collapse

* Posts Recentes

Compilador C por SerraCabo
[Ontem às 17:27]


Transicão C ... C++ por Njay
[Ontem às 13:02]


PlatformIO, excelente vídeo por SerraCabo
[Ontem às 01:29]


GSM SIM900A por jm_araujo
[22 de Fevereiro de 2021, 16:39]


Problema com Tablet por senso
[20 de Fevereiro de 2021, 20:35]


I2C a 400KHz por SerraCabo
[17 de Fevereiro de 2021, 16:32]


Glitch em linha I2C por SerraCabo
[17 de Fevereiro de 2021, 16:24]


A Arduino rp2040 connect por zordlyon
[17 de Fevereiro de 2021, 13:13]


Protocolo multi-dispositivo, para barramento RS485 por KammutierSpule
[17 de Fevereiro de 2021, 08:42]


Coisa estranha com Botão por almamater
[13 de Fevereiro de 2021, 19:13]

Autor Tópico: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?  (Lida 9872 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.425
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #30 em: 05 de Setembro de 2017, 16:26 »
estao a esquecer-se que em sistemas de luz conta mais o fluxo luminoso que a potencia energetica...

Claro, o interesse das lampadas é iluminar e não aquecer :)

Hoje em dia as lampadas normais e LED trazem o valor em lumens para se poder comparar.

Quem desenha lampadas de LED, no momento de escolha de LEDs, tem em conta o custo do LED e os lumens que cada um dá... melhor tecnologia LED dá mais lumens com menos energia.

Uma nota importante também em relação ao uso de corrente nos LEDs:
Cada LED é especificado para ser alimentado a uma determinada corrente, que não foi inventada à toa.. é a corrente que o LED tem uma melhor relação consumo de energia e produção de intensidade luminosa..
Usar o LED com mais ou menos corrente do que a nominal especificada é menos eficiente.
Tambem, mais corrente, o LED vai aquecer mais e diminuir o tempo de vida.

Offline LVirtual

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 472
  • http://www.s-tronika.com
    • S-Tronika - Serviços Técnicos de Electrónica
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #31 em: 05 de Setembro de 2017, 16:27 »
complementando o que disse antes acerca de usar a tecnica do pwm para controlar um conjunto de led's  na intensidade luminosa bem como o seu efeito pratico meto aqui um pdf dum esquema feito dessa forma:

https://www.dropbox.com/s/p7sj6ng9gkrdnhi/Esq%20Elect%20FAFOCUS-Ed1.pdf?dl=0


edit:

kammu, mesmo reduzindo o tempo de vida do led para 50% por via de pulsos mais intensos, ainda assim dura muitos mais anos do que uma lampada incandescente ou fluorescente. e o aquecimento produzido nao é tao linear em relaçao ao aquecimento produzido por uma incandescente se lhe meteres 260 v em vez de 230 para dar mais luz...
« Última modificação: 05 de Setembro de 2017, 16:30 por LVirtual »
"O defeito mais grave dos humanos, aquele que coloca mais obstáculos à sua evolução, é a crença profundamente arreigada na infalibilidade dos seus raciocínios e dos seus pontos de vista."

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.735
  • NERD!
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #32 em: 05 de Setembro de 2017, 16:28 »

So nao concordo com a ultima frase em usar o termo (novamente errado) PWM,
seria mais correcto talvez dizer "O Duty cycle é apenas a consequência do varrimento da matriz de multiplexagem."
A multiplexagem gera uma taxa de utilização, em relação à velocidade de refrescamento..

Correto. Usei PWM para tentar encaixar na linguagem que estava a ser usada.

Voltando ao tema:
Eficiência =  fluxo luminoso / potencia "energetica"
Curva típica:

(tirado de https://www.digikey.ca/en/articles/techzone/2011/oct/identifying-the-causes-of-led-efficiency-droop)

Lendo o gráfico, pode-se ver que "pulsos" de corrente mais elevada não são abonatórios para a eficiência final, ao contrário do defendido.

E os olhos "integram" os pulsos de potência luminosa, não são detetores de pico... senão era impossível variar o brilho com PWM (desta vez é mesmo PWM :) )
« Última modificação: 05 de Setembro de 2017, 16:30 por jm_araujo »

Offline LVirtual

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 472
  • http://www.s-tronika.com
    • S-Tronika - Serviços Técnicos de Electrónica
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #33 em: 05 de Setembro de 2017, 16:32 »
araujo isso é porque so se tem estado a visualizar leds alimentados directamente por um pino dum qualquer IC. e se variares antes a corrente que passa por um mosfet ou um triac por pulsos e se essa corrente variavel é que estiver a alimentar um led? ;)

 so se tem estado a visualizar led's em matriz e alimentados directamente por um pino do cpu respectivo...
"O defeito mais grave dos humanos, aquele que coloca mais obstáculos à sua evolução, é a crença profundamente arreigada na infalibilidade dos seus raciocínios e dos seus pontos de vista."

