collapse

* Links de Robótica

* Posts Recentes

pasta de soldar por Hugu
[Hoje às 18:41]


EtherCAT / LAN9252 por senso
[Hoje às 10:14]


Díodo schottky por Njay
[Hoje às 10:01]


Apresentação por senso
[Ontem às 17:34]


Fonte de Alimentação Simétrica com carregadores por Njay
[21 de Agosto de 2017, 21:06]


duvidas sobre utilização de um osciloscopio(zito) num circuito básico por vasco
[19 de Agosto de 2017, 01:09]


A Paixão da Física Walter Lewin , Warren Goldstein por Njay
[18 de Agosto de 2017, 11:45]


Gerar CPL file a partir dos Gerbers? por Hugu
[18 de Agosto de 2017, 00:22]


Ajuda num relógio para termoacumulador por dennis_boy
[17 de Agosto de 2017, 00:07]


Aspiração para CNC por LVirtual
[14 de Agosto de 2017, 17:34]

Autor Tópico: Camara Escura  (Lida 2386 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline c3dr1c

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 846
Camara Escura
« em: 02 de Maio de 2013, 01:51 »
Boas

Venho aqui pedir a vossa ajuda para decifrar uma duvida sobre física.

Na portão da minha garagem existem uns furos circulares com 5mm de diâmetro.
Quando o sol acaba de nascer, a luz deste incide directamente nos furos e cria uns círculos luminosos na parede que está à frente dos furos, na minha garagem.

Basicamente trata-se do funcionamento de uma câmara escura em que conseguimos ver eclipses com segurança.



Quando existem nuvens no céu, conseguimos observar uma parte da nuvem no circulo formado e o seu deslocamento.

Se o céu está limpo deveremos observar indirectamente uma parte da superfície solar e as alterações nos raios de luz ao atravessarem os gases presentes na nossa atmosfera.

Mas há algo que não entendo.
O que acontece é que se formam os circulos luminosos na parede e estes não estão quietos. Estão sempre a "vibrar" ou a deslocar a sua posição.

Porque raio é que isto acontece? Inicialmente pensei que fosse devido aos gases atmosféricos, criando uma cintilação mas este fenomeno geralmente faz variar a cor e intensidade do brilho e não esta vibração.

Pensei que fosse o portão a vibrar mas se for lá me encostar a ele, continua na mesma.

Com papel de aluminio reduzi o diâmetro dos furos para ver o que acontece. Neste caso os circulos luminosos criados na parede ficam com sensivelmente o mesmo diâmetro que no caso anterior, mas com muito menos brilho. E não se vê a tal vibração.


Alguem me sabe explicar esta vibração?

Cumps
"O único modo de descobrir os limites do possivel é aventurarmo-nos um pouco para além deles em direcção ao impossivel."

Uma das Três Leis de Arthur C. Clarke

Offline LuísR.A.

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.223
    • Clube de Robotica
Re: Camara Escura
« Responder #1 em: 02 de Maio de 2013, 07:28 »
Faz me lembrar quando fizemos experiencias com lasers. O lazer dividia-se de uma forma esquisita  aparecia difuso por toda a parede mas não era 1 simples foco, mas vários pequenos.
 Foi sobre a difração onde tinhamos o laser passar por uma abertura da ordem de grandeza do seu comprimento de onda.
 Se fosse mais pequeno ou maior a posição desses focos mudava. Se fosse muito grande não acontecia nada. Acho que demasiado pequeno tambem não.

Já foi há algum tempo mas parece-me isso
« Última modificação: 03 de Maio de 2013, 13:59 por LuísR.A. »
Tiva MCU é que é.

Tutoriais Tiva+codigos exemplo:
https://sites.google.com/site/luiselectronicprojects/

Offline poliveira1978

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 327
Re: Camara Escura
« Responder #2 em: 02 de Maio de 2013, 21:39 »
essa "vibração" não será o ar quente a subir?

Offline LuísR.A.

