collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

Compra colectiva seeedstudio por jm_araujo
[Ontem às 23:55]


Robot Wars International Special por beirao
[Ontem às 22:52]


Docker por nnr
[Ontem às 13:41]


Comprar transformador de +/-12Volts por jm_araujo
[Ontem às 10:16]


Embedded World 2018 por KammutierSpule
[Ontem às 09:05]


Esquema Fonte Bancada por almamater
[Ontem às 08:13]


Meu projecto - Arm Robot com arduino por Diogo Bento
[11 de Dezembro de 2017, 23:18]


Ajuda Projecto IR / RF por dio123
[09 de Dezembro de 2017, 10:53]


Drivers Arduino UNO! por dio123
[09 de Dezembro de 2017, 10:46]


Problema em converter codigo C arduino para C + Pigpio na raspberry por vasco
[08 de Dezembro de 2017, 19:22]

Autor Tópico: Como fui roubado pela DHL  (Lida 692 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.181
  • NERD!
Como fui roubado pela DHL
« em: 13 de Setembro de 2016, 17:19 »
Encomendei recentemente um kit de uma impressora 3D vindo da China. O preço era bom, paguei 210€ com envio incluído pela DHL. Sabia que a esse valor iria ter de somar para a alfândega os 23% do IVA (48€), mais outro valor à DHL "pelos serviços prestados no desalfandegamento", estimado em +/-35€ pelo que lia online. Este último valor já me custava pagar pois se o remetente pagou à DHL para entregar uma encomenda em Portugal, e se todas as encomendas provenientes de fora da UE têm de passar na alfândega, não se percebe porque não está já incluído nos custos de envio. A alternativa para não se pagar é ser o destinatário a tratar do desalfandegamento e levantar a encomenda, e nesse caso a DHL já não entrega a mesma, serviço para o qual foi paga pelo remetente. O destinatário sai sempre prejudicado mas quando encomendei assumi por conveniencia pagar essa taxa extra à DHL para que a encomenda me fosse entregue em casa e tratassem da burocracia alfandegária de forma (supostamente) eficiente.

Quando a encomenda chegou a Portugal foi-me pedido um "comprovativo de pagamento" ou "ordem de compra do site", porque "o valor declarado deve ter suscitado dúvidas" na fatura que tinha sido enviada pelo vendedor. E enviei um printscreen da página do site onde encomendei, com os 210€ que tinha pago.
A surpresa chegou com a fatura dos direitos alfandegários, pelo valor total de 230€! Fiquei completamente atónito, tinha de pagar mais ao transportador em Portugal para receber a encomenda do que o que paguei (com portes incluidos) ao vendedor!
Pedi imediatamente esclarecimentos: a explicação que me deram é que como no printscreen não tinha o valor dos portes, indicaram à alfândega que o custo dos mesmos foram de 330€ e a alfândega para cálculo do IVA e outros direitos soma-os aos 210€, que dá um "valor aduaneiro" de 540€ (que aparentemente já não suscitava dúvidas)! E como o valor "pelos serviços prestados no desalfandegamento" é calculado com base no "valor aduaneiro" (os 540€), em vez dos 35€ passaram para 98€.
A justificação para os 330€ é que a DHL considera o custo do envio do destino para a origem (sentido inverso). É ridículo porque os custos são assimétricos trocando o destino com a origem e O REMETENTE PAGOU À DHL PELO ENVIO. Mas diz ignorar esse valor e assim aumentam o que recebem pelos "serviços prestados no desalfandegamento", além do valor a pagar à alfândega.

Querendo corrigir a situação, pedi à DHL se podia retificar os dados, mas responderam que tinha o custo de 62.5€ de coima por alteração de valores, mais 85€ para a DHL pelo pedido de retificação, somado dá 147.5€, mais do que poderia vir a recuperar e portanto desisti dessa solução.

No fim quando recebo a encomenda em casa pago os 230€, e o valor final acabou por ficar nos 440€. Concordei pagar porque estava numa situação de extorsão: ou pagava os 230€ para receber o que encomendei, ou recusava e perdia os 210€ que tinha pago ao vendedor.

Uma última estocada é que o valor dos portes de 330€ foi obtido com base no peso bruto de 8.1kg (indicado pela DHL), mas a encomenda chegou-me com uma etiqueta por fora da própria DHL a indicar que a mesma tinha um peso de 6.5kg. Infelizmente não tive como confirmar qual era o peso certo.

Já agora a quem interesse, a impressora é uma TEVO Tarantula, e é excelente pelo preço. Não sei se vale os 440€, mas pelos 260€ que devia ficar (com custos de alfândega, mas sem DHL), é um kit do caraças!