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.735
  • NERD!
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #34 em: 05 de Setembro de 2017, 16:36 »
so se tem estado a visualizar led's em matriz e alimentados directamente por um pino do cpu respectivo...
Não está a falar por mim de certeza.

Para mim corrente é corrente, é indiferente a sua origem. E também é indiferente para tudo que tenho dito até agora.


« Última modificação: 05 de Setembro de 2017, 16:40 por jm_araujo »

Offline LVirtual

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 472
  • http://www.s-tronika.com
    • S-Tronika - Serviços Técnicos de Electrónica
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #35 em: 05 de Setembro de 2017, 16:41 »
araujo isso é porque so se tem estado a visualizar leds alimentados directamente por um pino dum qualquer IC.
Não está a falar por mim de certeza.

Para mim corrente é corrente, é indiferente a sua origem. E também é indiferente para tudo que tenho dito até agora.

claro que sim. ;)

bom, se nao me virem a responder mais hoje é tao só porque preciso voltar ao desenvolvimento do software que estou a fazer. ja tinha a cabeça cansada e vim aqui espairecer um bocado. ;)

so um pedido meu: em vez de se andar aqui novamente a demonstrar ideias fixas, que tal encontrar por unanimidade todas as vantagens da tecnologia LED. Sera porventura mais util a todos mesmo aos mais fixados em certas "leis". ;)
"O defeito mais grave dos humanos, aquele que coloca mais obstáculos à sua evolução, é a crença profundamente arreigada na infalibilidade dos seus raciocínios e dos seus pontos de vista."

Offline jm_araujo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 2.735
  • NERD!
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #36 em: 05 de Setembro de 2017, 16:44 »
Sera porventura mais util a todos mesmo aos mais fixados em certas "leis". ;)

Sim, essa tal de "Física" é tramada com os seus dogmas, conservação de energia e sei lá mais o quê.

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 914
    • Serra Cabo
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #37 em: 05 de Setembro de 2017, 19:22 »
os led's nao estao ligados directamente á rede.

Pois não, mas estão as fontes de alimentação e é aí que reside potencialmente o problema e, a menos que as fontes estejam equipadas, como sugeri sem explicitar mas é confirmado pelo Njay, com " PFC (correcção do factor de carga)", vai haver efeitos secundários que ninguém vai contabilizar mas que serão pagos pelo 'voluntário' habitual.

Quanto a integrarem a tecnologia PFC, duvido que estejam dispostos a não assaltar o bolso ao eterno pagador.

Mais, a "poupança" de energia, tal como as coisas estão hoje, vai fazer subir o preço ao consumidor final porque aumenta a "contribuição" das fontes mais caras do mundo: eólicas e fotovoltaicas. O estado obrigou o consumidor final a ser preferencialmente cliente das fontes mais caras.

########### NOTA IMPORTANTE.

Já não devo poder continuar a contribuir para este post porque não só ando mal da mona e isto já vai demasiado longo. Mais, ou muito me engano ou a conversa já vai demasiado desfasada das reais alavancas da realidade.

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.712
  • Helpdesk do sitio
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #38 em: 05 de Setembro de 2017, 19:37 »
Duvido um bocado que mudem para leds se não chover da UE...
As lâmpadas usadas duram decadas, uma fonte de alimentação para leds, ou é realmente bem feita, ou não vai lá chegar, e mesmo assim, leva sol e chuva o ano inteiro, juntar a isso um condensador da XingCon porque um bean counter achou bem poupar 1 centimo, e passados meia duzia de anos morre tudo..

Quanto a ver estrelas, é só sairem da cidade, onde moro(na aldeia), numa noite de lua nova colei a olhar para o céu, passados 10-15 minutos conseguia ver o que me parece ser a galáxia, uma "nébula" ligeiramente roxa, é bonito, e das coisas que me faz confusão nas cidades, é o céu ser laranja á noite..
Avr fanboy

Offline Njay

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 3.551
    • Tróniquices
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #39 em: 05 de Setembro de 2017, 20:44 »
Desculpem, disse "correcção do factor de carga" mas tá mal, é de "potência" e não "carga".
PFC é a sigla em Inglês, Power Factor Correction.

Eu sou a favor de termos electricidade a partir de renováveis mesmo que fique mais caro, pois sol e vento temos muito, ao passo que petróleo e gás temos ZERO. Agora, claro, também nada de chular a malta à conta de "bons" negócios e corrupção como estamos habituados ver na acção da nossa classe política...