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.223
    • Clube de Robotica
Re: Camara Escura
« Responder #3 em: 02 de Maio de 2013, 22:08 »
essa "vibração" não será o ar quente a subir?

Não me lembrei. Tambem poderá ser disso. Até é visivel no ar as vezes junto a aquecedores de resistencias.
Tiva MCU é que é.

Tutoriais Tiva+codigos exemplo:
https://sites.google.com/site/luiselectronicprojects/

Offline metRo_

  • Administrator
  • Mini Robot
  • *****
  • Mensagens: 3.726
Re: Camara Escura
« Responder #4 em: 02 de Maio de 2013, 22:10 »
essa "vibração" não será o ar quente a subir?

e se o portão for em chapa ou algo do genero é bem normal que seja isso.

StarRider

  • Visitante
Re: Camara Escura
« Responder #5 em: 03 de Maio de 2013, 07:49 »
Não tem que enganar, pura turbulência atmosférica, em qualquer das suas formas.


Porque raio é que isto acontece? Inicialmente pensei que fosse devido aos gases atmosféricos, criando uma cintilação mas este fenómeno geralmente faz variar a cor e intensidade do brilho e não esta vibração.

A atmosfera, especialmente quando o Sol está mais baixo uma vez que a massa que os raios do mesmo têm de atravessar é muito
maior, causa refracção , do mesmo modo a turbulência causa a tal "cintilação" que tanto pode ser observada nos fotões vindo do Sol
como de qualquer outro objecto, é por isso que as "estrelas cintilam".

De notar que o orifício em pode também introduzir a sua própria difracção (não confundir com refracção), especialmente se o diâmetro
o tiver uma relação com o comprimento de onda em questão (Fraunhofer), que parece ser o caso.

PS: O que acontece com a experiência do laser é a o fenómeno da difracção e não a refracção da luz.

Abraços,
PA
« Última modificação: 03 de Maio de 2013, 08:01 por StarRider »

Offline LuísR.A.

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 1.223
    • Clube de Robotica
Re: Camara Escura
« Responder #6 em: 03 de Maio de 2013, 13:59 »


PS: O que acontece com a experiência do laser é a o fenómeno da difracção e não a refracção da luz.

Abraços,
PA


Doh!  :-[
Toda a razão. Obrigado
Tiva MCU é que é.

Tutoriais Tiva+codigos exemplo:
https://sites.google.com/site/luiselectronicprojects/

Offline c3dr1c

  • Mini Robot
  • *
  • Mensagens: 846
Re: Camara Escura
« Responder #7 em: 05 de Maio de 2013, 23:06 »
Não tem que enganar, pura turbulência atmosférica, em qualquer das suas formas.


Porque raio é que isto acontece? Inicialmente pensei que fosse devido aos gases atmosféricos, criando uma cintilação mas este fenómeno geralmente faz variar a cor e intensidade do brilho e não esta vibração.

A atmosfera, especialmente quando o Sol está mais baixo uma vez que a massa que os raios do mesmo têm de atravessar é muito
maior, causa refracção , do mesmo modo a turbulência causa a tal "cintilação" que tanto pode ser observada nos fotões vindo do Sol
como de qualquer outro objecto, é por isso que as "estrelas cintilam".

De notar que o orifício em pode também introduzir a sua própria difracção (não confundir com refracção), especialmente se o diâmetro
o tiver uma relação com o comprimento de onda em questão (Fraunhofer), que parece ser o caso.

PS: O que acontece com a experiência do laser é a o fenómeno da difracção e não a refracção da luz.

Abraços,
PA

Afinal é mesmo isso. Nunca tinha pensado que quanto o sol acabava de nascer, a luz tinha de atravessar muito mais atmosfera, mas tem logica :P

Thanks
Cumps
"O único modo de descobrir os limites do possivel é aventurarmo-nos um pouco para além deles em direcção ao impossivel."

Uma das Três Leis de Arthur C. Clarke