collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

[Projecto] Bomba Airsoft por jm_araujo
[Hoje às 16:54]


Palavras Cruzadas por Njay
[Hoje às 15:47]


Apresentação por Tech_JA
[Hoje às 09:19]


Medir Agua que está no Poço por filjoa
[21 de Setembro de 2017, 20:58]


URGENTE - display de 7 segmentos com backpack por helderjsd
[20 de Setembro de 2017, 12:30]


Preços e fabricantes de pcb por Sérgio_Sena
[19 de Setembro de 2017, 10:20]


Isaac Asimov - I, Robot por senso
[18 de Setembro de 2017, 03:41]


ic SL440 da Plessey? por senso
[16 de Setembro de 2017, 13:11]


Compra Colectiva RS-Amidata por brunus
[15 de Setembro de 2017, 22:31]


Ideias para construir um quadrúpede simples por zordlyon
[15 de Setembro de 2017, 10:18]

Autor Tópico: Compra de LED e respetivo Driver  (Lida 2966 vezes)

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Compra de LED e respetivo Driver
« em: 09 de Junho de 2016, 10:16 »
Bom dia,



Há  por aí algum entendido em LEDs que me dê aqui uma ajuda? Ando a ler uma data de coisas na internet sobre LED's e como fazer drive e cada vez fico com mais dúvidas.


Quero comprar um LED e driver. Acho que o led está decidido, será um Bridgelux  BXRC-56G10K0-L-24.

Escolhi este LED por várias razões, preciso de um LED potente, com elevado CRI, temperatura de cor a rondar os 5500k e um preço acessível. O objectivo desta luz é iluminar imagens onde a revelação das cores é da maior importância.
Ainda andei a ver uns CREE da série CXB3590 mas com estas características ou semelhantes penso que não valerá a pena a diferença porque o preço já ronda os 100€.


Passando ao driver.
Li em vários sítios que os LEDs são "guiados" pela amperagem mas também sei que a voltagem "puxada" é influenciada pela amperagem e vice-versa logo aqui não percebo como é  que se pode escolher um driver que não permita ajustar ambos (CC e CV drivers). Vi em algum lado que se souber a corrente a que quero fazer drive do LED, que os sistemas CC têm  tendência a ser mais eficientes.
Li também  que existe a forma analógica de dimar LED's que é má porque rebenta com a energia que não vai para o LED e para além disso muda a temperatura da cor porque muda a potência passada para o LED. Continuei e aprendi que os PWM's eram "interruptores" que ligam e desligam tão rápido e de forma imperceptível dando a ilusao de uma luz dimada.
Já  sei que a escolha do driver é importantíssima e que vai definir a boa performance e durabilidade do LED entre outras coisas, por isso é que criei este tópico em vez de avançar à cavalo com uma escolha minha, de qualquer forma deixo aqui o que tinha em vista: [ur=http://www.tme.eu/en/details/lpc-150-3150/led-power-supplies/mean-well/]Meanwell 150w[/url]
Qual seria um bom driver para este LED?
Como este LED foi a melhor opção  que encontrei e está  na digikey prefiro comprar a driver na mesma loja para sair mais barato embora o feedback da Meanwell seja bom e a digikey não distribua dessa marca.


Mais importante do que me indicarem um driver era uma explicação simples e tirarem-me umas dúvidas.
E passo a colocar algumas questões que já pesquisei resposta e fiquei mais ou menos na mesma:
Porquê um driver CV ou CC?
Como é  que consigo a exacta amperagem e voltagem sendo que um dos dois nunca é ajustável? Ou só preciso de definir a amperagem para o LED puxar a voltagem correcta?
Porquê a escolha de vários LEDs pequenos em vez de um grande com os mesmos Lumens?
Optando por ter vários LEDs é melhor ligá-los em série ou paralelo?



Cumprimentos,
Diogo
« Última modificação: 09 de Junho de 2016, 11:32 por caxuda »

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #1 em: 09 de Junho de 2016, 12:37 »
Entao aqui vai a minha ajuda.

- Os LEDs controlam-se em corrente. Porque? nao sei, e' o que esta na datasheet. Diz la algures: "rate current".

Essa corrente e' visto como corrente media (RMS). Pode haver um ripple.