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.150
    • Tróniquices
Re: Como fui roubado pela DHL
« Responder #1 em: 13 de Setembro de 2016, 19:02 »
Uau, não conhecia essa táctica. Mas pronto, os gajos trabalham com essas cenas todos os dias, conhecem bem os meandros da coisa...

Offline Hugu

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 5.490
  • Keyboard not found. Press any key to continue.
    • [url=www.g7electronica.net]G7 Electrónica.net[/url]
Re: Como fui roubado pela DHL
« Responder #2 em: 13 de Setembro de 2016, 19:25 »
Uau, não conhecia essa táctica. Mas pronto, os gajos trabalham com essas cenas todos os dias, conhecem bem os meandros da coisa...
eles sabem como roubarem aos clientes de forma a parecer que nao o é, isso sim!
Eu tb não entendo como é que para um serviço de aduaneiro, o serviço de desalfandegamento varia e depende do valor da encomenda (então os papeis e os serviços de desalfandegamento é mais complicado quando a encomenda é de maior valor?! os papeis também são mais pesados é isso?)

Outra coisa que nao percebo, porque é que encomenda retidas na alfandega para desalfandegamento a alfandega nao trata dos pagamentos dos devidos impostos com o proprio destinatario da encomenda? mas com um intermediario para ir buscar mais ganhos com pseudo-serviços e ameaçando o cliente de nao fazer a respectiva encomenda que foi mais que paga à transportadora para o fazer na morada destino, se uma pessoa nao "adjudicar" o serviço de desalfandegamento à transportadora?!

@araujo: mas se a encomenda vinha com factura, a factura se nao apresenta a descriminação dos portes, mas se for o valor total que pagaste por ela e ja incluia os portes pela DHL, porque é que assumem que terias de pagar mais portes? entao se os portes eram gratis? la por nao vir descriminado nao quer dizer que se tenha de pagar à os portes à parte.. (se no site está indicado outro valor que nao coincide com o valor total a pagar, entao os portes seria a diferença..mas isso que interessava pra eles? a alfandega só lida com o valor total da encomenda.. mostrando o printscreen da paypal ou da transferencia seria suficiente.)

Eu nao sei, mas estes gaijos da DHL mereciam que lhe fizessem umas boas... Uma encomenda de tijolos bem pesados, com valor declarado grande para eles terem de inchar à alfandega o respectivo imposto e depois qdo fossem entregar ao destinatario incerto e morada falsa, incharem eles com os impostos ao estado duma caixa cheia de tijolos!
« Última modificação: 13 de Setembro de 2016, 19:31 por Hugu »

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.181
  • NERD!
Re: Como fui roubado pela DHL
« Responder #3 em: 13 de Setembro de 2016, 22:35 »

@araujo: mas se a encomenda vinha com factura, a factura se nao apresenta a descriminação dos portes, mas se for o valor total que pagaste por ela e ja incluia os portes pela DHL, porque é que assumem que terias de pagar mais portes? entao se os portes eram gratis? la por nao vir descriminado nao quer dizer que se tenha de pagar à os portes à parte.. (se no site está indicado outro valor que nao coincide com o valor total a pagar, entao os portes seria a diferença..mas isso que interessava pra eles? a alfandega só lida com o valor total da encomenda.. mostrando o printscreen da paypal ou da transferencia seria suficiente.)

O filme que conto acima foi simplificado, mas tenho tudo documentado e guardado.
A fatura vinha discriminada com portes, mas de valor um pouco mais baixo que o que pagei e por isso não foi aceite pela alfândega.
Toda esta cena dos portes é marada. Não dizem que tinha de pagar mais portes, mas como não estavam discriminados os mesmos que secalhar os teria pago à parte ou sei lá o quê. Como se alguém fosse pagar 300€ de portes para 200€ de mercadoria.

E concordo com o que dizes, deram-me de tal maneira a volta que demorei mais de 1 mês a digerir a cena e pensar se não era culpa minha (que não é)


Citar
Eu nao sei, mas estes gaijos da DHL mereciam que lhe fizessem umas boas... Uma encomenda de tijolos bem pesados, com valor declarado grande para eles terem de inchar à alfandega o respectivo imposto e depois qdo fossem entregar ao destinatario incerto e morada falsa, incharem eles com os impostos ao estado duma caixa cheia de tijolos!

Não posso dizer que não me tenha passado pela ideia.

Por agora já levaram com uma queixa pela DECO e na ASAE por declararem os 330€ de portes inventados. Provavelmente amanha vão levar com outra por cobrarem 2 vezes pelo mesmo serviço: ao remetente para entregar ao destinatário, e ao destinatário para desalfandegar se quiser que lhe seja entregue. Se não é ilegal devia ser.

E entretanto também hei-de meter no FB deles, e estou a pensar se não traduzo e meto no FB da casa mãe. Os alemães não costumam gostar destas cenas.