collapse

* Posts Recentes

Alimentação microfones sinples a condensador por SerraCabo
[Ontem às 15:13]


Transição de Orcad para Kicad por SerraCabo
[Ontem às 14:25]


Eixo "SEXTAVADO" por senso
[Ontem às 12:50]


Compra Colectiva Mouser N5-2018 (~Dezembro 2019) [update] por Hugu
[09 de Dezembro de 2019, 18:14]


Limitador de corrente simples por vasco
[07 de Dezembro de 2019, 17:07]


Baterias Lipo Potentes por jm_araujo
[07 de Dezembro de 2019, 16:03]


Empresas que bobinem alto-falastes ou motores? por fergas
[06 de Dezembro de 2019, 20:12]


Fake's, ICs e transistores por vasco
[03 de Dezembro de 2019, 18:19]


Vídeo: Ferramenta (e 'cartão' preso em pen 3G) por SerraCabo
[02 de Dezembro de 2019, 00:06]


Medidor de indutâncias por SerraCabo
[30 de Novembro de 2019, 23:08]

Autor Tópico: Aplicações Industriais em ARM  (Lida 6496 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.583
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]

Offline Sovietico

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 113
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #16 em: 25 de Janeiro de 2016, 00:50 »
http://www.androidcentral.com/android-work-makes-android-enterprise-ready

Imagina o que é controlar uma tela transportadora com um telemovel android...
Pessoalmente não gostava

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.620
  • Helpdesk do sitio
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #17 em: 25 de Janeiro de 2016, 02:00 »
Sinceramente nem sei se metia linux ao barulho, só mesmo para o interface, temos aqui umas maquinetas que têm ecrãs touch programaveis que falam por serial, tens micro a controlar a coisa ou plc  depois tens o painel com opções todas que só manda comandos/dados por serial, mas se desligares o interface a maquineta trabalha á mesma no modo automático.
Avr fanboy

Offline Sovietico

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 113
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #18 em: 25 de Janeiro de 2016, 12:25 »
Um dos meus objetivos com este tópico era mesmo chegar a uma conclusão sobre o que é mais rentável a nível industrial. Sei que os PLCs são bastante utilizados e não faltam soluções para o que possamos imaginar.  Durante o tópico falou-se nas desvantagens do desenvolvimento e manutenção de uma solução ARM profissional mas agora diz-me uma coisa senso: entre um pc industrial e um micro com um touch o que preferias?

Eu já tive contacto com uns produtos touch da Microchip e a maneira de desenvolver o programa não me agradou muito...

Online KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.322
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #19 em: 25 de Janeiro de 2016, 14:18 »
Um dos meus objetivos com este tópico era mesmo chegar a uma conclusão sobre o que é mais rentável a nível industrial. Sei que os PLCs são bastante utilizados e não faltam soluções para o que possamos imaginar.  Durante o tópico falou-se nas desvantagens do desenvolvimento e manutenção de uma solução ARM profissional mas agora diz-me uma coisa senso: entre um pc industrial e um micro com um touch o que preferias?

Eu já tive contacto com uns produtos touch da Microchip e a maneira de desenvolver o programa não me agradou muito...

Tens de ter atencao que nao podes confundir / comparar um PLC com um microcontrolador / microprocessador.

Um PLC e' um producto acabado feito com um conjunto de varias pecas.
Um microcontrolador/CPU e' uma dessas possiveis pecas.

Offline Sovietico

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 113
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #20 em: 25 de Janeiro de 2016, 14:52 »
Um dos meus objetivos com este tópico era mesmo chegar a uma conclusão sobre o que é mais rentável a nível industrial. Sei que os PLCs são bastante utilizados e não faltam soluções para o que possamos imaginar.  Durante o tópico falou-se nas desvantagens do desenvolvimento e manutenção de uma solução ARM profissional mas agora diz-me uma coisa senso: entre um pc industrial e um micro com um touch o que preferias?

Eu já tive contacto com uns produtos touch da Microchip e a maneira de desenvolver o programa não me agradou muito...

Tens de ter atencao que nao podes confundir / comparar um PLC com um microcontrolador / microprocessador.

Um PLC e' um producto acabado feito com um conjunto de varias pecas.
Um microcontrolador/CPU e' uma dessas possiveis pecas.

Eu estou ao corrente desse aspecto mas tu deves saber, tal como eu sei, que existem ínumeras empresas a utilizarem PLCs para fazer meras funções de ON/OFF que até com contactores fazias...

A questão é: um PLC faz o serviço mas que alternativas tenho com interface gráfica? Essas alternativas compensam no rácio custo vs benefício?

Online KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.322
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #21 em: 25 de Janeiro de 2016, 15:54 »
Eu estou ao corrente desse aspecto mas tu deves saber, tal como eu sei, que existem ínumeras empresas a utilizarem PLCs para fazer meras funções de ON/OFF que até com contactores fazias...

A questão é: um PLC faz o serviço mas que alternativas tenho com interface gráfica? Essas alternativas compensam no rácio custo vs benefício?