A corrente nao 'e a unica limitacao, outra limitacao 'e a temperatura. Ele pode funcionar a essa "rate current" se mantiver dentro da gama de temperatura definida.

- Tipicamente a intensidade dos LEDs e' controlada por PWM no driver. I.e o driver permite ser controlado por PWM. Se precisas de controlar a intensidade, tens de usar um driver que possa controlar por PWM.
Ele vai fazer com que a corrente media no LED diminua (por aumento do ripple), para o olho humano, interessa que a frequencia do PWM seja de forma a nao causa diferenca (typ: ~150Hz)

O driver tem a funcao de manter uma corrente estavel (no caso sem PWM) no LED. Para isso, ele vai fornecendo tensao por uma bobine e controlando essa corrente.
Obviamente estou a falar de drivers switched e nao lineares.
Do ponto de vista da tensao no LED, tu verificas que a tensao se mantem estavel tambem.

"Os LEDs controlam-se em corrente. Porque? nao sei"
Ate sei..
Porque o comportamento dos LEDs 'e relativo ah corrente que passa por eles e nao pela tensao.
Ou seja, eles produzem determinados lumens para a corrente especificada.
Como o processo de fabrico nao eh perfeito (por exemplo a resistencia interna diferente entre LEDs) isso faz com que seja necessario um Vf ligeiramente diferente de LED para LED para ter a mesma corrente.
Por isso os leds sao controlados em corrente e o driver ajusta mais para cima ou mais para baixo a tensao de modo a manter a corrente que foi programada.


> Porquê a escolha de vários LEDs pequenos em vez de um grande com os mesmos Lumens?

Podem haver muitos motivos, os principais sao:
- Comerciais
- Mecanicos
- Dissipacao de potencia == temperatura (mecanicos portanto)

Talvez em alguns casos seja mais facil dissipar a temperatura espalhando os LEDs, enquanto que se tiveres um LED apenas, tens de garantir uma muito boa dissipacao para aquele espaco.

Existe tambem um outro motivo importante: optico.
Podem querer fazer diferentes efeitos opticos recorrendo a varios LEDs.
Um problema costuma ser encadeamento. Se empresas produzirem lampadas que tenham de seguir normas relativas a encadeamento, nao podem concentrar muito a luz.

> Optando por ter vários LEDs é melhor ligá-los em série ou paralelo?

Eh igual. .. mas existem muitos "tradeoffs" a ter em conta em uma ou outra situacao. Ia ter de escrever muito mais :)

Boa sorte!
Posta os resultados!

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.088
    • Tróniquices
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #2 em: 09 de Junho de 2016, 13:30 »
> Optando por ter vários LEDs é melhor ligá-los em série ou paralelo?

Ligar em série, porque em paralelo não garante que a corrente fica igualmente distribuída (eu sei, as lanternas dos chineses blá blá blá; fazer bem (eficiência, durabilidade) é controlar a corrente por LED, ou tens a garantia de que os LEDs são "iguaizinhos" e submetidos à mesma temperatura).
A desvantagem é que quanto mais LEDs em série, maior a tensão de alimentação necessária, excepto se o driver for do tipo boost ou buck-boost (não faço ideia se há tais drivers).

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #3 em: 09 de Junho de 2016, 14:16 »
> Optando por ter vários LEDs é melhor ligá-los em série ou paralelo?

Ligar em série, porque em paralelo não garante que a corrente fica igualmente distribuída (eu sei, as lanternas dos chineses blá blá blá; fazer bem (eficiência, durabilidade) é controlar a corrente por LED, ou tens a garantia de que os LEDs são "iguaizinhos" e submetidos à mesma temperatura).
A desvantagem é que quanto mais LEDs em série, maior a tensão de alimentação necessária, excepto se o driver for do tipo boost ou buck-boost (não faço ideia se há tais drivers).

Isso faz parte dos "tradeoffs". Os chineses e os nao chineses tem os mesmos "tradeoffs", no final, e' a penas uma decisao de escolhas.

Idealmente os LEDS teriam 1 driver por LED, mas geralmente isso prejudicava muito o aspecto "Comerciais" (nao 'e financeiramente viavel).

Em seguida, costuma-se usar em serie, com uma string que va ate ah tensao que tens disponivel.
Dependendo dos numero de LEDs que vas usar e da tensao que tens para alimentar.