"Basta sairem da cidade" mas não é só dar um passo ao lado, especialmente nos grandes centros. Hoje em dia já é preciso ir bem para o interior (e não é em todo o lado) para se encontrar um céu pristino. Aqui estamos condenados a ver essencialmente os planetas, e embora seja sempre uma boa experiência olhar para os anéis de Saturno, ver as bandas e luas de Júpiter ou a calote polar de Marte, o céu é extremamente mais rico em experiências e magnificência do que esta meia dúzia de corpos celestes que se podem ver dentro de qualquer cidade (partindo do princípio que se arranja um local em que se consegue olhar para cima e sem ter um candeeiro a servir de guarda chuva).
« Última modificação: 05 de Setembro de 2017, 20:51 por Njay »

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.712
  • Helpdesk do sitio
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #40 em: 05 de Setembro de 2017, 21:53 »
Depende obviamente de onde estás, mas de Lisboa aqui são 300km's, é um saltinho lol.

A parte dos leds é que muitas pessoas são "sensiveis" ao pwm, e á quem apanhe flickers até aos 400Hz, e se forem para luz branca, que aquilo tem um CRI mei meh, pode perturbar padrões de sono, porque é um led azul com fósforo em cima, eu se tiver muito azul de lcd's e afins para adormecer é uma desgraça.
Avr fanboy


Online KammutierSpule

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.425
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #42 em: 05 de Setembro de 2017, 23:17 »
vai haver efeitos secundários que ninguém vai contabilizar mas que serão pagos pelo 'voluntário' habitual.
Quanto a integrarem a tecnologia PFC, duvido que estejam dispostos a não assaltar o bolso ao eterno pagador.

A existencia de PFC nos designs hj em dia acho que eh mais habitual e nao eh muito custosa para nao ter nada.
Na minha experiencia na area, o PFC eh mesmo um factor comercial / argumento como "qualidade" do equipamento.
Existem solucoes simples que custam centimos, mas para baixas potencias e outras mais elaboradas para fontes com mais potencia.

Encontrei aqui um artigo da area a ver os diferentes metodos:
http://www.ledsmagazine.com/articles/print/volume-11/issue-4/features/developer-forum/proper-driver-design-eliminates-led-light-strobe-flicker.html

Quanto ah questao dos efeitos secundarios e quem paga o consumo das cargas nao lineares, nao sei...  nao sei muito da area.. lembro-me de ouvir falar que grandes empresas instalavam condensadores e que isso lhes ajudava a poupar, mas nao sei se cobram esse tipo de consumo diferentemente a empresas que consomem muito.
Teoricamente nao vejo qual a razao deste problema, na pratica imagino que consumos nao lineares muito elevados estraguem a qualidade do sinal de tensao da linha, mas do que isso desconheco..

alguem entendido que explique?

Offline SerraCabo

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 914
    • Serra Cabo
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #43 em: 05 de Setembro de 2017, 23:40 »
Tanto quanto sei, os motores de rotor em curto circuito (gaiola de esquilo) ligados directamente à rede, funcionam muito bem enquanto são alimentados com sinusóides mais ou menos limpinhas. Quando a alimentação contém harmónicas, eles tendem a fazer rodar o motor simultaneamente a várias velocidades e algumas das harmónicas implicam sentidos de rotação diferentes.

Claro que o rotor é só um e só vai ter uma velocidade e um sentido de rotação, mas no circuito magnético desenrola-se uma guerra de harmónicas que baixam, por um lado, a potência máxima ao motor deixando-o, eventualmente, a trabalhar mais encostado ao limite (ou para lá dele), e, por outro, o motor aquece mais.

Tudo isto baixa o rendimento ao motor (mais consumo para o mesmo trabalho) e vai ao bolso do dono.

Isto também espalha a confusão no sistema da EDP mas, estou mesmo a ver, que desde que a habitual cobaia pague, tudo acontecerá. E a cobaia não tem, nestas coisas, por definição, opinião.

Offline senso

  • Global Moderator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 9.712
  • Helpdesk do sitio
Re: Mitos: mudança da ilumação tradicional p/ iluminação a LEDs?
« Responder #44 em: 06 de Setembro de 2017, 01:41 »
Arranja uma ponta diferencial e espeta-a na tomada.
A rede eletrica não é uma sinusoide perfeita, nem de perto, nem de longe..

PFC's pode ser e em 99% dos casos é tão simples quanto retificação de onda completa para teres 400+ VDC e um stepdown para 90-120v, e depois tens a tua fonte depois disso.
Avr fanboy