Ya.. mas isso acho que dava para abrir um novo topico de discussao :)
As empresas da area industrial, vivem um bocado "num mundo ah parte". Os engenheiros e tecnicos apenas sabem trabalhar com o que lhes e' apresentado pelas empresas da area, que ja tem productos feitos.

Imagino que em muitas situacoes, se podiam resolver coisas "ah la arduino", fazendo o mesmo e ficando muito mais barato. Acontece que eles nao querem trabalhar assim / nao sabem / ou nao tem conhecimentos para isso. Tambem por efeitos de manutencao, preferirao so trabalhar com modulos que possam ser substituidos: tem uma referencia.. podem encomendar.. desligam fios.. ligam.. e ta feito.

Usar solucoes "nao industriais" fica (ou ate pode parecer ficar) mais barato, mas pode ser necessario algum desenvolvimento (que eles nao tem conhecimento) ou pode ser necessario adaptacao/desenvolvimento para adaptar algum interface (electrico.. cabos.. adaptadors de protocolos..)

Eu nao gosto nada da area industrial por esse motivo, pois "nao criam nada por eles", mas respeito e compeendo a razao deles.

No entanto, acredito que existem areas que se possam ir buscar "solucoes nao industriais" e que se possam usar la. Ate porque precisas de ter solucoes em areas /mercados que nao tem o dinheiro para investir como a industria..


"Essas alternativas compensam no rácio custo vs benefício?"

Por isso acho que compensam bastante e podes ter muitos mais benificios.. mas tem de ser aceites / aplicados num area especifica.

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.620
  • Helpdesk do sitio
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #22 em: 25 de Janeiro de 2016, 19:12 »
Certifica um projecto caseiro para uso industrial, e dás garantia que durante 15 ou 20 anos tens sempre peças chegar e encaixar no sitio com 0 configuração?
É tudo muito bonito na teoria, mas na prática a coisa complica-se.

Garantes que o teu código não tem um bug que após X tempo de up time crasha?
Ou problemas de concorrência a ler sensores?
Estabilidade?
Vai ser resistente a humidade, variações de temperatura, vibração?
Avr fanboy

Online KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.322
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #23 em: 25 de Janeiro de 2016, 22:57 »
Nao eh para dizer a ninguem... mas eu uma vez resolvi um problema de design numa maquina industrial com um bocado de "esferovite" e o gajo do cliente estava la e sabia da coisa :P

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.583
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #24 em: 25 de Janeiro de 2016, 23:13 »
Nao eh para dizer a ninguem... mas eu uma vez resolvi um problema de design numa maquina industrial com um bocado de "esferovite" e o gajo do cliente estava la e sabia da coisa :P
"Decomposição do Esferovite – 1 milhão de anos ou mais"
tinha sido pior se tivesses usado um bocado de madeira!.. XD


Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.620
  • Helpdesk do sitio
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #25 em: 25 de Janeiro de 2016, 23:19 »
O esferovite não é dos materiais mais estaveis do mundo Hugo, comprime com tempo, e comprimido e por mais ligeira que seja a vibração racha e desfaz-se todo.
Avr fanboy

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.583
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #26 em: 25 de Janeiro de 2016, 23:54 »
O esferovite não é dos materiais mais estaveis do mundo Hugo, comprime com tempo, e comprimido e por mais ligeira que seja a vibração racha e desfaz-se todo.
lol o meu comentário ao kamu foi uma piada! :P

Offline Sérgio_Sena

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 1.646
    • Electronic Gear for Musicians
Re: Aplicações Industriais em ARM
« Responder #27 em: 26 de Janeiro de 2016, 09:52 »
Tenho andando com uma questão na cabeça que não consigo responder por mim mesmo.
Talvez seja falta de experiência na área ou então nao tenho andado a pesquisar pelos termos certos.

A minha questão é:

Vamos supor que eu utilizo o Raspbeery Pi com o touchscreen oficial e faço uma app toda bonita a controlar uns IO e tal.
Se eu quiser transformar isso num produto industrial, por exemplo, para uma máquina, como é que a coisa se desenrola?
Vou andar a comprar Raspberry Pi aos pontapés ou há um método semelhante ao dos microcontroladores (prototipar, desenhar PCB e finalizar)?

Isto tudo partindo do assunto que é vantajoso optar por um sistema que tem um SO por trás.



Um exemplo, tens os OMAP da TI. Sao core Cortex-A5/A8, correm Linux, display, touch, HDD, wireless.... a cena habitual.
Estes facilmente se compram por catalogo ou pelo distribuidor em pequena quantidade.
Vais obviamente necessitar de um EMS p te montar isso pois sao milhoes de bolas BGA.

Mas o procedimento eh sempre o mesmo:  design, prototipo, producao, teste.
Passando por fazer esquematicos, PCB layout, documentacao p producao, fabrico de maquinaria e software p testes de producao, etc.


Mas...... o teu sistema necessita mesmo de um OS ou RTOS por tras ?
Visto q tens ecran e apps a correr, parece q sim. No entanto, ja vi Apps dessas a correr em core PIC32 e ARM Cortex-M, q nao tinham RTOS. TUdo ah maneira antiga com maquinas de estados. E corria mais depressa.