Mas quando quiseres ter mais LEDs e a string ja esta a chegar aos limites da tensao que tens disponivel, entao passas para paralello ("ah chines" .. Dizemos ai os Chineses, mas no final as solucoes sao as mesmas ou pouco diferem)

Claro que colocando em paralello (de strings) o driver precisa de maior corrente, e isso aumenta o tamanho do circuito, custos etc.

Tambem tens a solucao como dizes boost, mas aumentar a tensao da string, implica aumenta o consumo de corrente do circuito, que podes nao ter disponivel (imagina que estas a tirar corrente de baterias ou de algo que tem corrente limitada)
Idealmente tem-se disponivel uma fonte de tensao ligeiramente maior do que a necessaria para a string de LEDs a usar.

and so on..

> ou tens a garantia de que os LEDs são "iguaizinhos" e submetidos à mesma temperatura

Geralmente consegues.. ou essas diferencas sao minimizadas. Os LEDs estao encostados uns aos outros e sofrem todos do mesmo problema (temperatura) que partilham entre si.
Em caso de strings grandes (em paralello) tens que por "aleatoridade" as diferencas vao se anular.
Se nao se anularem e forem ligeiramente diferentes, tens uma string com mais corrente e outra com menos, mas se tudo estiver bem feito, nao 'e muito significativo.
"Teoricamente" o unico problema disso e' que passado xxxxxx horas a string que tem mais corrente vai-se comecando a danificar e emitindo menos luz.
Para o consumo do dia a dia isso nao e' significativo e os chineses, e bem IMO, cortam caminho..


Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #4 em: 09 de Junho de 2016, 14:31 »
Antes de mais OBRIGADO pelas vossas respostas! Acho que vai ficar aqui um tópico interessante para qualquer um que perceba pouco e queira mexer em LED's.


Lidas as vossas respostas fiquei mais esclarecido, contudo mantenho algumas questões e faço outras:
Se eu ligar um LED de 38V e 2.1A a uma fonte de alimentação DC normal (não um LED driver) de por exemplo 50v e 2.1v o quê que acontece?
Se o LED é controlado pela amperagem supostamente só vai puxar a voltagem necessária, 38V certo?
A ser verdade então o quê que o LED Driver faz a mais que uma fonte DC normal?
Se não for verdade expliquem-me e faço também a seguinte pergunta: Então porquê que se diz que os LED's são controlados pela corrente/amperagem?

Porquê escolher um driver CV ou CC?

Já agora e para perceber a vossa conversa, qual o significado da palavra "strings" neste tema?

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #5 em: 09 de Junho de 2016, 14:51 »
> Se eu ligar um LED de 38V e 2.1A a uma fonte de alimentação DC normal (não um LED driver) de por exemplo 50v e 2.1v o quê que acontece?

Bom, antes de mais, queres mostrar-me um LED que tenha um Vf de 38V ? (nao estou actualizado com a tecnologia)
O Vf do LED significa que se lhe forneceres uma tensao Vf, ele vai consumir a corrente nominal.
Mas essa e' a tensao Vf tipica, e' a tal que altera ligeiramente.
Se ligares a uma fonte normal, o que vez e' que para a tensao Vf que lhe colocares, vez que ele consome aproximadamente a corrente nominal esperada.

Dica: usa fontes de alimentacao nas experiencias limitando a corrente maxima para nao causar fumo..


> Se o LED é controlado pela amperagem supostamente só vai puxar a voltagem necessária, 38V certo?

O driver vai colocar o LED (ou string / paralello de LEDs) com a tensao necessaria a obter a corrente para que o driver foi programado.
Nota: Pode haver casos que a corrente que se programa no driver nao 'e igual ah dos LEDs, por exemplo se tiveres 2 (strings) de LEDs em paralelo, a corrente do driver tera de ser o dobro (para distribuir pelas duas).


> A ser verdade então o quê que o LED Driver faz a mais que uma fonte DC normal?

O driver LED faz com que a corrente da (string de) LEDS seja (RMS) constante (saida corrente constante)
Uma fonte de tensao DC normal, faz com que a tensao ah sua saida seja constante (independente da corrente que eh consumida)


> Então porquê que se diz que os LED's são controlados pela corrente/amperagem?

