23:06 »
Boas,

Assim nao funcionou. Trocava quase inaudivelmente.

Tive de colcoar um PNP e inverter o esquema e funcionou