Ja expliquei anteriormente essa questao: porque as propriedades fisicas dos elementos/compostos/nao sei.. que emitem fotoes, tem um funcionamento linear em relacao ah corrente que lhe e' atravessada. (e nao em relacao ah tensao)


> Porquê escolher um driver CV ou CC?

Os LEDs funcionam por corrente constante, logo, tem de ser controlados por uma fonte de corrente.


> Já agora e para perceber a vossa conversa, qual o significado da palavra "strings" neste tema?



Lado esquerdo: Uma string de LEDs (LEDs em serie)
Lado direito: Duas strings de LEDs em paralello. (paralelo de strings)

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.088
    • Tróniquices
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #6 em: 09 de Junho de 2016, 14:55 »
As lanternas "chinesas" vão-se safando também porque têm LEDs pequenos.

As lanternas solares de jardim usam conversores boost para acender o LED a partir de uma AA recarregável.
Podemos dizer que a função do condensador de entrada do conversor é fazer com que a fonte de alimentação veja uma corrente constante ("constante" com o habitual grão de sal da electrónica). Claro que há uma penalidade de consumo pela existência do conversor.

"string" é um conjunto de "muitos" LEDs em série.

> Se eu ligar um LED de 38V e 2.1A a uma fonte de alimentação DC normal (não um LED driver) de por exemplo 50v e 2.1v o quê que acontece?

Depende das características da fonte, mas em geral não é boa ideia.
Já agora, o símbolo do volt é um V maiúsculo. A capitalização importa. Por exemplo s e S são 2 unidades diferentes, a 1ª é "segundo" e a 2ª é "siemens".
E penso que quando disseste "50v e 2.1v" querias dizer "50V 2.1A".

> Se o LED é controlado pela amperagem supostamente só vai puxar a voltagem necessária, 38V certo?

Tensão não "se puxa".

> A ser verdade então o quê que o LED Driver faz a mais que uma fonte DC normal?

É uma fonte CC - corrente contínua. Uma fonte DC normal é uma fonte CV - tensão constante (excepto quando, caso o suporte, entra em protecção/limitação de corrente, aí transforma-se numa fonte CC).

> Se não for verdade expliquem-me e faço também a seguinte pergunta: Então porquê que se diz que os LED's são controlados pela corrente/amperagem?

A luminosidade instantânea do LED é proporcional à corrente que o atravessa. Dito isto, o que tens que controlar é a corrente que passa através do LED. Essa "tensão" que anda à mistura nas specs do LED, que pode ser chamada Vfw, é uma quebra de tensão que o LED causa quando está a ser atravessado por uma corrente. Um LED é um díodo, se perceberes um díodo também percebes um LED.

> Porquê escolher um driver CV ou CC?

Em geral, para um LED tem que ser CC.

Quando tens algo controlado por tensão, controlas variando a tensão - quando varias a tensão, a corrente pode ou não mudar, dependendo do que é a carga. Quando tens algo controlado por corrente, controlas variando a tensão de tal modo que a corrente seja aquela que pretendes. Ou seja, tens que estar a olhar para a corrente e ter uma mão no pot que controla a tensão; se a corrente baixar do valor que queres, tens que aumentar um pouco a tensão, se a corrente for acima do valor que queres, tens que mexer no pot para baixar a tensão. É assim que funciona uma fonte CC, ou um driver de LED.

Esses LEDs têm Vfw altos porque são fabricados internamente como uma string de LEDs (um monte de LEDs em série, acho que também em paralelo).
« Última modificação: 09 de Junho de 2016, 15:03 por Njay »

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #7 em: 09 de Junho de 2016, 15:11 »
KammutierSpule,
O LED é um Bridgelux BXRC-56G10K0-L-24, fica aqui o link do datasheet, se pesquisares o modelo no pdf aparece logo:
http://www.bridgelux.com/sites/default/files/resource_media/DS34%20Bridgelux%20Vero%20Decor%20Data%20Sheet%20Rev%20C.pdf

Este LED funciona a 36.8V e não 38V (mas pode funcionar até 40.4V pelo menos), mas tens dentro da mesma marca e serie modelos a funcionar a 38V.


Agora tenho de digerir isto tudo LOL, já digo qualquer coisa.

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #8 em: 09 de Junho de 2016, 15:46 »
KammutierSpule,
O LED é um Bridgelux BXRC-56G10K0-L-24, fica aqui o link do datasheet, se pesquisares o modelo no pdf aparece logo:
http://www.bridgelux.com/sites/default/files/resource_media/DS34%20Bridgelux%20Vero%20Decor%20Data%20Sheet%20Rev%20C.pdf

Pois.. esses LEDs especiais, talvez seja como Njay diz e sao internamente fabricados em strings em paralelo ou paralelo de strings.
A datasheet esta bastante completa.

Nao percebi foi a utilizacao, porque precisas de um LED deste tipo?

"objectivo desta luz é iluminar imagens onde a revelação das cores é da maior importância.
Ainda andei a ver uns CREE da série CXB3590 mas com estas características ou semelhantes penso que não valerá a pena a diferença porque o preço já ronda os 100€."

Um LED deste tipo e' para fazer projectores, e' muita potencia concentrada, nao olhes directamente para luz.. coloca algo em cima a tapar.
Nao estou a entender a aplicacao, mas dependendo das restricoes, deverias conseguir a mesma iluminacao recorrendo a LEDs mais pequenos.

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #9 em: 09 de Junho de 2016, 18:47 »
Citar
Pois.. esses LEDs especiais, talvez seja como Njay diz e sao internamente fabricados em strings em paralelo ou paralelo de strings.
Agora que sei o que é uma string em electronica posso-te responder ;D .
Quanto a isso não tenho duvidas que sim, é por isso que muitos destes LED's estão disponíveis também no dobro da voltagem original e com metade dos amperes. Como por exemplo o seguinte que está disponível em 3 versões 9v, 18v e 36v:
CREE CXA1304 Datasheet
Deixo também aqui uma imagem que penso que reflecte isso mesmo:


Agora que penso nisto acho que é o que acontece com tudo o que são LED Arrays.

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #10 em: 09 de Junho de 2016, 19:19 »
esqueci-me de te responder ao resto...

Citar
Nao percebi foi a utilizacao, porque precisas de um LED deste tipo?
Estou a desenvolver uma luz técnica para iluminação de imagens em grande formato impressas em tela, lona, vinil...

Citar
Um LED deste tipo e' para fazer projectores, e' muita potencia concentrada, nao olhes directamente para luz.. coloca algo em cima a tapar.
A luz é projectada dum ponto pequeno mas espalha bastante a luz, na verdade este tem uma abertura de 120º o que está perto do ideal.

Citar
Nao estou a entender a aplicacao, mas dependendo das restricoes, deverias conseguir a mesma iluminacao recorrendo a LEDs mais pequenos.
Não estou muito preocupado com este ponto porque a luz nunca estará a apontar para pessoas, apenas contra uma "parede".
De qualquer forma já andei a ver difusores de luz para espalhar a luz de forma mais uniforme e devo incluir um vidro/acrílico à frente do LED para fazer de difusor:

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #11 em: 09 de Junho de 2016, 21:22 »
Sei que ainda nao entendi completamente a ideia,
mas se e' para iluminar uma grande area e se procuras uniformidade (porque queres tambem usar um difusor) entao se calhar precisas de varios LEDs.

Repara que a difusao da intensidade da luz nao 'e igual em todos os angulos. No centro tem mais intensidade e vai decaindo: ve a "Figure 21: Typical Polar Radiation Pattern"

Mas depende do tamanho dessa tela e da distancia, teras mais ou menor diferenca.

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #12 em: 09 de Junho de 2016, 22:35 »
O que eu quero fazer é algo do seguinte género:

Para iluminar coisas tipo isto:


O problema é que estes projectores têm especificações anunciadas completamente irreais, má qualidade de luz que se traduz numa má revelação da imagem, das cores e são sistemas por vezes pouco fiáveis.
Depois existem sistemas caríssimos de marcas muito conceituadas como a cree que ficam completamente fora de qualquer orçamento.


Para a mesma potência não encontrei uma solução do mesmo valor com LED's mais pequenos, mas confesso que também não enveredei muito por aí.
Não sei até que ponto vários LED's me vão distribuir assim tão melhor a luz, mas até acredito que funcione porque as luzes de estúdio são mesmo assim.


Agora vou dar uma voltinha, mas daqui a pouco quando voltar para casa vou ler os vossos posts com calma e depois vou procurar uma boa solução com vários LED's e depois logo posto aqui e comparo as duas opções.

Estão a ser uma grande ajuda!

Offline KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.123
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #13 em: 10 de Junho de 2016, 09:35 »
Para iluminar coisas tipo isto:


Para a mesma potência não encontrei uma solução do mesmo valor com LED's mais pequenos, mas confesso que também não enveredei muito por aí.
Não sei até que ponto vários LED's me vão distribuir assim tão melhor a luz, mas até acredito que funcione porque as luzes de estúdio são mesmo assim.

Pois, mas tambem nao estou a dizer LEDs tao pequenos.
Estou a ver que ai tens outro tradeoff, se calhar vais ter de usar varios projectores para iluminar a tela toda
E depois tens os suportes para a iluminacao. (que devem ter um custo).

O que questionei em relacao a esse LED que queres usar, e' que tenho a percepcao que podera ser mais caro em relacao a outras solucoes por ser uma solucacao muito compacta e base de aluminio.

Tens por exemplo coisas assim:


Outra pergunta: e porque queres desenvolver a iluminacao e o driver? Porque nao a opcao de comprar algo ja feito?

Offline caxuda

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Compra de LED e respetivo Driver
« Responder #14 em: 10 de Junho de 2016, 15:55 »
> Se eu ligar um LED de 38V e 2.1A a uma fonte de alimentação DC normal (não um LED driver) de por exemplo 50v e 2.1v o quê que acontece?

Bom, antes de mais, queres mostrar-me um LED que tenha um Vf de 38V ? (nao estou actualizado com a tecnologia)
O Vf do LED significa que se lhe forneceres uma tensao Vf, ele vai consumir a corrente nominal.
Mas essa e' a tensao Vf tipica, e' a tal que altera ligeiramente.
Se ligares a uma fonte normal, o que vez e' que para a tensao Vf que lhe colocares, vez que ele consome aproximadamente a corrente nominal esperada.

Dica: usa fontes de alimentacao nas experiencias limitando a corrente maxima para nao causar fumo..


> Se o LED é controlado pela amperagem supostamente só vai puxar a voltagem necessária, 38V certo?

O driver vai colocar o LED (ou string / paralello de LEDs) com a tensao necessaria a obter a corrente para que o driver foi programado.
Nota: Pode haver casos que a corrente que se programa no driver nao 'e igual ah dos LEDs, por exemplo se tiveres 2 (strings) de LEDs em paralelo, a corrente do driver tera de ser o dobro (para distribuir pelas duas).


> A ser verdade então o quê que o LED Driver faz a mais que uma fonte DC normal?

O driver LED faz com que a corrente da (string de) LEDS seja (RMS) constante (saida corrente constante)
Uma fonte de tensao DC normal, faz com que a tensao ah sua saida seja constante (independente da corrente que eh consumida)


> Então porquê que se diz que os LED's são controlados pela corrente/amperagem?

Ja expliquei anteriormente essa questao: porque as propriedades fisicas dos elementos/compostos/nao sei.. que emitem fotoes, tem um funcionamento linear em relacao ah corrente que lhe e' atravessada. (e nao em relacao ah tensao)


> Porquê escolher um driver CV ou CC?

Os LEDs funcionam por corrente constante, logo, tem de ser controlados por uma fonte de corrente.


> Já agora e para perceber a vossa conversa, qual o significado da palavra "strings" neste tema?



Lado esquerdo: Uma string de LEDs (LEDs em serie)
Lado direito: Duas strings de LEDs em paralello. (paralelo de strings)



As lanternas "chinesas" vão-se safando também porque têm LEDs pequenos.

As lanternas solares de jardim usam conversores boost para acender o LED a partir de uma AA recarregável.
Podemos dizer que a função do condensador de entrada do conversor é fazer com que a fonte de alimentação veja uma corrente constante ("constante" com o habitual grão de sal da electrónica). Claro que há uma penalidade de consumo pela existência do conversor.

"string" é um conjunto de "muitos" LEDs em série.

> Se eu ligar um LED de 38V e 2.1A a uma fonte de alimentação DC normal (não um LED driver) de por exemplo 50v e 2.1v o quê que acontece?

Depende das características da fonte, mas em geral não é boa ideia.
Já agora, o símbolo do volt é um V maiúsculo. A capitalização importa. Por exemplo s e S são 2 unidades diferentes, a 1ª é "segundo" e a 2ª é "siemens".
E penso que quando disseste "50v e 2.1v" querias dizer "50V 2.1A".

> Se o LED é controlado pela amperagem supostamente só vai puxar a voltagem necessária, 38V certo?

Tensão não "se puxa".

> A ser verdade então o quê que o LED Driver faz a mais que uma fonte DC normal?

É uma fonte CC - corrente contínua. Uma fonte DC normal é uma fonte CV - tensão constante (excepto quando, caso o suporte, entra em protecção/limitação de corrente, aí transforma-se numa fonte CC).

> Se não for verdade expliquem-me e faço também a seguinte pergunta: Então porquê que se diz que os LED's são controlados pela corrente/amperagem?

A luminosidade instantânea do LED é proporcional à corrente que o atravessa. Dito isto, o que tens que controlar é a corrente que passa através do LED. Essa "tensão" que anda à mistura nas specs do LED, que pode ser chamada Vfw, é uma quebra de tensão que o LED causa quando está a ser atravessado por uma corrente. Um LED é um díodo, se perceberes um díodo também percebes um LED.

> Porquê escolher um driver CV ou CC?

Em geral, para um LED tem que ser CC.

Quando tens algo controlado por tensão, controlas variando a tensão - quando varias a tensão, a corrente pode ou não mudar, dependendo do que é a carga. Quando tens algo controlado por corrente, controlas variando a tensão de tal modo que a corrente seja aquela que pretendes. Ou seja, tens que estar a olhar para a corrente e ter uma mão no pot que controla a tensão; se a corrente baixar do valor que queres, tens que aumentar um pouco a tensão, se a corrente for acima do valor que queres, tens que mexer no pot para baixar a tensão. É assim que funciona uma fonte CC, ou um driver de LED.

Esses LEDs têm Vfw altos porque são fabricados internamente como uma string de LEDs (um monte de LEDs em série, acho que também em paralelo).

Então imaginemos que eu ligo um LED que deve funcionar a 12V e 2A a uma fonte DC de 12V e 10A. O quê que acontecia neste caso?
O LED ia puxar mais corrente do que devia e lixava-se tudo, ou só puxava o necessário? É que se eu vos conto o que fiz....


Para iluminar coisas tipo isto:


Para a mesma potência não encontrei uma solução do mesmo valor com LED's mais pequenos, mas confesso que também não enveredei muito por aí.
Não sei até que ponto vários LED's me vão distribuir assim tão melhor a luz, mas até acredito que funcione porque as luzes de estúdio são mesmo assim.

Pois, mas tambem nao estou a dizer LEDs tao pequenos.
Estou a ver que ai tens outro tradeoff, se calhar vais ter de usar varios projectores para iluminar a tela toda
E depois tens os suportes para a iluminacao. (que devem ter um custo).

O que questionei em relacao a esse LED que queres usar, e' que tenho a percepcao que podera ser mais caro em relacao a outras solucoes por ser uma solucacao muito compacta e base de aluminio.

Tens por exemplo coisas assim:


Outra pergunta: e porque queres desenvolver a iluminacao e o driver? Porque nao a opcao de comprar algo ja feito?

Os melhores LED's que arranjei pequenos foram os CREE serie XHP70. São uns LED's novos da CREE, fica a PAGINA DE PRODUTO

Estes LED's vão até aos 4022 lumens mas devem-se tornar tão pouco eficientes nestes valores. É que eles anunciam 1000 e tal lumens a funcionar a uma potência média.
Que vos parece?
Nem se que valores de voltagem e amperagem é que tinha de lá pôr para dar tanta luz.

Nesta hipótese teria de fazer uma PCB que faça de contacto para o cooler, ou então comprar umas já feitas, as stars:

De qualquer foram preferia fazer à medida.


Eu já procurei e não encontro nada a preços aliciantes com as características que eu quero. Ou seja, algo feito com material reconhecido que emita muita luz e com qualidade e que seja fiável. Mas se encontrares por favor partilha.

De qualquer forma a maior razão para eu estar a fazer isto é apetecer-me ;D


Logo à noite se tiver tempo vou comparar as duas hitpóteses, depois partilho a conclusão a que cheguei.